Escort XR3 Conversível 1988 difícil não ter sonhado com ele

Compartilhe

Na cor Vermelho Magenta Perolizado, o XR3 conversível ficava mais atraente, o carro mais caro do Brasil embalou muitos sonhos durante a década de 1980.

A montadora foi muito corajosa e competente em colocar e conseguir manter no mercado um modelo conversível de alto custo em um país de terceiro mundo.

A grande questão não era apenas o valor de compra ou das manutenções, mas também conseguir encontrar um público que era bastante restrito para o segmento.

Mercado:

Em 1988 os compactos Volkswagen que haviam recebido novo painel e novo acabamento, tiveram o número de unidades emplacadas disparados, consequentemente o valor dos modelos também aumentaram significativamente, puxando todo o mercado nacional.

O Escort XR3 Conversível 1988 ainda se manteve como o carro nacional mais caro, e um dos mais desejados. A unidade aqui da matéria traz rodas de liga – leve da geração AP 1.8 Autolatina de 1989, deixando o carro ainda mais elegante.

Desempenho

Estabilidade –  O conjunto, carroceria, chassi e suspensão, dava ao carro uma boa estabilidade, mas a versão conversível tinha uma tendência maior em sair de traseira em curvas de alta.

Motor –  Utilizando o motor Ford CHT de 86 cv, era eficiente e com um torque macio e robusto em baixas e médias rotações, em altas rotações o CHT já mostrava sinais de cansaço.

Câmbio –  O câmbio manual de 5 velocidades, era de engates macios e precisos, mas a alavanca muito longa e o ruído no engate da ré, deixavam a desejar para um carro tão caro.

Retomadas e ultrapassagens – O carro era seguro e eficiente, mas abaixo do desempenho de um esportivo nacional.

Consumo –  Esse era um dos pontos fracos do carro na versão a álcool fazia 6,7 km/l na cidade, consumo alto mas que não assustava proprietários que tinha dinheiro de sobra para investir no carro zero km mais caro do Brasil.

Acabamento Externo

Faróis –  Chanfrados de lentes planas;

Setas dianteiras – Embutidas no mesmo conjunto com os faróis;

Para – choques –  Envolventes na cor do carro, com luz de longo alcance na parte superior;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – De plástico pintada na cor do carro, discretamente embutido entre o capô e o para – choque

Retrovisores Externos – Panorâmicos na cor do carro, com ajuste elétrico;

Frisos – Emborrachado em toda a extensão lateral do carro;

Rodas – De liga – leve 185/60 R14;

Maçanetas – Pretas;

Logo – “Escort XR3″, na tampa do porta malas;

Lanterna Traseira – Tricolor exclusiva da versão conversível;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores em escala circular;

Conta – giros – Sim;

Acabamento do painel – Em vinil, com botões e alavancas de comando, muito bem localizados;

Volante – Esportivo espumado de dois raios;

Sistema de som – Sim;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Sim;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Sim;

Relógio – Digital no teto;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Dianteiros elétricos, traseiros manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Elétrico;

Ajuste dos retrovisores externos – Elétrico;

Acabamento dos bancos – Em fino tecido aveludado;

Acabamento das portas – Em vinil e tecido aveludado;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Para dois passageiros, nos bancos dianteiros;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Escort XR3 Conversível 1988

Carroceria – Conversível;

Porte – Médio;

Portas – 2;

Motor –  CHT 1.6;

Cilindros – 4 em linha;

Posição – Transversal;

Peso Torque – 76,7 kg/kgfm;

Tração – Dianteira;

Combustível – Álcool;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Hidráulica;

Câmbio – Manual de 5 velocidades, alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco ventilado nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 990 kg;

Comprimento – 4060 mm;

Distância entre – eixos – 2402 mm;

Largura – 1640 mm;

Altura – 1324 mm;

Potência – 86 CV;

Cilindrada – 1555 cm³;

Torque máximo – 12,9 kgfm a 4000 rpm;

Potência Máxima – 5600 rpm;

Aceleração de 0 a 100 – 13,4 Segundos;

Velocidade máxima – 158 km/h;

Consumo: Cidade 6,7 km/l – Estrada 11 km/l;

Autonomia: Cidade 436 km – Estrada 715 km;

Porta malas – 212 Litros;

Carga útil – 324 kg;

Tanque de combustível – 65 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 195.301,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Deixe uma resposta