Uno SX 1.3 1986 série especial

Compartilhe

O Uno SX 1.3 série especial, vinha com alguns acessórios a mais que a versão CS.

Entre os anos de 1985 e 1986 a Fiat lança uma série especial do pequeno hatch da família Fiat, o Uno SX 1.3, que trazia acessórios que o diferenciavam do restante da família.

  • Vidros elétricos de série.
  • Acabamento em vinil preto ao redor dos para-lamas.
  • Ar quente.
  • Faróis de neblina embutidos no para-choque dianteiro.
  • Calotas exclusivas da série especial.

1986 Foi um ano em que o Uno deu um salto bastante significativo em vendas em todo o Brasil, após os primeiros dois anos, onde o público ainda estava em fase de aceitação de toda a linha Uno e Prêmio, em virtude dos problemas de seus antecessores a família 147, finalmente nós brasileiros começamos a entender a qualidade e a importância da nova geração da Fiat, com a família Uno desde 1984.

Eu tive o prazer em 1987, de dirigir por quase 1 ano o Uno SX 1.3 1986, na ocasião eu já havia testado o Uno CS 1.3 1985, que me deslumbrou com seu desemprenho no trânsito.

A questão era a seguinte, quem adquirisse a linha Uno na época, tinha que entender que não era um carro para viajar ou andar diariamente com 5 adultos e um porta-malas cheio, o pequeno hatch da Fiat era um carro para a pequena família ou casal.

Na cidade o desempenho como já sitei era acima do esperado, o câmbio esticava bem as marchas, principalmente a terceira que chegava perto de 80 KM/h para realmente pedir a quarta.

Na estrada também tinha um ótimo desemprenho, leve e suave, muito diferente de seus antecessores da linha 147, que na estrada pareciam estar amarrados e com um ronco e uma vibração nada simpáticos.

O único problema do motor 1.3 do Uno era se estivesse na estrada a 100 KM/h ou mais e aparecesse uma subida muito ingrime, ele perdia potência imediatamente, diferente dos nacionais da época, como Corcel, Escort, linha Voyage e Parati e o próprio Chevette hatch, que mesmo perdendo um pouco de rendimento encaravam de frente as subidas.

O acabamento interno era o mesmo do Uno CS, a salvo os botões dos vidros elétricos e o logo SX estampado no painel.

Ficha Técnica.

Motor 1.3 Fiat.

Carburador.

Câmbio 5 marchas.

Potência 60 CV de força.

Peso 800 KG.

De 0 a 100 em 14 segundos.

Consumo Cidade 8,9 Estrada 12,5 KM/L.

Preço atualizado aproximado R$ 49.758,00.

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária.

Carros dos Anos 80.

10 comentários

  1. Daniel

    Me recordo do Fiat Uno SX, percussor do 1.5R de 1988. Claro que com motor 1.3 e rodas aro 13 não tinha nada de esportivo, mas chamou a atenção pelos detalhes visuais externos. O sucessor 1.5R e, a partir de 1990, 1.6R, fizeram muito sucesso.

  2. Sergio

    Era uma versão “esportiva” antes do 1.5R. fabricou em 85 e 86. Tinha painel e volante igual ao seu sucessor o 1.5R. Vinha com calotas exclusivas e carenagem de plástico nas caixas de rodas. Pneu 165/70/13. O motor era um 1.300 com carburação dupla (muito parecido com o carburador do escort xr3 inclusive podia trocar um pelo outro que funcionava perfeitamente).

  3. Carlos Eduarfo

    Tive um 86 mas o volante e o painel de insttumentos era diferente dos da foto.. e tinha relogio digital no teto e rodas em liga.

  4. Leandro Augusto

    Um carro incrível e fácil de manter. Possui um acabamento interessante para a epoca, pena ser uma versão pouco conhecida e pouco valorizada. Temos um na família que será reformado em breve para voltar ao esplendor de antigamente.

  5. Geraldo

    Parabéns pelo seu blog, de fácil leitura e bem ilustrado! O Uno SX é uma das séries menos conhecidas da Fiat, embora seja a base para o famoso 1.5 R…

Deixe uma resposta