Passat GL Village 1987 Mais eficiente mais barato e ainda oferecia ar – condicionado

Em 1986 ele ganhou o motor AP 1.6, e em 1987 nova nomenclatura, de LS para GL, com as vendas em baixa o preço despencou e se tornou uma ótima opção de mercado

Em 1986 toda a família Volkswagen deixou de utilizar o motor MD-270 1.6 e recebeu o badalado AP 1.6, com exceção do Passat LSE tipo exportação, que ainda mantinha o MD -270, o Passat GL Village 1987, se tornou uma excelente opção de mercado, com as vendas despencando a montadora baixou significativamente o preço.

Para se ter uma ideia, você conseguia comprar o Passat Village com o preço abaixo da Parati e do Voyage GL, o carro mais eficiente e equilibrado do Brasil, passou a ser vendido ao preço das versões de entrada dos compactos nacionais, e ainda oferecia opcional para ar – condicionado.

Os motivos que fizeram as vendas de toda a família Passat Quadrado, despencarem, foi a tendência do mercado para os médios Chevrolet Monza e Volkswagen Santana, além da modernização de toda a linha VW BX.

Em 1987 houve um grande movimento de taxistas e frotistas, atrás das facilidades oferecidas, era bastante comum ver Passat GL Village com placas vermelhas nas principais cidades do país.

Desempenho

O modelo VW Passat era muito eficiente pelo conjunto, motor, câmbio, carroceria e bloco, que casavam perfeitamente.

O badalado motor AP estava no auge da versão carburada, além de ser confiável, era muito estável mesmo em altas rotações, extremamente ágil em ultrapassagens, eficiente em retomadas de marchas, em velocidades acima de 160 KM/h mantinha o giro bastante estável.

Sua aerodinâmica foi a melhor do Brasil entre 1973 e 1989, só igualada pelo Kadett em 1989.

Uma suspensão muito eficiente, em curvas de alta mesmo com pista molhada era o carro nacional mais equilibrado.

Outro ponto forte era o sistema de freios, mesmo com carga máxima 450 KG, era muito eficiente.

Acabamento Externo

Frente com faróis com lentes duplas, farol + luz de longo alcance.

Grade de ar do motor com frisos na horizontais.

Para-choques envolventes.

Setas embutidas no para-choque dianteiro.

Logo 1.6 na grade de ar do motor

Frisos emborrachados em toda a extensão lateral do carro.

Rodas de liga leve 175/70 R13.

Retrovisores panorâmicos com controle mecânico interno.

Lanternas traseiras tricolor frisada.

Logo “GL Village” na tampa do porta malas.

Acabamento Interno

Painel elegante, moderno e muito eficiente, com indicador de mudanças de marcha + relógio analógico.

Volante espumado 2 raios, estilo esporte fino.

Bancos aveludados, com encosto de cabeça nos bancos dianteiros com regulagem de altura.

Vidros coma acionamento manual, basculante.

Ventilador e ar quente.

ar – condicionado – opcional.

Acendedor de cigarros

Cinzeiro embutido no painel.

Cinzeiros nas paredes dos bancos traseiros.

desembaçador elétrico do vidro traseiro.

Assolho e porta-malas acarpetado.

Ficha Técnica – Passat GL Village 1987 – 1.6 AP

Carroceria hatchback.

Porte Médio.

2 portas.

Motor AP 1.6 primeira geração.

Cilindros 4 em linha.

Tuchos mecânicos.

Tração dianteira.

Combustível Álcool.

Carburador.

Direção simples.

Câmbio manual de 5 marchas.

Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.

Peso 945 KG.

Potência 85 CV.

12,65 kgfm a 3000 rpm.

De 0 a 100 – 10,9 Segundos.

Velocidade máxima 170 KM/h.

Consumo Cidade 7,1 KM/L Estrada 12,4 KM/L.

Autonomia: Cidade 426 Km – Estrada 744 Km.

Porta malas 362 Litros.

Carga útil 450 kg.

Tanque de combustível 72 Litros.

Preço atualizado aproximado R$ 50.000,00.

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária “Estimativa Sem valor real de mercado”.

Passat GL Village 1987 – Passat Quadrado

Carros antigosPassat Antigo

Please follow and like us:

Deixe uma resposta