Chevette GP II 1976 Série Especial 1.000.000


Em 1976 a Chevrolet lança uma série especial, o Chevette GP e GP II, para comemorar 1.000.000 de unidades de Chevrolet produzidas no Brasil.

Em 1976 a Chevrolet organizou o GP Brasil de Formula 1, e aproveitando a oportunidade comemorou 1.000.000 de unidades produzidas aqui no pais do Emerson  Fittipaldi, 

O Chevette GP II também ganhava um novo motor 1.4 com 72 CV de força, que já era um avanço na potência do modelo que antes era entre 65 e 69 CV, mas ainda estava muito longe do seu principal concorrente o Corcel I GT 1975 que tinha 85 CV.

Diferenças a parte, o Chevette GP II causou uma boa impressão na ocasião, cores marcantes, prata, branco ou amarelo, com uma faixa em preto com o logo GP II, rodas em aço tradicional do modelo faróis de milha embutidos na grade dianteira, uma faixa preta no capô dianteiro e na tampa do porta-malas, dando um visual mais esportivo.

Imagem Pastore Car Collection.


Por dentro o acabamento era de um digno esportivo, banco com imitação de couro com encosto de cabeça embutido, mas de pouca utilidade, pois quem tinha altura acima de 1,65 pouca diferença fazia no quesito segurança.

O painel era um show a parte, com um logo GT colado ao lado esquerdo próximo aos mostradores, era completo e bonito, bem iluminado e bastante eficiente, com relógio, voltímetro, temperatura do motor, temperatura de óleo e conta-giros.

Volante esportivo de três raios, um dos mais bonitos da época.

Nos anos seguintes o mesmo volante foi muito usado por carros fora de série como Bugs, Puma entre outros.

Imagem Pastore Car Collection.

Imagem Pastore Car Collection.


Na prática o carro era bom na cidade, econômico, muito bom de curvas e pista molhada, mas na estrada muito amarrado, mesmo pesando apenas 820 Kg ainda ficava com o desempenho um pouco abaixo do Corcel I GT 1975.

Imagem Pastore Car Collection.

Imagem Pastore Car Collection.

Motor Tudo – Chevrolet Chevette GP II 1976 1.000.000

Carros dos anos 80

 

Please follow and like us:

Deixe uma resposta