Chevrolet Opala de Luxo 2.5 1972 um grande clássico

Compartilhe

Com um câmbio manual de 3 marchas, posicionado na coluna de direção, relógio no painel e rádio original Chevrolet, o Opala de Luxo quatro portas 1972 era puro glamour.

Com um motor 2.5 de 4 cilindros, mais econômico e de manutenção mais barata, era o carro de luxo ideal para a família, ao contrário da versão 4.1 6 cilindros mais utilizado por empresários e políticos.

No início da década 1970 encontrar um carro de luxo mais econômico era uma tarefa difícil, mas a Chevrolet tinha algumas opções bastante interessantes para o público família, a versão de entrada “Standard” que em 1973 virou versão especial, era o Opala básico e você podia acrescentar quase todos os opcionais das versões top que seu bolso aguentasse pagar, já a versão de Luxo 2.5 era a intermediária.

Desempenho

Estabilidade –  O conjunto, carroceria, chassi e suspensão, dava ao carro uma boa estabilidade, mesmo sendo um projeto desenvolvido no final da década de 1960, recebeu diversos upgrades no passar dos anos e ainda era considerado atualizado para o início da década de 1970.

Motor –  Utilizando o motor Chevrolet 2.5, era robusto, e com um giro bastante estável em altas rotações, confiável, mas o custo das manutenções preventivas e corretivas de um modelo 0 km, ainda eram considerados de alto para as famílias da classe média.

Câmbio –  O câmbio manual de 3 velocidades, tinham engates precisos, mas a alavanca exigia manutenção preventiva constante.

Retomadas e ultrapassagens – Com um motor elástico com muito fôlego, que respondia muito bem ao pedal do acelerador, era seguro e confiável.

Consumo –  Para um modelo de grande porte fazer em média 7 km/l na cidade era uma grande virtude, mais detalhes na ficha técnica no final do post.

Acabamento Externo

Grandes calotas cromadas com a gravata Chevrolet ao centro.

Grade dianteira dupla retangular, com o logo Chevrolet dos anos 60 ao centro, e o logo nome Chevrolet a direita.

Faróis redondos com setas embutidas.

Luzes auxiliares abaixo dos para-choques dianteiro e traseiro.

Para-Choques em laminas de aço desenhadas cromadas.

Retrovisores redondo, apenas do lado do motorista, pequeno e pouco eficiente.

Teto com forração em vinil marrom, dando um visual esporte fino.

Na traseira o nome Chevrolet estampado no centro do carro.

Lanternas traseiras charmosas, mas pequenas e pouco eficientes.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Acabamento interno

Bancos sem encosto de cabeça, com forração em imitação de couro.

Banco dianteiro único.

Acabamento das portas imitação de couro.

Cinzeiro embutido nas portas traseiras.

Volante em imitação de marfim.

Câmbio três marchas embutido na coluna de direção.

Painel simples porém bonito e eficiente.

Mostradores de nível de combustível, relógio, velocímetro.

Botões de acionamento dos limpadores de para-brisa e faróis direto no painel.

Ventilador.

Radio AM/FM Chevrolet.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.


Ficha Técnica – Chevrolet Opala de Luxo 2.5 1972

Carroceria – Sedã;

Porte – Grande;

Portas – 4;

Motor –  2.5 Cód 153;

Cilindros – 4 em linha;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 80 cv;

Peso Torque – 61,11 kg/kgfm;

Cilindrada – 2509 cm³;

Torque máximo – 18 kgfm a 3000 rpm;

Potência Máxima – 4400 rpm;

Tração – Traseira;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 3 velocidades com alavanca na coluna de direção;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 1100 kg;

Suspensão dianteira – Independente, Braços sobrepostos – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Eixo rígido, barra panhard – Mola helicoidal;

Comprimento – 4580 mm;

Distância entre-eixos – 2667 mm;

Largura – 1758 mm;

Altura – 1384 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 20 Segundos;

Velocidade máxima – 140 km/h;

Consumo: Cidade 7 km/l – Estrada 9 km/l;

Autonomia: Cidade 378 km – Estrada 486 km;

Porta malas – 430 Litros;

Carga útil – Não informado;

Tanque de combustível – 54 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ R$ 152.235,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.

Imagens Brunelli veículos antigos.


Motor Tudo – Chevrolet Opala de Luxo 2.5 1972.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Carros dos anos 70 – Carros Clássicos brasileiros.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *