fbpx
Pular para o conteúdo

Volkswagen Gol GTS 1.8S 1992 a versão carburada do Gol quadrado

gol quadrado
Compartilhe

Volkswagen Gol GTS 1.8S 1992, a versão carburada do Gol quadrado: Ano em que o modelo recebeu catalizador, e deixou os fãs do esportivo da Volkswagen preocupados de como ficaria o desempenho.

Em 1992 as novas leis antipoluentes entraram em vigor, os carros passam a ser equipados com filtro catalizador posicionados dentro do silencioso do escapamento ou em um cilindro antes do silencioso.

Mas na prática a montadora resolveu o problema, e a versão carburada do VW Gol quadrado esportivo não perdeu desempenho, o mesmo ocorreu com a configuração injetada, também manteve o mesmo desempenho.

Mas boatos são boatos, para muitos, até os dias de hoje, os modelos Gol GTi e GTS até 1991 tinham um desempenho superior a geração pós catalizador, mas na prática isso nunca aconteceu.

A unidade da nossa matéria é um Gol GTS 1992 na cor vermelho colorado ,carro em bom estado de conservação, estrutura muito boa ,pintura ok ,mecânica toda revisada ,calçado com pneus novos ,interna no padrão ,carro muito conservado rodando perfeitamente documentação em dia e já entrega carro com placa de coleção.

Galeria de Fotos 1 – Imagens rrautosantigos.com.br

Oficialmente o Volkswagen Gol GTS vinha equipado com o motor a álcool AP 1800S de 99 cv e velocidade final real de 173 km/h ou a gasolina de 97 cv, com velocidade final real de 169 km/h.

Mas na prática ambos os motores, entregavam algo próximo de 110 cv de força, e velocidade final real, próxima ou superior a 180 km/h. O motivo era para driblar os estratosférico, impostos estaduais e federais sobre a potência do modelo.

Ficha Técnica – Volkswagen Gol GTS 1.8S 1992 a versão carburada do Gol quadrado

Carroceria – VW Hatch; Porte – Compacto; Portas – 2; Motor –  AP 1.8S; Cilindros – 4 em linha; Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina; Potência – 97 cv; Peso Torque – 65,0 kg/kgfm; Cilindrada – 1781 cm³; Torque máximo – 14 kgfm a 3600 rpm; Potência Máxima – 5600 rpm; Tração – Dianteira; Alimentação –  Carburador; Direção – Simples.

Câmbio – Manual de 5 velocidades com alavanca no assoalho; Embreagem – Monodisco a seco; Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras; Peso – 978 kg.

Suspensão dianteira – Independente, McPherson – Mola helicoidal; Suspensão traseira – Eixo torção – Mola helicoidal; Comprimento – 3849 mm; Distância entre-eixos – 2358 mm; Largura – 1601 mm; Altura – 1350 mm; Aceleração de 0 a 100 – 12 Segundos; Velocidade máxima – 167 km/h.

Consumo: Cidade 8 km/l – Estrada 12 km/l; Autonomia: Cidade 365 km – Estrada 580 km; Porta malas – 146 Litros; Carga útil – 390 kg; Tanque de combustível – 47 Litros.

Galeria de Fotos 2 – Imagens rrautosantigos.com.br

Motor Tudo somos todos um só, o maior e melhor conteúdo de carros clássicos e carros japoneses do Brasil. Notícias, Fichas Técnica, fotos e novidades do mercado.

carro antigamente
carro antigamente

Carros antigos

Fusca Oval, a geração CKD importada em parceria com a Brasmotor e a VW Gol GTS 87 o único ano com painel quadrado e um preço muito salgado Porsche 911 verde, o Carrera RS Clone 78, ganha motor 3.3, e novo sistema de alimentação Chevrolet Master 85, a geração JB de 1939 exportada para o Japão Vectra GSi, 2.0 16V SFi, alcançava 210 km/h e ainda fazia na cidade 10,6 km/l Fusca branco, capim e formiga é o que mais tem no Brasil, era um ditado da década de 1970 Caminhonete D10, a arma da GM para enfrentar o Ford F-1000 Elba carro – Chega ao Brasil o SW da família Uno, que tirou o sono dos SW Compacto VW e GM Fiat Oggi CSS 1.4 1984 conheça o Esportivo da Família 147 Vectra Elegance, em 2009 o médio de luxo da Chevrolet ainda causava frisson

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos