Ford Pampa 4X4 1995 o único da categoria

Durante a guerra das picapes compactas nas décadas de 1980 e 1990, o modelo Ford foi o único que encarou o mercado com uma versão 4X4.

VW Saveiro, os modelos Fiat City, Fiorino e Estrada, além das picapes Chevrolet Chevy 500 e Picape Corsa, disputaram palmo a palmo um mercado extremamente rentável para as montadoras, mas a versão, Ford pampa 4X4 foi o único modelo de tração integrada temporária.

O modelo Chevrolet Chevy 500, era a única picape compacta com tração traseira, nas regiões rurais, ou em cidades com muitas subidas e descidas, o modelo Chevrolet fazia toda a diferença, mas o modelo Ford com tração integrada ia muito mais além, com a carroceria carregada e em situações de estradas e ruas de barro, acionar o sistema 4X4, com certeza fazia valer apena o dinheiro investido.

O sistema era simples, no lugar das engrenagens da 5ª marcha, foi instalado uma caixa básica de transferência, o tanque de combustível também foi reduzido por falta de espaço, e na versão a álcool, que tinha uma autonomia menor, foi instalado um tanque auxiliar de 40 litros, que tinha um chave atrás do banco para acionamento.

Mas o Ford Pampa 4X4, tinha algumas limitações, a falta de equilíbrio no asfalto, por motivo da má distribuição de peso e a falta de sincronismo nas rodas, e um manual de instruções que até 1987, era confuso e com poucas informações, fazendo com que os proprietários utilizassem o sistema de maneira inadequada, provocando inúmeras quebras, em 1988, com um manual de instruções mais atualizado e um sistema mais eficiente e equilibrado, grande parte dos problemas foram sanados.

Curiosidade

Até o ano de 1987, também foi produzida uma Belina 4X4, mas que não agradou muito o mercado das SW.

Desempenho

O motor Ford CHT, era confiável e de manutenção descomplicada, porém na adaptação para o sistema integrado, e sem o uso da 5ª marcha, ficou com um desempenho mais limitado.

Na estrada tinha algumas limitações, em retomadas, pela falta de potência no motor, o carro ficava apático, em retas, no asfalto demonstrava falta de equilíbrio no conjunto, sem um diferencial central, as relações de angulo e giro das rodas, eram ligeiramente sem sincronismo.

Acabamento Externo

Frente com faróis chanfrados, embutidos em um mesmo conjunto com as setas;

Grade de ar com três lâminas na horizontal na cor grafite;

Logo Ford na grade de ar;

Para – choque dianteiro de aço carbono tubular na cor grafite;

Para Choque traseiro, bi-partido, em aço carbono tubular;

Retrovisor satélite com ajuste manual;

Rodas de aço exclusivas Pampa 4X4, 175/70 R13;

Maçanetas pretas;

Faixa vermelha lateral em toda a extensão do carro;

Lanternas raseiras, tricolor vertical;

Carroceria com santo Antônio, com luzes de longo alcance;

Logo pampa 4X4 na tampa da carroceria.

Acabamento Interno

Painel com mostradores básicos, com luz azul, bonito e muito eficiente;

Volante espumado de dois raios;

Acabamento das portas em vinil;

Relógio digital no teto;

Luz de segurança nos rodapés das portas;

Acendedor de cigarros;

Cinzeiro embutido no painel;

Acionamento dos vidros manual basculante;

Alavanca de acionamento do sistema integrado no assoalho;

Assoalho acarpetado;

Bancos com acabamento em vinil;

Sem encosto de cabeça.

Ficha Técnica – Ford Pampa 4X4 1995

Carroceria Picape;

Porte Compacto;

2 portas;

Motor CHT 1.6;

Cilindros 4 em linha;

Longitudinal;

Tuchos mecânicos;

Tração Integrada manual;

Combustível Álcool;

Carburador;

Direção Simples;

Câmbio manual de 4 marchas;

Embreagem monodisco a seco;

Freios a disco ventilado nas rodas dianteiras e tambor nas rodas  traseiras;

Peso 1104 KG;

Potência 62,7 CV;

Potência Máxima 5200 RPM;

De 0 a 100 – 20 Segundos;

Velocidade máxima 140 KM/h;

Consumo na Cidade 8,9 KM/L – Estrada 12 KM/L;

Porta malas 840 Litros;

Carga útil 580 KG;

Tanque de combustível bipartido, total 102 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 71.773,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Please follow and like us:

6 comentários sobre “Ford Pampa 4X4 1995 o único da categoria”

  1. Ótimo carro ..limitado na velocidade sim …mais confiável ….a minha 4×4…está impecável e viajo sempre com ela

    1. NÃO trabalho com vendas ou qualquer outro tipo de comércio de carros, apenas faço matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros, leia a matéria na integra com atenção que entenderá.

      1. Mesmo se a Ford tivesse deixado ela com esse mesmo visual com motor Zetec e pouco mais de conforto na cabine, tinha muito delas ai no meio das Fiat Strada!!
        A Pampa era a melhor picape da epoca, bem melhor que as concorrentes, Saveiro, Chevy, e Fiorino

  2. Eu tenho uma pampa GL 1994 a alcool eu não sei porque a Ford parou com um utilitário tão otimo como custo e benefício um utilitário que era para toda obra agil economia sem comentário pouca manutenção porque era muito bem feita a mecânica poderia estar Fanbricando ainda hoje lógico com Moderna tecnologia de hoje mas Tenho certeza que Seria a tope de Vendas no mercado de picape de pequemo porte PARABENS PELA FORD QUE FABRICOU ESTE UTILITÁRIO TÃO ESPETACULAR .

  3. E mesmo hoje, 25 anos depois, a Pampa segue sendo a única picape compacta brasileira a ter contado com tração integral.

    O mercado nacional é só ladeira abaixo, hoje as únicas representantes são Saveiro e Strada (que mantem a base do Palio de 1996), num ambiente dominado por SUV’s de shopping center.

Deixe uma resposta