fbpx
Pular para o conteúdo

Kombi 86, o utilitário mais vendido da década de 1980, hoje um clássico de respeito

Compartilhe

O VW Kombi 86 da nossa matéria, é um exemplar destinado a colecionadores, passou por um processo de restauração classe “A”, e recebeu alguns acessórios como assoalho acarpetado, e acabamento interno das portas e laterais, em courvin e veludo. O utilitário popular da década de 1980, vem se tornando um colecionável cada vez mais procurado.

Anúncio

Quem viveu a década de 1980, sabe muito bem que a Kombi Clipper, tanto zero km, como seminova ou usada, era vista como um veículo de carga ou lotação alternativo. Uma segunda opção para pessoas ou empresas, que não podiam comprar um modelo a diesel, ou veículos de médio ou grande porte de alto custo.

Feirantes, comerciantes de pequeno porte, serviços públicos estaduais e municipais, empreiteiras do ramo da construção civil, eram os principais alvos da montadora alemã. As unidades seminovas e usadas, tinham exatamente o mesmo público. Mas no início da década de 1990 com a abertura do mercado, utilitários de pequeno e médio porte começaram a desembarcar no Brasil, Kia besta, Kia bong, entre outros. O utilitário VW passou a ser visto como ultrapassado.

Até pouco tempo, o modelo kombi corujinha era o maior alvo dos colecionadores, muito procurado, atingindo preços estratosféricos. Hoje o modelo Clipper já tem uma procura dentro do segmento mais significativa. Nos últimos 4 ou 5 anos vem sendo bastante comum, ver modelos da década de 1980, customizados estilo Camper ou Bus, até personalizações estilo Rat Look, começam a aparecer com mais frequência na geração Clipper.

Anúncio

A unidade da nossa matéria Kombi 86, é a versão Luxo lotação, na cor vermelho Verona e branco. Equipado com o motor VW Boxer 1600, refrigerado a ar, de 54 cv, torque máximo 11,4 kgfm a 2600 rpm, velocidade final real de 112 km/h e aceleração de 0 a 100 em 40,4 segundos. Quanto ao consumo, na cidade 6 km/l, Estrada 7,5 km/l.

Acabamento Externo

Faróis –  Redondos de lentes planas;

Setas dianteiras – Acima dos faróis;

Para – choques –  Em lâminas de aço carbono, preto;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – Entrada forçada nas laterais dos para-lamas traseiros;

Retrovisores Externos – Retangular com haste;

Frisos – Cromado em toda extensão lateral, acessório de época;

Rodas – De aço 185/80 R14, com calotas cromadas;

Maçanetas – Na cor grafite;

Logo – “VW” na parte frontal do veículo;

Lanterna Traseira – Retangular, posicionada na vertical;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores básicos em escala circular;

Conta – giros – Não;

Acabamento do painel – Em vinil e metal;

Volante – De dois raios;

Sistema de som – Não;

Ventilador – Não;

Ar – condicionado – Não;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Não;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Manual;

Acabamento dos bancos – Em courvin e tecido;

Acabamento das portas – Em courvin e veludo;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Para dois passageiros nos bancos dianteiros;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Kombi 86 – Versão Luxo

Carroceria – VW Van;

Porte – Médio;

Portas – 4;

Motor –  Boxer tork 1600;

Cilindros – 4 opostos horizontalmente;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 54 cv;

Peso Torque – 102,3 kg/kgfm;

Cilindrada – 1584 cm³;

Torque máximo – 11,4 kgfm a 2600 rpm;

Potência Máxima – 4200 rpm;

Tração – Traseira;

Alimentação – Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 4 velocidades com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 1166 kg;

Suspensão dianteira – Independente, braço arrastado – Barra de torção;

Suspensão traseira – Independente, braço semi-arrastado – Barra de torção;

Comprimento – 4397 mm;

Distância entre-eixos – 2400 mm;

Largura – 1746 mm;

Altura – 1912 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 40,4 Segundos;

Velocidade máxima – 112 km/h;

Consumo: Cidade 6 km/l – Estrada 7,5 km/l;

Autonomia: Cidade 270 km – Estrada 338 km;

Porta malas – 806 Litros;

Carga útil – 1000 kg;

Tanque de combustível – 45 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 175.208,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Carros antigos

Abrir bate-papo
Olá 👋
Seja bem vindo

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos