Ford Corcel II GT 1980 5 marchas Visual Esportivo

Para quem queria uma versão mais requintada do médio da Ford, a versão GT entregava um algo a mais

A versão do Ford Corcel GT 1980, entregava um lindo visual, faixas pretas com detalhes em vermelho, rodas diferenciadas, conta – giros, volante esportivo, entre outros, mas os 90 CV bruto que o carro entregava, na prática não fazia muita diferença, em relação as demais versões.

As versões 1.6 LDO e Hobby, tinha praticamente o mesmo desempenho, apenas meio segundo mais lentos de 0 a 100, diferença insignificante para um carro de rua, mas a versão GT sem dúvida era o esportivo mais econômico do Brasil, fazendo incríveis 9 KM/L na Cidade.

Entre 1978 e 1980 a concorrência com o VW Passat TS, era acirrada em números de unidades emplacadas, mas a partir de 1981, com a chegada de novos modelos, como Ford Del Rey, e as novas atualizações dos motores VW, deixaram a situação do esportivo GT complicada.

Desempenho

Em 1980 o motor Cléon Fonte 1.6, rebatizado na década de 1980 como Ford CHT, entregava 90 CV bruto, mas na prática o desempenho não era de um esportivo, modestos 151 KM/h de velocidade final.

Na cidade era muito econômico, e suficientemente ágil para um modelo coupé de médio.

O conjunto carroceria, suspensão e chassis, entregavam um bom equilíbrio, para um carro médio, mas longe de ter um equilíbrio a altura de um esportivo.

Acabamento Externo

Grade de ar com frisos na horizontal, com o logo Ford;

Para-choques em lâminas de aço carbono cromados;

Luzes de longo alcance abaixo do para – choque dianteiro;

Logo “1.6”, na lateral dos para – lamas dianteiros;

Retrovisor de plástico, com ajuste manual;

Rodas de aço preta de três furos, 185/70 R13;

Friso preto com detalhes em vermelho, em toda a extensão do carro;

Maçanetas na cor grafite;

Logo ” Corcel GT” na tampa do porta malas;

Lanternas traseiras bicolor frisadas, com luz de ré.

Acabamento Interno

Painel com mostradores básicos + conta – giros;

Acabamento do painel em vinil preto;

Volante esportivo de 3 raios com acabamento em couro;

Ventilador de três velocidades;

Acendedor de cigarros;

Cinzeiro embutido no painel;

Voltímetro e temperatura do óleo, no console da alavanca de marchas;

Acabamento dos bancos em tecido plástico e vinil;

Acabamento das portas em vinil preto, com detalhes cromados;

Acionamento dos vidros manual, basculante;

Rádio AM/FM Philco/Ford;

Luz de segurança no rada pé das portas;

Cinzeiro na parede lateral do banco traseiro;

Assoalho e porta malas acarpetados.

Ficha Técnica – Ford Corcel II GT 1980

Carroceria Cupé;

Porte Médio;

Duas portas;

Motor Cléon Fonte 1.6;

Cilindros 4 em linha;

Posição longitudinal;

Tuchos mecânicos;

Tração Dianteira;

Combustível Gasolina;

Carburador;

Direção simples;

Câmbio manual de 5 marchas;

Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso 962 KG;

Potência 90 CV;

13 kgfm a 4000 rpm

De 0 a 100 – oficialmente 15,9 segundos;

Velocidade máxima 151 KM/h;

Consumo Cidade 9 KM/L Estrada 13 KM/L;

Porta malas 380 Litros;

Carga útil Não informado;

Tanque de combustível 57 Litros;

Motor Tudo – Ford Corcel II GT 1980

Carros Clássicos Brasil – Ford Corcel

Deixe uma resposta