Lada Laika 1.6 sedã

Lada Laika 1.6 sedã, veio da Russia com a dura missão de enfrentar, os sedãs Voyage, Verona, Prêmio e Chevette.


Com tração traseira, motor 1.6, lataria e pintura preparada para durar mais de uma década, bom para cidade e campo, barato, manutenção simples e barata, mesmo assim com todos os atributos, ele mais parecia que faria papel de um filme, “Missão Impossível”, concorrer com os sedãs brasileiros que se atualizavam a cada 5 anos não era uma tarefa nada fácil.

O lada Lika tinha uma tecnologia adaptada dos antigos Fiats que reinaram por décadas na antiga União Soviética, tecnologia pós guerra, a unica coisa que os amigos Russos fizeram foi atualizar conforme as condições, mas em um país onde não havia concorrência as coisas meio que pararam no tempo.

O maior problema do carro era seu desenho ultrapassado, lembrava muito o VW 1600 o famoso Zé do Caixão, não atraia o público.

O acabamento interno lembrava muito os Volkswagen dos anos 70, bancos em tecido simples ou napa, “imitação barata de couro” painel em vinil simples, velocímetro, mostrador do combustível e na versão top mostrador de temperatura do motor.


O carro acabou sendo comprado por empresas de pequeno e médio porte, e muitos taxistas também viram uma ótima oportunidade, a relação custo benefício para este tipo de serviço era muito boa.

A empresa em 6 anos vendeu pouco menos de 80.000 carros contando todos os modelos e versões da montadora.

Após o fim da produção no Brasil, muitos pilotos amadores e profissionais, correram para comprar o carrinho, que em determinadas situações era ótimo para um rally amador.

Imagens site bestcars.com.br


Motor Tudo – Lada Lika 

Um comentário sobre “Lada Laika 1.6 sedã”

  1. O melhor carro médio da época. Preco,mecânica e conforto.Foi boicotado pela midia.Ate hoje.

Deixe uma resposta