Ford Corcel GT 1973 O Esportivo da Classe Média

Ford Ford Corcel

No início da década de 1970, se você sonhava com um esportivo de classe, mas não tinha dinheiro em investir em um modelo de grande porte, o Ford Corcel GT 1.4 era a opção na medida certa

Líder absoluto no mercado do modelos médios, até o ano de 1974, a versão esportiva da família Corcel, o Ford Corcel GT 1973, entregava um desempenho surpreendente para um modelo com motor 1.4, indo de 0 a 100 em 16,6 segundos, números relativamente próximos de seu sucessor o Escort XR3 que só chegaria dez anos depois ao mercado, já com o motor 1.6 e com novas tecnologias, indo de 0 a 100 em 13,5 segundos.

O visual interno e externo também era um grande diferencial da versão GT, semelhantes ao modelos esportivos de grande porte da Ford, Chevrolet e Dodge, faixas pretas nas laterais, logo GT, rodas de aço esportivas, diversos mostradores no painel, o carro oferecia estilo e uma relação custo benefício muito interessante para a classe média da época.

Comerciantes de pequeno e médio porte, bem sucedidos, profissionais liberais, gerentes de lojas de grandes redes, funcionários públicos de médio escalão e trabalhadores da industria de médio escalão, eram o público alvo da montadora.

Desempenho

Em 1973 o motor Cléon Fonte 1.4, rebatizado na década de 1980 como Ford CHT, ainda utilizava sistema de platinado e dínamo, mesmo assim, ia de 0 a 100 em respeitáveis 16,6 segundos, com uma manutenção barata e descomplicada, ainda fazia ótimos 9,8 KM/L na cidade.

Tanto na cidade quanto na estrada, superava facilmente os modelos Volkswagen 1600 e ainda oferecia mais conforto para dirigir.

O conjunto carroceria, suspensão e chassis, entregavam um bom equilíbrio, com uma ótima distribuição de peso, deixando o Corcel GT 1973, bastante estável e seguro em curvas de alta, mesmo com piso molhado.

Acabamento Externo

Frente com faróis redondos de lentes boleadas, embutidos em uma moldura na cor preto.

Luzes de longo alcance embutidas na grade de ar do motor.

Grade de ar do motor, estilo colmeia, embutida em uma moldura em alumínio.

Faixas pretas estilo GT no capô dianteiro.

Faixa preta em toda a extensão lateral com o logo “GT”.

Maçanetas cromadas.

Retrovisores na cor grafite, com ajuste manual.

Rodas de aço pretas estilo GT.

Para – choques cromados, em lâminas de aço carbono.

Logo “Corcel” na tampa do porta – malas.

Lanternas traseiras bicolor com luz de ré.

Acabamento Interno

Painel com mostradores em escala redonda, com conta – giros.

Mostradores como voltímetro, temperaturas de água e óleo, posicionados no console da alavanca do câmbio de marchas.

Volante esportivo em couro, de três raios.

Ventilador.

Rádio AM, Ford / Philco.

Acendedor de cigarros e cinzeiro embutidos no painel.

Acabamento de bancos e portas em vinil, imitação de couro.

Acionamento dos vidros, manual basculante.

Assoalho e porta maças, acarpetados.

Ficha Técnica – Ford Corcel GT 1973

Carroceria coupé;

Porte Médio;

2 portas;

Motor Cléon Fonte 1.4;

Cilindros 4 em linha;

Longitudinal;

Tuchos mecânicos;

Tração Dianteira;

Combustível Gasolina;

Carburador;

Direção Simples;

Câmbio manual de 4 marchas;

Embreagem monodisco a seco;

Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso 962 KG;

Potência 85 CV;

Potência Máxima 5400 RPM;

De 0 a 100 – 16,6 Segundos;

Velocidade máxima 144 KM/h;

Consumo Consumo na Cidade 9,8 KM/L – Estrada 12 KM/L;

Porta malas 380 Litros;

Tanque de combustível 51 Litros;

Motor Tudo – Ford Corcel GT 1973

Carros Clássicos Brasil – Ford Corcel

Ford Corcel GT 1973 O Esportivo da Classe Média
5 (100%) 2 vote[s]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *