Passat LS Village 1985

Em 1985 o Passat recebe um upgrade literalmente por dentro e por fora, tudo novo, motor, câmbio, painel, acabamento interno, para-choques e muito mais.

Imagem Passat Clube RJ.


Em 1985 o Passat teve mudanças bastante significativas, passou a ser equipado com a nova geração de motores AP 1600 na linha LS Village, e S Special, o Passat LSE continuou com o motor MD270 por motivos de contrato de exportação.

A linha LS Vilhage ganhou o câmbio 5 marchas de série, para-choques envolventes, novas lanternas traseiras, com vincos que dava um ar esportivo e ao mesmo tempo elegante, e rodas de liga leve opcional.

Por dentro ganho um novo painel, com os mesmos mostradores da linha Santana e retrovisores com controle interno, na linha S special os retrovisores ainda eram os mesmos que equipavam os antigos GOL e Brasilia.


Mais rápido, com um câmbio 5 marchas mais longo, e muito mais bonito.

Nos anos de 1985 e 1986 era denominado Passat LS Village, nos anos de 1987 e 1988 passou a ser Passat GL Village.

A versão média do Passat o LS, era cobiçado por muitos perfis de consumidores da montadora alemã, mas ele tinha um problema na hora da venda, custava mais que a versão top do Voyage e da Parati, que no mesmo ano também receberam motores AP 1.6 e câmbio 5 marchas nas versões LS, e praticamente o mesmo preço da versão básica da linha Santana, o CS.

Mesmo com a briga no quintal de casa, o carro conseguiu um boa fatia do mercado, tanto de pessoa física, como também do mercado de taxitas.



Motor Tudo Passat LS Village 1985.

Passat LS Village 1985
Rate this post

Deixe uma resposta