Yamaha RD 350 1990 Simplesmente fantástica

Compartilhe

De viúva negra na década de 1970, passando por tampa de caixão na década de 1980, ela chaga aos anos 1990 como um dos modelos nacionais mais sonhados e eficientes a Yamaha RD 350 1990.

Nos primeiros anos de produção, era sem dúvida a moto mais ágil e nervosa do mercado nacional, e a mais perigosa, muita força e velocidade final sem uma boa capacidade de frenagem.

Na década de 1980 com freios a disco nas rodas dianteira e traseiras bem mais eficiente e equilibrado, o modelo ganhou mais equilíbrio na relação agilidade e frenagem, mais segura e bem mais eficiente.

Na década de 1990 já com novas tecnologias, continuou embalando os sonhos de muitos marmanjões, principalmente em uma das cores mais raras, o Azul Yamaha.

Atingindo incríveis 200 km/h de velocidade final e aceleração de 0 a 100 6 segundos, se tornou uma obra-prima da montadora japonesa.

Imagens Clássicos Premium

Ficha Técnica – Yamaha RD 350 1990

Modelo – RD350 ;

Cilindradas – 347 cm³;

Motor – 2 tempos;

Cilindros – 2 em linha;

Torque máximo – 4,74 kgfm a 8500 rpm;

Suspensão dianteira – Telescópica hidropneumática – Pneu Dianteiro: 90/90-18;

Suspensão Traseira – Monoamortecedor – Pneu Traseiro: 110/80-18;

Câmbio – 6 Marchas;

Freios – Freio Dianteiro: Disco duplo – Traseiro: Disco simples;

Comprimento – 2012 mm;
Largura – 690 mm;
altura – 780 mm;
Distancia entre eixos – 1385 mm;

Velocidade máxima – 200 km/h;

Aceleração 0 a 100 – 6 segundos;

Potência máxima – 55 cv – 9000 rpm;

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *