fbpx
Pular para o conteúdo

Chevrolet Omega Suprema CD 4.1 AT 1995 Absoluta

Compartilhe

Ele não foi o SW mais emplacado do Brasil, mas sem dúvida foi uma das mais glamourosas e eficientes

A versão Chevrolet Omega Suprema CD 4.1 AT 1995, se destacou pelo grande número de itens e instrumentos de conforto e segurança, e um desempenho que muitos esportivos não alcançavam.

Um modelo de auto custo, tanto na compra na concessionária, como nas manutenções preventivas e corretivas, O Omega Suprema, atendia um público bastante restrito, os fãs da descontinuada Chevrolet Caravan, e amantes de carros de grande porte, da classe alta da década de 1990.

Uma das coisas que mais impressionava, era o seu desempenho, mesmo com câmbio automático, alcançava incríveis 215 km/h de velocidade final, e aceleração de 0 a 100 em 10 segundos, entregando muito equilíbrio, com segurança e conforto.

Desempenho

O motor na configuração 4.1, entregava bons 168 cv de força, em giros mais alto, se mantinha estável e com um torque bastante suave;

Mesmo na versão automática, e pesando mais de uma tonelada e meia, o desempenho na cidade surpreendia, era ágil, e muito eficiente;

Na estrada, o que mais chamava a atenção por ser um SW, era a incrível capacidade de velocidade de cruzeiro, o carro conseguia permanecer, por longos períodos em velocidade constante de 180 km/h, sem oscilações ou qualquer tipo de vibração.;

A suspensão de toda a família Omega, conseguia aliar incrível tecnologia, que oferecia ao mesmo tempo segurança e uma suspensão muito macia.

Acabamento Externo

Frente com faróis trapezoidais, com luz de longo alcance e setas embutidos em um mesmo conjunto;

Para – choques envolventes na cor do carro, com friso emborrachado na frente e friso cromado na parte superior;

Farol de neblina embutido no para – choque dianteiro

Logo “CD”, na lateral do para – lama dianteiro;

Rodas de liga – leve 205/60 R 15;

Friso emborrachado com detalhe cromado em toda extensão lateral do carro;

Retrovisor panorâmico na cor do carro;

Logo “Omega” na tampa do porta – malas;

Antena estilo barbatana de tubarão, no teto;

Lanternas traseira tricolor, fumê.

Acabamento Interno

Painel digital, moderno e muito eficiente;

Conta-giros;

Volante executivo de 4 raios, com acabamento em couro, costurado a mão;

Volante com ajuste de altura;

Computador de bordo;

Faróis com ajuste elétrico;

Acabamento de bancos e portas em couro;

Encosto de cabeça para 4 passageiros;

Banco do motorista com regulagem de altura;

Vidros elétricos nas 4 portas;

Travas elétricas;

Travamento central de portas e vidros;

Ajuste elétrico dos retrovisores;

Acendedor de cigarros;

Cinzeiro embutido no painel;

Ventilador;

Ar – quente;

Ar – Condicionado;

Rádio digital AM/FM Toca Fitas;

Porta fitas K7;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro;

Abertura interna do porta malas,

Assoalho e porta – malas acarpetados.

Ficha Técnica Chevrolet Omega Suprema 4.1 AT 1995

Carroceria SW;

Grande porte;

Quatro portas;

Motor Powertec C41GE – 4.1;

Cilindros 6 em linha;

Tuchos Hidráulicos;

Tração Traseira;

Combustível Gasolina;

Injeção Multiponto;

Direção Hidráulica;

Câmbio automático de 4 velocidades;

Freios ABS, a disco ventilado nas rodas dianteiras e sólido nas rodas traseiras;

Peso 1530 kg;

Potência 168 cv.

29,1 kgfm a 3500 rpm;

De 0 a 100 – 10 segundos

Velocidade máxima 215 km/h;

Consumo Cidade 6 km/l Estrada 9,7 km/l;

Autonomia: Cidade 420 km – Estrada 679 km:

Porta malas 540 Litros;

Carga útil 525 kg;

Tanque de combustível 70 Litros.

Valor atualizado Aproximado – R$ 208.351,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Carros Clássicos Brasil – Chevrolet Omega.

5 comentários em “Chevrolet Omega Suprema CD 4.1 AT 1995 Absoluta”

Carros antigos

Astra GSi 2003, chega ao mercado a fera 2.0 16V, alcançando mais de 200 km/h Gol Quadrado GTi, em 1992 a montadora comemorou 12 anos da carroceria BX Puma GTE 1977 o primeiro grande pico de vendas da montadora Porsche 911 L, a versão comercializada na terra do Tio Sam em 1968 Fiorino 96, com motor 1.5, Zero km um colecionável que nunca foi emplacado Caminhonetes antigas Ford sucesso em eventos de carros antigos MP Lafer carros fora de série com o legitimo chassi MP Honda SUV ZR V 2024 preço ficha técnica e equipamentos Fusca 96 Itamar Série especial última edição da geração refrigerada a ar Carro para o dia a dia Vectra 4 portas 2.2 8V excelente relação custo benefício

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos