VW Gol 1985 MD-270 1.6 ótima relação custo benefício

VW Gol 1985 MD-270 1.6 o primeiro ano da versão intermediária refrigerado a água.

Entre os hatchs compactos de 1985 o VW Gol refrigerado a água era o mais rápido, eficiente e caro, mas pecava no acabamento interno, ele era o tradicional pé de boi, pau para toda a obra

O VW Gol 1985 teve seu primeiro ano nas versões intermediárias S e LS com motor refrigerado a água, o MD-270 1.6, transformando o modelo no hatch compacto no mais eficiente do Brasil no aspecto desempenho.

O modelo do post é a versão “S” equipado com câmbio 4 marcha.

As versões S e LS também ganharão frente nova, aos moldes do Gol GT 1.8 de 1984, com faróis retangulares e setas embutidas em um mesmo conjunto, os ponteiros dos mostradores do painel também ganharam nova cor, vermelho.

A versão VW Gol “S” 1985, mesmo ganhando novo motor, muito mais eficiente, ainda ficou atrás do Gol BX refrigerado a ar, na tabela de vendas, tendo um número menor de exemplares emplacados naquele ano.

Já a versão LS 1985, aumento significativamente suas vendas, alcançando o topo da tabela entre os mais vendidos.

Desempenho – VW Gol 1985 MD-270 1.6

O motor MD-270 1.6 refrigerado a água, deixou o modelo mais elástico, ágil na cidade, e muito estável na estreada em giros mais alto.

O modelo LS com câmbio 5 marchas tinha um giro muito mais estável em velocidades acima de 110 KM/h.

A estrutura do Gol quadrado ainda era considerada moderna, bom de curvas de alta, e não balançava em retas.

Imagens Pastore Car Collection

Acabamento Externo

Frente com faróis retangulares com lentes embutidas ao lado das setas em um mesmo conjunto.

Grade de ar com frisos na horizontal.

Para- choque em aço carbono na cor grafite.

Rodas de aço tradicionais da linha BX, com calotas preta ao centro.

Retrovisor simples com regulagem manual.

Lanternas traseira tricolor.

Imagens Pastore Car Collection

Acabamento interno

Painel quadrado, com mostradores básicos.

Volante de plástico injetado de dois raios.

Acabamento das portas em vinil.

Acabamento dos bancos em tecido aveludado.

Encosto de cabeça com regulagem de altura nos bancos dianteiros.

Ventilador de três velocidades.

acionamento dos vidros manual basculante.

Cinzeiro na parede lateral do banco traseiro.

Assoalho e porta malas acarpetados.

Imagens Pastore Car Collection
Imagens Pastore Car Collection
Imagens Pastore Car Collection
Imagens Pastore Car Collection
Imagens Pastore Car Collection

Ficha Técnica

Carroceria – Hatch;

Porte – Compacto;

Portas – 2;

Motor –  MD 270 1.6;

Cilindros – 4 em linha;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Álcool;

Potência – 81 CV;

Peso Torque – 70,31 kg/kgfm;

Cilindrada – 1588 cm³;

Torque máximo – 12,8 kgfm a 2600 rpm;

Potência Máxima – 5200 rpm;

Tração – Dianteira;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 4 marchas com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 900 kg;

Comprimento – 3790 mm;

Distância entre-eixos – 2358 mm;

Largura – 1601 mm;

Altura – 1375 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 14,2 Segundos;

Velocidade máxima – 161 km/h;

Consumo: Cidade 7,5 km/l – Estrada 11,9 km/l;

Autonomia: Cidade 412,5 km – Estrada 654,5 km;

Porta malas – 273 Litros;

Carga útil – Não informado;

Tanque de combustível – 55 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 57.962,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.


Imagens Pastore Car Collection
Imagens Pastore Car Collection
Imagens Pastore Car Collection
Imagens Pastore Car Collection

Imagens Pastor Car Collection.


Motor Tudo – VW Gol 1985.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Carros dos anos 80 – Carros Clássicos brasileiros.


Please follow and like us:

Deixe uma resposta