Santana Quantum CG 1986, em um estado de conservação impressionante

Compartilhe

Em 1985, a segunda geração do Passat Variant desembarca no Brasil, renomeada de VW Santana Quantum, foi sucesso imediato, e alguns colecionadores ainda mantêm poucas unidades em perfeito estado

A versão intermediária, Santana Quantum CG 1986, estava em seu segundo ano de produção, trazia de série, direção hidráulica, rodas de liga-leve, conta-giros e um bom pacote de opcionais com; trio elétrico, farol de neblina e ar-condicionado, deixando muito próximo da versão top de linha “Quantum CD”.

A unidade aqui da matéria, chama a atenção para o impressionante estado de conservação, o carro pertence ao colecionador Marcelo Reinert, do Ateliê do Carro, de Porto Alegre RS. Em conversa com o Motor Tudo, o colecionador informou que, o carro é apenas peça de coleção, e não esta a venda.


Mas como dizem os protagonistas do programa, Caçadores de Relíquias, Mike Wolfe e Frank Fritz, do Canal History Channel “Quando algum colecionador, não estiver disposto a negociar, pergunte para ele, qual o preço de não quero vender, e a brincadeira vai começar”.

Voltando a falar do Santana Quantum 1986, o SW de médio porte da Volkswagen, era concorrente direto do Ford Belina e Ford Scala, e na versão top de linha Quanto CD, mordia uma fatia do mercado do SW de grande porte da GM o Chevrolet Caravan.

Desempenho

Estabilidade – A plataforma do Santana quadrado, ainda utilizava o eficiente projeto da segunda geração do Passat Alemão, estável em curvas de alta, e em retas em altas velocidades.

Motor – O eficiente e bem sucedido motor AP 1.8 ainda carburado, entregava na versão a álcool 94 cv, com velocidade final de 164 km/h.

Câmbio – Sem dúvida um dos melhores do mercado, com engates, macios e precisos.

Retomadas e ultrapassagens –  Seguro e eficiente, mesmo com carga máxima de peso 500kg, não perdia muito o fôlego.

Consumo – Mesmo na versão a álcool, fazia 8,2 km/l, número esperado para um médio da década de 1980.

Acabamento Externo

Faróis – Retangulares de lentes planas;

Setas dianteiras – Embutida no mesmo conjunto das setas;

Para – choques – Em lâminas de aço carbono, na cor grafite;

Faróis de neblina – Opcional:

Grade de ar do motor – Na cor grafite com frisos na horizontal;

Retrovisores – Panorâmico, com ajuste interno;

Frisos – Emborrachado em toda a extensão lateral do carro, com detalhes cromados;

Rodas – De liga – leve 185/70 R13;

Maçanetas – Na cor grafite, com detalhes cromados ao centro;

Logo – “Santana CG – Quantum” Na tampa do porta-malas;

Lanterna Traseira – Tricolor com luz de ré;

Teto Solar – Não;

Bagageiro – Sim;

Limpador do vidro traseiro – Sim;

Acabamento Interno

Painel – Com mostradores em escala circular + conta – giros;

Acabamento do painel – Em vinil em tons cinza e grafite;

Volante – Espumado de quatro raios, estilo quatro bolas;

Sistema de som – Rádio toca fitas, AM/FM digital;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Opcional;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Sim;

Relógio – Digital;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Elétrico;

Sistema de travamento das portas – Elétrico;

Ajuste dos retrovisores externos – Interno;

Acabamento dos bancos – Em tecido aveludado;

Acabamento das portas – Em vinil, com detalhes aveludado;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Bipartido;

Encosto de cabeça – Para dois passageiros, nos bancos dianteiros, com regulagem de altura;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Santana Quantum CG 1986

Carroceria – SW;

Porte – Médio;

Portas – 4;

Motor – VW AP 1.8;

Cilindros – 4 em linha;

Válvulas por cilindro – 2;

Posição – Longitudinal;

Tuchos – Mecânicos;

Tração – Dianteira;

Combustível – Álcool;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Hidráulica;

Câmbio – Manual de 5 velocidades, alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 1160 kg;

Comprimento – 4569 mm;

Distância entre-eixos – 2550 mm;

Largura – 1695 mm;

Altura – 1358 mm;

Potência – 94 cv;

Cilindrada – 1781 cm³;

Peso toque – 76,3 kg/kgfm;

Torque máximo – 15,2 kgfm a 3400 rpm;

Potência Máxima – 5000 rpm;

Aceleração de 0 a 100 – 12,1 Segundos;

Velocidade máxima – 180 km/h;

Consumo: Cidade 8 km/l – Estrada 13,3 km/l;

Autonomia: Cidade 615 km – Estrada 863 km;

Porta malas – 394 Litros;

Carga útil – 500 kg;

Tanque de combustível – 75 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 127.309,00 – Com todos os opcionais.

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.joi

Deixe um comentário