Vespa PX 200, a geração Lambretta da década de 1980

Compartilhe

O projeto original nasceu na Itália em 1947, e logo tomou conta dos principais países da Europa e Estados Unidos, inicialmente chamada de Lambretta Li, foi símbolo da geração de jovens das décadas de 1950 e 1960 no Brasil e no mundo, e na década de 1980 retorna a América do Sul como Vespa PX 200.

A montadora Piaggio sob a marca Vespa, retornou ao Brasil em 1974, os modelos eram montados pela empresa B. Forte na Zona Franca de Manaus. Já no início da década de 1980 uma parceria entre as empresas Caloi e Piaggio, nasce a Motovespa Brasil.

Durante a década de 1980, foi lançado no Brasil, na versão Vespa PX 200, cujo o garoto propaganda era o piloto Nelson Piquet, o modelo fez muito sucesso, um forte marketing nas novelas da Globo de “Anos dourados” em 1986 e “bambolê” em 1987 ajudaram as vendas alavancarem, entre os anos de 1986 e 1990 só da versão PX, foram emplacados pouco mais de 45.000 unidades.

O sucesso no meio da década de 1980, foi tão grande que a Motovespa, alcançou picos de vendas em solo brasileiro, muito próximo da segunda montadora de motos que mais empacava no país, a Yamaha.

Segue abaixo galeria de fotos Vespa px 200 1986

Deixe um comentário