Porsche 911 2012, mesmo após uma década de uso, a fera de 400 cv, continua valorizando

Compartilhe

O Porsche 911 2012 da nossa matéria, é a versão Carrera S 3.8, um modelo que saiu da linha de montagem a uma década, entra para o grupo de usados de elite de alto custo, porém para aqueles que podem manter e utilizar de maneira racional, também se tornou um investimento seguro.

Modelos de elite após se tornarem seminovos ou usados, dificilmente alcançam o patamar de bom investimento, o motivo são: Alto custo das manutenções, dificuldade para encontrar peças e o rápido processo de desvalorização ano a ano, é a chamada péssima relação custo benefício.

Mas marcas tradicionais como Porsche, tem uma tendência diferente dentro do mercado de usados e seminovos. São exemplares que após 5 ou 7 anos de uso passam a serem vistos por seus proprietários como futuros colecionáveis e retorno certo do investimento.

Hoje uma unidade zero km 911 Carrera Coupé, custa em média R$ 960.000,00. Já o Porsche 911 2012 na versão Carrera S 3.8, tem o valor aproximado de R$ 700.000,00. Mas uma unidade do início dos anos 2000 em perfeito estado de conservação ou ainda em estado de zero km, já pronto para fazer parte de um acervo de colecionador, já custam em média R$ 850.000,00.

Modelos 911 ou 930 do final da década de 1970 e início da década de 1980 já ultrapassam fácil R$ 1.600.000,00. Os modelos colecionáveis hoje menos valorizados dentro da família Porsche, são os modelos 944 do início da década de 1990 custando em média R$ 300.000,00.

O exemplar da nossa matéria é um Porsche 911 Carrera S 3.8 2012 – Equipado com o motor de 400 cv, com torque máximo de 44,8 kgfm a 5600 rpm, com velocidade final real de 302 km/h e aceleração de zero a 100 em 4,3 segundos. Câmbio Automatizado – PDk de 7 Velocidades, controle de tração e estabilidade. Suspensão esportiva (PASM Sport Suspension) que baixa até 10mm e escape esportivo de circuito duplo ativável.

Desempenho

Estabilidade –  Para um esportivo de elite, sem dúvida, tanto a suspensão, como a distribuição de peso, foram desenvolvidas para alcançar um alto desempenho, em curvas de alta, em retas, e em velocidades acima de 250 km/h, com muita eficiência, aliado ao controle de tração e estabilidade.

Motor –  Utilizando o motor Porsche de 3800 cm³ e 400 cv, de 6 cilindros, era robusto e muito confiável, com aceleração de 0 a 100 em 4,3 segundos.

Câmbio –  O câmbio Automatizado – PDk de 7 Velocidades, deixa o carro mais ágil, entregando o conforto sugerido sem perder a esportividade.

Retomadas e ultrapassagens – Com um motor elástico com muito fôlego, que respondia muito bem ao pedal do acelerador, era um dos carros mais eficiente do mundo.

Consumo –  Para um esportivo de elite, com um motor de 6 cilindros, fazer 6,5 km/l na cidade, era o que menos importava.

Acabamento Externo

Faróis –  De xenônio com refletores duplos;

Setas dianteiras – Embutidas no conjunto do farol – repetidores de setas na lateral dos para-lamas;

Para – choques –  Envolventes na cor da carroceria;

Faróis de neblina – Sim, e luz de longo alcance, embutidas no mesmo conjunto de lentes do farol;

Grade de ar do motor – Entrada de ar na tampa traseira;

Retrovisores Externos – Panorâmicos, acompanhando as linhas do carro, com ajuste elétrico interno;

Frisos – Não;

Rodas – Dianteiras – 245/35 R20 – Rodas traseiras – 295/30 R20;

Maçanetas – Na cor da carroceria;

Logo – “911 Carrera S”, Na tampa traseira;

Lanterna Traseira – Tricolor com luz de ré;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Sim;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com diversos mostradores em escala circular, e digital + computador de bordo;

Conta – giros – Sim;

Acabamento do painel – Em couro e detalhes cromados;

Volante – Com borboletas para Troca de Marcha;

Sistema de som – Sim;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Digital;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Sim;

Relógio – Sim;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Elétrico;

Sistema de travamento das portas – Elétrico;

Ajuste dos retrovisores externos – Interno elétrico;

Acabamento dos bancos – Em couro;

Acabamento das portas – Em couro e vinil;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Sim;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Para dois passageiros embutidos nos bancos dianteiros;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Porsche 911 2012 – Na versão Carrera S

Carroceria – Cupê;

Porte – Médio;

Portas – 2;

Motor –  3.8 Aspiração natural;

Cilindros – 6 opostos horizontalmente;

Válvulas por cilindro – 4;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 400 cv;

Peso Torque – 31,5 kg/kgfm;

Cilindrada – 3800 cm³;

Torque máximo – 44,9 kgfm a 5600 rpm;

Potência Máxima – 7400 rpm;

Tração – Traseira;

Alimentação –  Injeção Multiponto;

Direção – Elétrica;

Câmbio – Automatizado – PDk de 7 Velocidades;

Embreagem – Dupla banhada a óleo;

Freios – ABS + EBD + EBA a disco ventilado nas 4 rodas;

Peso – 1415 kg;

Suspensão dianteira – Independente, McPherson – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Independente, Multibraços – Mola helicoidal;

Comprimento – 4491 mm;

Distância entre-eixos – 2450 mm;

Largura – 1808 mm;

Altura – 1295 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 4,3 Segundos;

Velocidade máxima – 302 km/h;

Consumo: Cidade 6,5 km/l – Estrada 9 km/l;

Autonomia: Cidade 416 km – Estrada 576 km;

Porta malas – 340 Litros;

Carga útil – 435 kg;

Tanque de combustível – 64 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 950.000,00 – Nas versões intermediárias;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Deixe um comentário