Voyage GLS 1.8 1989 um sedã com alma de Gol GTS

Carros dos anos 80 Volkswagen Voyage Quadrado

O sedã compacto da Volkswagen, na versão GLS, era um esportivo com um visual esporte fino, e com um desempenho próximo ao do irmão Gol GTS

Na segunda metade da década de 1980, a linha BX ganha novo visual externo e novo painel, o Voyage Super de 1986, que era uma versão sedã derivada do Gol GT 1.8, ganhou nova nomenclatura e se tornou o Voyage GLS 1.8, ao contrário do Gol GT, que se tornou GTS e ganhou mais fôlego no conjunto motor e câmbio, o modelo sedã não teve a mesma sorte, ficou com 4 cavalos a menos, mesmo assim o desempenho final de ambos os modelos eram próximos.

Equipado com bancos Recaro, com um acabamento esporte fino, rodas de liga leve, com o mesmo desenho da linha VW Santana CD de 1984 a 1986, somados ao painel satélite com conta-giros, e o elástico motor AP 1.8, fizeram do Voyage GLS 1989 um elegante esportivo.

Mas para muitos, alguns itens que deveriam ser de série faltaram, como ar – condicionado e direção hidráulica, itens que em 1989 a montadora oferecia apenas para o Gol GTi 2.0, mesmo assim como opcional.

Desempenho 

  • O motor AP 1.8, não era exatamente o mesmo que equipou o Voyage Super de 1986 com 99 CV de força, muito menos o do Gol GTS, mesmo assim entregava bons 96 CV de força e indo de zero a 100 em ótimos 11,5 segundos.Muito ágil na cidade, confortável e seguro em ultrapassagens e retomadas de marcha;
  • O câmbio de 5 marchas, tinha uma relação curta e engates precisos, dando ao carro um ar esportivo na hora de dirigir;
  • Em curvas de alta o conjunto carroceria e chassis, era muito equilibrado, mesmo com piso molhado;
  • Em retas em velocidades acima de 140 Km/h, tinha um giro de motor estável, e o carro se mantinha paralelo sem balanços repentinos.
Imagens Reginaldo de Campinas

Acabamento Externo

  • Frente com faróis quadrados, de lente plana, embutidos em um mesmo conjunto com as setas;
  • Para – Choques envolventes, de vinil na cor preto;
  • Farol de neblina embutidos no para – choque;
  • Retrovisores panorâmicos, com controle elétrico interno;
  • Rodas de liga – leve 175/70 R13;
  • Friso lateral emborrachado, com o logo GLS 1.8;
  • Lanternas traseira tricolor, tradicionais, desde seu lançamento;
  • Moldura de plástico para embutir a placa.

Acabamento Interno

  • Painel satélite, bonito e muito eficiente, + conta – giros;
  • Volante espumado de 4 raios;
  • Ventilador de três velocidades;
  • Ar – quente;
  • Acendedor de cigarros;
  • Cinzeiro no console da alavanca de marchas;
  • Rádio AM/FM digital, Toca fitas;
  • Bancos Recaro com acabamento esporte fino;
  • Bancos dianteiros, com encosto de cabeça com regulagem de altura;
  • Acionamento dos vidros, elétrico;
  • Travas elétricas;
  • Ajuste elétrico dos retrovisores;
  • Desembaçador elétrico dos vidros traseiros;
  • Break – Light;
  • Assoalho e porta malas acarpetados.

Ficha Técnica – Voyage GLS 1.8 1989

  • Carroceria sedã;
  • Compacto;
  • 2 portas;
  • Motor AP 1.8, primeira geração;
  • Cilindros 4 em linha;
  • Longitudinal;
  • Tuchos mecânico;
  • Tração dianteira;
  • Combustível Gasolina;
  • Carburador;
  • Direção simples;
  • Câmbio manual de 5 marchas;
  • Embreagem monodisco a seco;
  • Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;
  • Peso 960 KG;
  • Potência 96 CV;
  • Potência Máxima 5200 RPM.
  • De 0 a 100 – 11,5 Segundos;
  • Velocidade máxima 167 KM/h;
  • Consumo Consumo na Cidade 6,8 KM/L – Estrada 9,7 KM/L;
  • Porta malas 382 Litros;
  • Carga útil 350;
  • Tanque de combustível 55 Litros;
  • Preço atualizado R$ 59.900,00;
  • Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária.

Motor Tudo – Voyage GLS 1.8 1989 

Carros Clássicos Brasil – Voyage Quadrado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *