fbpx
Pular para o conteúdo

Volkswagen Santana GLS 2.0 1989 X Chevrolet Monza SL/E 2.0 1988 Comparativo

Compartilhe

Entre os anos de 1984 e 1989 a primeira geração do Volkswagen Santana e Chevrolet Monza travaram uma batalha pela liderança do mercado dos médios de luxo no Brasil, entre 1984 e 1986 liderança do médio americano, entre 1987 e 1989 liderança do médio alemão.

Dois médios de luxo que fizeram história e construíram uma verdadeira legião de fãs, existem diversos fã-clubes espalhados por vários países do mundo, tanto do modelo Chevrolet, quanto do modelo Volkswagen.

Qual o seu preferido?

DesempenhoSantana GLS 2.0 1989.

Motor 2000 AP,  era ágil na cidade e forte na estrada, mesmo com a capacidade máxima de carga 5 adultos e porta-malas cheio ainda mantinha um bom desempenho.

Suspensão segura, bom de curvas de alta e baixa velocidade, nível de ruido interno, em altas e baixas rotações era bastante confortável, uma das características interessantes do motor AP 2000, era que mesmo em altas rotações durante as trocas de marchas, ou em altas velocidades na estrada, a vibração do motor não passava para dentro do carro.


DesempenhoMonza SL/E 2.0 1988.

O Monza sedã tinha uma estrutura que oferecia muita estabilidade em curvas de alta mesmo com pista molhada, em retas em velocidades acima de 120 KM/h era bastante estável, sem duvida era um verdadeiro estradeiro.

Com um confiável e eficiente motor 2.0, além de ser 5 KM/h mais veloz que o VW santana GLS 2.0, era 1,5 segundos mais rápido de 0 a 100.

Outro fator que sempre contou muito a favor do Monza, era o nível de ruído interno e externo, tanto em baixas rotações como em altas, era muito baixo, passando muito conforto para dentro do carro.


Acabamento Externo – Santana GLS 2.0 1989.

Faróis dianteiros com faróis de neblina embutidos, dando um visual único e muito bonito.

Para-choques envolventes.

Setas embutidas nos para-choques.

Frisos cromados no contorno dos para-choques.

Rodas de liga-leve exclusivas da família Santana GLS.

Retrovisores panorâmicos embutidos no quebra vento, com controle interno.

Logo GLS colado na lateral dos para-lamas.

Friso lateral emborrachado com friso cromado.

Lanternas traseiras, exclusivas da família Santana.

Logo tipo de traseiro Santana GLS.

Logo tipo traseiro VW 2000.

Modelo 4 portas.




Acabamento Externo – Monza SL/E 2.0 1988.

Desde o segundos mestre de 1985 o Monza mudou muito pouco, mas ainda mantinha um visual empolgante para a época.

Carroceria duas portas.

Para-choques em aço na cor preto, com friso emborrachado.

Abaixo do para-choque dianteiro uma continuação da lataria dando a impressão de um para-choque envolvente.

Friso emborrachado na lateral do carro com o logo Monza SL/E.

Grade de entrada de ar dianteira com a gravata Chevrolet.

Retrovisores panorâmicos com controle interno elétrico.

Lanternas traseiras riscadas bonitas e muito eficientes.

Rodas de liga leve exclusivas da família Monza.

Logo 2.0 na tampa traseira do porta malas.




Acabamento interno – Santana GLS 2.0 1989.

Vidros e travas elétricas.

Acabamento de portas, bancos e teto em tecido aveludado riscado.

Bancos dianteiros e traseiros com encosto de cabeça com regulagem de altura.

Acabamento interno na cor marrom ou beje equatotial, dando um visual esporte fino.

Volante de 4 raios espumado exclusivo da família Santana e utilizado no Passat GTS 1.8 Pointer ano 1988/1989.

Painel tradicional da família Santana, com conta-giros e toca fitas digital AM/FM.

Ar-condicionado.




Acabamento Interno – Monza SL/E 2.0 1988.

Painel completo, muito eficiente com diversos mostradores.

Volante exclusivo de 4 raios.

Direção Hidráulica.

Ar-condicionado – Opcional.

Travas e vidros elétricos.

Encosto de cabeça nos bancos dianteiros e traseiros.

Acabamento dos bancos e potas, em tecido aveludado exclusivo Chevrolet.

Rádio AM/FM.




Ficha Técnica – Santana GLS 2.0 1989.

Motor VW AP 2000.

Direção Hidráulica.

Oficialmente 99 CV, mas na pratica desenvolvia 115 CV de Força.

De 0 a 100 em 11,5 segundos.

Velocidade máxima – 175 KM/h.

Peso 1080 KG

Consumo Cidade 7,0 KM/L Estrada 9,0 Km/L.

Preço aproximado atualizado – R$ 145.000,00.




Ficha Técnica – Monza SL/E 2.0 1988.

Motor GM Família II – 2.0.

110 CV de força.

Carburador.

Câmbio 5 marchas.

De 0 a 100 em 11 segundos.

Velocidade máxima 170 KM/h.

Peso 1100 KG.

Consumo Cidade 7,4 Km/L Estrada 10 KM/L.





Motor Tudo – Comparativo – Monza SL/E 2.0 1988 X Santana GLS 2.0 1989.

Carros dos anos 80 – Carros Clássicos brasileiros.

Carros antigos

Astra GSi 2003, chega ao mercado a fera 2.0 16V, alcançando mais de 200 km/h Gol Quadrado GTi, em 1992 a montadora comemorou 12 anos da carroceria BX Puma GTE 1977 o primeiro grande pico de vendas da montadora Porsche 911 L, a versão comercializada na terra do Tio Sam em 1968 Fiorino 96, com motor 1.5, Zero km um colecionável que nunca foi emplacado Caminhonetes antigas Ford sucesso em eventos de carros antigos MP Lafer carros fora de série com o legitimo chassi MP Honda SUV ZR V 2024 preço ficha técnica e equipamentos Fusca 96 Itamar Série especial última edição da geração refrigerada a ar Carro para o dia a dia Vectra 4 portas 2.2 8V excelente relação custo benefício

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos