fbpx
Pular para o conteúdo

Del Rey 1985 e VW Santana emplacam a mesma quantidade de unidades

Del Rey 1985
Compartilhe

Del Rey 1985 e VW Santana emplacam a mesma quantidade de unidades, e esquenta a briga dos sedans médios de luxo no Brasil. O Ford Del Rey emplacou em todas as suas versões 26.534 unidades, contra 26.732 unidades do médio da Volkswagen, um empate técnico.

Já o Chevrolet Monza era o líder absoluto tanto dentro do segmento, como entre os carros mais vendidos do país, o médio de luxo da GM vendeu no mesmo período 62.544 unidades.

O preço dos modelos Ford e Volkswagen em suas versões top de linha, também tinham o mesmo equilíbrio, a versão Del Rey Ghia, com ar condicionado e direção hidráulica, era oferecido em valores atualizados próximo dos R$ 250.000,00, já o Santana CD com ar condicionado e direção hidráulica, tinha um preço um pouco mais salgado, algo próximo dos R$ 260.000,00.

O Ford Del Rey, ainda em sua versão top de linha Ghia, mesmo com uma plataforma menos atualizada que de seu concorrente Volkswagen, entregava um acabamento mais refinado e de melhor qualidade.

Com uma suspensão muito macia, e um nível de ruído interno bastante confortável com o motor em baixas e médias rotações, o Del Rey com até dois adultos e duas crianças no banco traseiro, era mais confortável e de melhor dirigibilidade tanto na cidade quanto na estrada do que o VW Santana.

Os pontos negativos para Del Rey 1985, ficavam para o desconfortável barulho no engate da ré, nada natural para um modelo de luxo. E por ter uma suspensão muito macia, com 4 adultos e porta malas cheio, os amortecedores atingiam o ponto zero com muita facilidade.

Já o VW Santana também em sua versão top de linha, oferecia mais robustez, com carga máxima de peso, com 4 adultos e porta malas cheio, praticamente não perdia o fôlego e o consumo de combustível, mesmo sendo no álcool ficava dentro do esperado.

Del Rey 1985

O ponto negativo para o Volkswagen Santana ficava para a suspensão muito rígida, se por um lado oferecia uma melhor estabilidade e mais segurança, por outro lado se tornava relativamente desconfortável para um sedan de luxo.

Ficha Técnica – Del Rey 1985 – Versão Ghia

Carroceria – Ford Sedã; Porte – Médio; Portas – 2; Motor –  CHT 1.6; Cilindros – 4 em linha; Posição – Longitudinal; Combustível – Álcool; Potência – 73,3 cv; Peso Torque – 84,7 kg/kgfm; Cilindrada – 1555 cm³.

Torque máximo – 12,9 kgfm a 2400 rpm; Potência Máxima – 4800 rpm; Tração – Dianteira; Alimentação –  Carburador; Direção – Hidráulica; Câmbio – Manual de 5 velocidades com alavanca no assoalho; Embreagem – Monodisco a seco.

Freios – Freio a disco ventilado nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras; Peso – 1092 kg; Suspensão dianteira – Independente, Braços sobrepostos – Mola helicoidal; Suspensão traseira – Eixo rígido – Mola helicoidal.

Comprimento – 4498 mm; Distância entre-eixos – 2438 mm; Largura – 1676 mm; Altura – 1345 mm; Aceleração de 0 a 100 – 18,2 Segundos; Velocidade máxima – 148 km/h; Consumo: Cidade 6,7 km/l – Estrada 11,2 km/l; Autonomia: Cidade 381,9 km – Estrada 638,4 km.

Porta malas – 328 Litros; Carga útil – 474 kg;Tanque de combustível – 57 Litros; Valor atualizado Aproximado – R$ 250.000,00; Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Del Rey 1985
Del Rey 1985

Carros antigos

Caminhonete D10, a arma da GM para enfrentar o Ford F-1000 Elba carro – Chega ao Brasil o SW da família Uno, que tirou o sono dos SW Compacto VW e GM Fiat Oggi CSS 1.4 1984 conheça o Esportivo da Família 147 Vectra Elegance, em 2009 o médio de luxo da Chevrolet ainda causava frisson Toyota Paseo, conheça o cupê compacto da montadora japonesa Corsa 99, a versão Super do popular mais confortável da década de 1990 Opala 6 caneco, a versão standard de 1979 customizada Saveiro 96, o fim da bem sucedida geração quadrada se aproximava Chrysler Neon 2000, o início do fim, do médio de elite, hoje um raro colecionável Vectra 97, nunca restaurado, a versão CD 16V, com teto solar e câmbio automático

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos