Dodge Dart de Luxo 1976 5.2 V8 economia era para os fracos

Dodge

Mesmo no auge da crise do petróleo, ele era o carro nacional de maior potência, um verdadeiro gigante

Para quem não viveu a década de 1970, ter um Dodge Dart de Luxo 1976 5.2 V8, era sinônimo de bom gosto, ostentação, e dinheiro no bolso, o carro era muito rápido, indo de 0 a 100 em incríveis 9,5 segundos, mesmo pesando quase 1 ¹/² tonelada, mas para ter um modelo você precisaria muito mais que personalidade e bom gosto.

O modelo até 1977 era considerado de alto custo, tanto nas vendas nas concessionárias, como nas manutenções preventivas e corretivas, até o final da primeira metade da década de 1970, se você tinha dinheiro para comprar um veículo de porte médio, Passat ou Corcel, dificilmente conseguiria manter um modelo como o Dodge Dart.

Além das manutenções caras, como era de praxe para os modelos de grande porte, o consumo de combustível era o maior calcanhar de aquiles da montadora, em tempos onde o petróleo estava com o preço nas alturas, manter um carro com um consumo médio de 5 KM/L, não era para qualquer brasileiro.

Desempenho

  • O poderoso motor Dodge LA 318 – 5.2 V8, conseguia deixar o carro ágil e gostoso de dirigir, era um verdadeiro navegador silencioso, indo de 0 a 100 em ótimos 9,5 Segundos, e velocidade final de 177 KM/h reais, bons números para a década de 1970 em um país de terceiro mundo, que utilizava uma gasolina de péssima qualidade;
  • O ponto negativo ficava para o consumo, era um beberrão compulsivo, se estivesse muito bem regulado, e com as manutenções em dia, fazia no máximo 5 Km/L na cidade, mas existem registros de modelos semi novos nos anos 1970 que chegavam a fazer 2 Km/L na cidade;
  • A suspensão era muito macia, passando conforto para o motorista, mas era pouco estável em curvas de alta, além da suspensão macia que prejudicava em manobras, o sistema de direção hidráulica era pouco preciso.

Acabamento Externo

  • Frente com faróis redondos, de lentes boleadas, embutidos em moldura de plástico;
  • Grade de ar do motor preta, com frisos na horizontal;
  • Setas dianteiras embutidas dentro da grade de ar;
  • Grandes e largos para – choques em aço carbono, cromados;
  • Repetidor de setas na parte superior dos para – lamas dianteiros;
  • Retrovisor, redondo em aço carbono, cromado;
  • Logo metálico “DartDeLuxo”, no para lama traseiro;
  • Lanternas traseiras bicolor, com luz de ré pequena e discreta;
  • Escapamento com saída dupla.

Acabamento interno

  • Painel em vinil preto;
  • Mostradores básicos + conta – giros;
  • Ventilador;
  • Ar – quente;
  • Ar – condicionado – opcional;
  • Volante de 4 raios com acabamento em couro;
  • Alavanca do cãmbio na caixa de direção;
  • Acendedor de cigarros no painel;
  • Cinzeiro embutido no painel;
  • Bancos em vinil “imitação de couro”;
  • Cinzeiro na parede do banco traseiro;
  • Assoalho acarpetado.

Ficha Técnica – Dodge Dart de Luxo 1976 5.2 V8

  • Carroceria Coupé;
  • Porte Grande;
  • 2 portas;
  • Motor LA 318;
  • Cilindros 8 em V;
  • Longitudinal;
  • Tuchos Hidráulicos;
  • Tração Traseira;
  • Combustível Gasolina;
  • Carburador;
  • Direção Hidráulica;
  • Câmbio manual de 3 marchas;
  • Embreagem monodisco a seco;
  • Freios a disco ventilado nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;
  • Peso 1480 KG;
  • Potência 198 CV;
  • Potência Máxima 4400 RPM.
  • De 0 a 100 – 9,5 Segundos;
  • Velocidade máxima 177 KM/h;
  • Consumo Consumo na Cidade 5 KM/L – Estrada 8 KM/L;
  • Porta malas 436 Litros;
  • Carga útil 410 KG;
  • Tanque de combustível 62 Litros;
  • Preço atualizado aproximado Não informado;
  • Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária.

Motor Tudo – Dodge Dart De Luxo 1976 5.2 V8

Carros Clássicos Brasil – Dodge

Dodge Dart de Luxo 1976 5.2 V8 economia era para os fracos
5 (100%) 4 vote[s]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *