fbpx
Pular para o conteúdo

TL frente alta 1971 e as primeiras grandes empresas de táxis

TL frente alta 1971
Compartilhe

TL frente alta 1971 e as primeiras grandes empresas de táxis que surgiram logo no início da década de 1970, no embalo do lançamento do bem sucedido projeto Volkswagen 1600, Zé do caixão, VW Variant e VW TL.

Na segunda metade da década de 1960, modelos como DKW Vemag e Volkswagen Sedan “Fusca”, dominavam o mercado de frotistas no país. Mas as empresas de táxis ainda eram pequenas, com números de carros bastante modestos, em média uma empresa trabalhava com 10 veículos.

As grandes empresas surgiram no início da década de 1970, e tiveram um enorme crescimento até 1979. A história foi muito bem retratada na novela Pecado Capital entre 1975 e 1976. Quando o personagem Carlão, interpretado por Francisco Cuoco, encontra no banco traseiro de seu Fusca, uma mala com milhões em dinheiro, esquecida por um assaltante de banco.

O personagem Carlão, utiliza o dinheiro para comprar uma frota de táxi, eram 30 veículos, 80% VW TL frente baixa 4 portas, o restante era dividido entre, VW TL 2 portas frente alta, VW Fusca, Zé do Caixão, VW Variant e Ford Corcel.

Na vida real entre 1970 e 1979, as empresas de táxis cresceram a olhos visto nos grandes centros do Brasil, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Belo Horizonte, cidades que lideraram o ranking de grandes empresas de táxis da época.

Em um país onde o transporte público não funcionava, e ainda não funciona, empresários com dinheiro no bolso criaram grandes empresas de transporte privado. O ramo de frota de táxi, era tão rentável, que os donos das empresas, criavam lojas de revendas de carros usados, para ganharem dinheiro com a venda de suas sucatas.

Após 3 ou 5 anos de uso, um veículo da década de 1970 que rodava 24h, de domingo a domingo na mão de diferentes motoristas, como o TL frente alta 1971. Já estaria praticamente em estado de sucata. O dono da empresa de táxi maquiava seus carros, com uma boa camada de pintura e pneus novos.

Os veículos já descartados das frotas, após serem reformados, ganhavam placa amarela e eram enviados para suas lojas. Onde eram vendidos a preços de veículo placa amarela, com valores de mercado para pessoa física, sem nenhum desconto.

Já durante a década de 1980, essas grandes empresas começaram a se fragmentar, motoristas funcionários, passaram a comprar seus próprios carros e a adquirirem licença placa vermelha e ter seu próprio negócio.

TL frente alta 1971

Ficha Técnica – TL frente alta – Ano 1971

Carroceria – VW Cupê; Porte – Compacto; Portas – 2; Motor – Volkswagen Boxer 1600; Cilindros – 4 opostos horizontalmente; Válvulas por cilindro – 2; Posição – Longitudinal; Combustível – Gasolina.

Potência – 65 cv; Peso Torque – 76,7 kg/kgfm; Cilindrada – 1584 cm³; Torque máximo –  ; Potência Máxima – 4600 rpm; Tração – Traseira; Alimentação –  Carburador; Direção – Simples; Câmbio – Manual de 4 velocidades com alavanca no assoalho.

Embreagem – Monodisco a seco; Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras; Peso – 920 kg; Suspensão dianteira – Independente, braço arrastado – Barra de torção; Suspensão traseira – Independente semi-eixo oscilantes – Barra de torção.

Comprimento – 4320 mm; Distância entre-eixos – 2450 mm; Largura – 1580 mm; Altura – 1430 mm; Aceleração de 0 a 100 – 20,9 Segundos; Velocidade máxima – 139 km/h; Consumo: Cidade 7 km/l – Estrada 9 km/l.

Autonomia: Cidade 280 km – Estrada 360 km; Porta malas – 140 Litros; Carga útil – Não informado; Tanque de combustível – 40 Litros; Valor atualizado Aproximado – R$ 88.990,00; Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

TL frente alta 1971
TL frente alta 1971

Carros antigos

Caminhonete D10, a arma da GM para enfrentar o Ford F-1000 Elba carro – Chega ao Brasil o SW da família Uno, que tirou o sono dos SW Compacto VW e GM Fiat Oggi CSS 1.4 1984 conheça o Esportivo da Família 147 Vectra Elegance, em 2009 o médio de luxo da Chevrolet ainda causava frisson Toyota Paseo, conheça o cupê compacto da montadora japonesa Corsa 99, a versão Super do popular mais confortável da década de 1990 Opala 6 caneco, a versão standard de 1979 customizada Saveiro 96, o fim da bem sucedida geração quadrada se aproximava Chrysler Neon 2000, o início do fim, do médio de elite, hoje um raro colecionável Vectra 97, nunca restaurado, a versão CD 16V, com teto solar e câmbio automático

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos