Ford Pampa 1.8 L 1991 uma picape polivalente

Ela sempre foi a picape compacta da zona rural, mas com o novo motor AP 1.8, também se tornou eficiente no asfalto

Durante a década de 1980, os modelos Fiat City / Fiorino e Volkswagen Saveiro, eram as picapes mais indicadas para o asfalto e grandes centros, o Ford Pampa ainda com motor CHT 1.6, ao lado do Chevrolet Chevy 500, eram as preferidas da zona rural, mas com a chegada da Autolatina, versões como Ford Pampa 1.8 L 1991, se tornaram polivalentes.

As versões com motor CHT 1.6, ficavam um paço atrás da concorrência, no que se refere ao desempenho na estrada e grandes centros, principalmente a versão 4 X 4, que além de ter a potência reduzida, tinha problemas de sincronismo no sistema integrado, mas a suspensão com sistema de feixe molas deixava a Pampa como a preferida do interior do Brasil.

A grande dificuldade dos modelos Volkswagen e Fiat, era a pouca distancia do solo, em cidades com ruas de paralelepípedos, com muito sobe e desce, e em estradas de chão, o assoalho facilmente raspava no solo.

Desempenho

O motor AP, entregava bons 105 CV, mas na prática, a potência não correspondia, esperava – se mais para um veículo leve, atingindo velocidade final de 157 KM/h, mas compensava na robustez, ao carregar peso.

O Câmbio 5 marchas, era de engates precisos e macio, mesmo após anos de uso, dificilmente um proprietário precisa fazer manutenção corretiva.

A suspensão também era um diferencial, equipada com feixes de mola, era ideal para estradas sem asfalto, e para carregar peso.

O ponto negativo ficava para o veículo vazio na estrada, a traseira muito leve, provocava o efeito flutuante, era bom o motorista ficar atento em curvas de alta.

Acabamento Externo

Frente com faróis chanfrados, embutidos em um mesmo conjunto com as setas;

Grade de ar com três lâminas na horizontal na cor grafite;

Logo Ford na grade de ar;

Para – choque dianteiro de aço carbono cor grafite;

Para Choque traseiro, bi-partido, em aço carbono tubular;

Retrovisor satélite com ajuste manual;

Rodas de aço exclusivas Pampa 175/70 R13;

Maçanetas pretas;

Lanternas raseiras, tricolor vertical;

Carroceria com santo Antônio;

Logo “Pampa 1.8 L” na tampa da carroceria.

Acabamento Interno

Painel com mostradores básicos, com luz azul, bonito e muito eficiente;

Volante espumado de dois raios;

Acabamento das portas em vinil;

Relógio digital no teto;

Luz de segurança nos rodapés das portas;

Acendedor de cigarros;

Cinzeiro embutido no painel;

Acionamento dos vidros manual basculante;

Alavanca de acionamento do freio estacionário no assoalho;

Assoalho acarpetado;

Banco sem divisão com acabamento em tecido plástico;

Sem encosto de cabeça.

Ficha Técnica – Ford Pampa 1.8 L 1991

Carroceria Picape;

Porte Compacto;

2 portas;

Motor AP 1.8;

Cilindros 4 em linha;

Longitudinal;

Tuchos mecânicos;

Tração dianteira;

Combustível Álcool;

Carburador;

Direção Simples;

Câmbio manual de 5 marchas;

Embreagem monodisco a seco;

Freios a disco ventilado nas rodas dianteiras e tambor nas rodas  traseiras;

Peso 1035 KG;

Potência 105 CV;

15,6 kgfm a 2600 rpm

Potência Máxima 5600 RPM;

De 0 a 100 – 13,1 Segundos;

Velocidade máxima 157 KM/h;

Consumo na Cidade 7 KM/L – Estrada 10 KM/L;

Porta malas 840 Litros;

Carga útil 530 KG;

Tanque de combustível 74 litros;

Motor Tudo – Ford Pampa L 1.8 1991

Carros antigos – Picapes

Please follow and like us:

Deixe uma resposta