Caravan Diplomata SE 4.1 1988 Liderança absoluta

Caravan Diplomata SE 4.1 1988 liderança absoluta na segunda metade dos anos 1980

A segunda metade dos anos 1980, foi marcada por modelos de para – choques envolventes, cores metálicas, e a evolução de algumas montadoras no acabamento interno, a Caravan Diplomata SE 4.1 1988, reinava absoluta no mercado das SWs de grande porte sem uma concorrente direta, a única perua nacional que poderia morder uma fatia do modelo Chevrolet era o Santana Quantum GLS, mas como fazia parte do seguimento de porte médio, com preços e tecnologias diferenciadas, não afetava diretamente o reinado da Caravan.

O modelo Caravan Diplomata, era o carro nacional mais caro e de maior velocidade final, ao lado do Opala Diplomata, o único modelo de luxo de grande porte produzido no Brasil até 1992.

A família Diplomata SE 4.1, era direcionada para um público bastante específico, políticos de médio e alto escalão, comerciantes e empresários bem sucedidos, o preço das manutenções preventivas e corretivas, não eram para qualquer um, sendo um modelo de alto custo, substituir uma peça ou mesmo fazer as revisões de fábrica doía no bolso.

Desempenho

O motor Chevrolet 4.1 de 6 cilindros Cód 250, acompanhava a família Opala desde o início da década de 1970, mas no passar dos anos, recebeu atualizações e importantes upgrades, entre eles, câmbio mais eficiente e atualizado, ignição eletrônica, alternador de alta capacidade, sem contar atualizações em componentes mecânicos internos do motor;

Na cidade surpreendia na agilidade, com um desempenho próximo aos esportivos da época;

Na estrada era um verdadeiro navegador silencioso, se mantendo sem oscilação por longos períodos em velocidades acima de 160 KM/h;

Seguro e eficiente em retomadas e ultrapassagens, indo de 0 a 100 em incríveis 11,3 segundos;

O conjunto carroceria, chassis e suspensão era único, oferecia segurança com muita eficiência em curvas de alta, mesmo com uma suspensão macia, não perdia a estabilidade;

O ponto negativo ficava para o consumo de combustível, era o nacional mais beberrão, conforme ficha técnica abaixo.

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Acabamento Externo

Frente com conjunto de lentes trapezoidais, abrigando em uma mesma lente, farol, luz de longo alcance, no mesmo alinhamento da grade de ar do motor;

Para-Choques em aço carbono na cor grafite, com cantoneiras de plástico;

Friso lateral emborrachado largo, com o logo “Diplomata SE”;

Maçanetas embutidas na cor grafite;

Rodas de liga leve exclusivas 195/70 R14;

Retrovisores satélites, na cor grafite, com controle interno elétrico;

Bagageiro esportivo na cor grafite;

Limpador de vidros traseiro;

Lanternas traseiras tricolor, tradicional família Caravan;

Logo 4.1/S na tampa do porta malas.

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Acabamento Interno

Interior preto.

Painel com mostradores de fácil visualização + conta-giros;

Volante estilo executivo espumado de três raios;

Acabamento de portas e bancos em fino tecido aveludado;

Banco traseiro com apoio de braço;

Encosto de cabeça com regulagem de altura nos bancos dianteiros e traseiros;

Botões de acionamento dos vidros e regulagem dos espelhos no console de marchas;

Rádio toca fitas digital;

Acendedor de cigarros;

Cinzeiro no console da alavanca do câmbio;

Ventilador;

Ar – quente;

Ar- condicionado;

Vidros e travas elétricas;

Controle elétrico dos retrovisores;

Luz de leitura nos bancos dianteiros;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro;

Assoalho e porta malas acarpetados.

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Ficha Técnica – Caravan Diplomata SE 4.1 1988

Carroceria SW;

Porte Grande;

2 portas;

Motor 4.1 Cód 250;

Cilindros 6 em linha;

Longitudinal;

Tuchos Hidráulicos;

Tração Traseira;

Combustível Gasolina;

Carburador;

Direção Hidráulica;

Câmbio manual de 5 marchas;

Embreagem monodisco a seco;

Freios a disco ventilado nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso 1364 KG;

Potência 135 CV;

Potência Máxima 4000 RPM;

De 0 a 100 – 11,3 Segundos;

Velocidade máxima 176,4 KM/h;

Consumo Consumo na Cidade 3,8 KM/L – Estrada 6,6 KM/L;

Porta malas 774 Litros;

Carga útil Não informado;

Tanque de combustível 84 Litros;

Preço atualizado R$ 132.357,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária.


Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastore Car Collection


Motor Tudo – Caravan Diplomata SE 4.1 1988

Carros Clássicos Brasil – Opala

Deixe uma resposta