Volkswagen Santana CLi 1.8 4 P 1996 O Táxi da década de 1990

Compartilhe

A versão básica do Volkswagen Santana CLi 1.8 4 P 1996, se tronou uma verdadeira epidemia entre os taxistas, o motivo era preço, baixo, condições de pagamento e a falta de um concorrente.

O ultimo sobrevivente da batalha pela liderança nas vendas entre os médios de luxo que começou em 1981 com o Ford Del Rey, de olho no sucesso do modelo da Ford, em 1984 chega ao mercado o Chevrolet Monza sedã e o Volkswagen santana, durante 6 anos entre 1984 e 1990, os três modelos se revesaram na briga pelo posto de queridinho nacional.

Em 1991 sem receber uma atualização significativa em sua estrutura, a Ford descontinua seu modelo, e lança um filho bastardo, o FordWagen Versailles, que também durou pouco, a Chevrolet chegou a lançar a segunda geração do Monza o Tubarão, que no final de 1995 já como modelo 1996 também deixa de ser produzido, para dar lugar ao novo, moderno e caríssimo Vectra.

O modelo alemão acabou sobrevivendo a tantas idas e vindas, mesmo já não sendo um modelo atualizado para a segunda metade dos anos 90, a montadora alemão achou um espaço no mercado, e manteve o Santana vivo, a versão CLi 1.8 4 portas 1996, era um ágil, econômica, robusta e oferecia um conforto relativa, com um preço de carro de pequeno porte, e facilidades de pagamento para taxistas, aliada a ausência de uma concorrência boa e barata, como os já fora de mercado Del Rey e Monza, entre 1996 e 1998, houve uma verdadeira epidemia de Taxi VW Santana CLi 1.8 4 portas, em todos os aeroportos, rodoviárias e pontos de todas as cidades do Brasil.

As vendas só começaram a cair quando a Fiat iniciou as facilidades de vendas da Fiat Palio Weekend para taxistas em 1998.

Desempenho – Volkswagen Santana CLi 1.8 4 portas 1996

O motor AP estava muito bem adaptado a injeção monoponto em 1996, deixava o carro ágil e robusto, mesmo pesando uma tonelada fazia ótimos 12 segundos de 0 a 100, um número respeitável para um modelo de entrada.

O câmbio manual de 5 marchas era de engates macio e preciso, facilitando a vida no trânsito.

Com uma estrutura confiável, era bom de curvas de alta, e bastante estável em retas mesmo em velocidades acima de 140 km/h.

O ponto negativo ficava por conta da suspensão dianteira, com um motor muito valente, e uma frente leve, qualquer arranque descuidado ele cantava pneu e empinava.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.


Acabamento Externo

Carroceria sedã médio, 4 portas.

frente com faróis em conjunto único com as setas.

Para-choques envolventes pintados na cor do carro.

Roas de aço 185/65 R14, com calotas de plástico.

Retrovisor panorâmico, com controle mecânico interno.

Lanternas traseiras tricolor, bonitas e muito eficientes.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.


Acabamento interno e Instrumentos

Acabamento de bancos e portas em tecido plástico.

Encosto de cabeça apenas nos bancos dianteiros.

Painel moderno e de fácil visualização, com mostradores simples + relógio analógico.

Volante de 4 raios, espumado, estilo executivo.

Rádio toca fitas AM/FM digital.

Acionamento dos vidros e travas das 4 portas, manual.

Assoalho e porta-malas acarpetados.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Ficha Técnica – Volkswagen Santana CLi 1.8 4 Portas 1996

Motor VW AP 1.8 segunda geração Tuchos hidráulicos.

Tração dianteira.

Combustível Álcool.

Injeção monoponto.

Direção hidráulica.

Câmbio manual de 5 marchas.

Freios a disco ventilados nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras.

Peso 1100 KG.

Potência 96,9 CV na prática entregava 107 CV.

De 0 a 100 – 12 Segundos.

Velocidade máxima 177 KM/h.

Consumo Cidade 6,6 KM/L Estrada 9,6 KM/L.

Porta malas 363 Litros.

Carga útil 440.

Tanque de combustível 72 Litros.

Preço atualizado aproximado R$ 165.125,00. preço para pessoa física.

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária.


Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.

Imagens Reginaldo de campinas raridades.


Motor Tudo – Volkswagen Santana CLi 1.8 4 portas 1996.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Carros dos anos 90 – Carros Clássicos brasileiros.


Deixe um comentário