Opala Especial 4100 1972 uma versão de entrada com muito requinte

No início da década de 1970 a Chevrolet oferecia dois motores na versão de entrada do poderosos Opala, o 4100 de 140 CV e o 2.5 de 80 CV

O Chevrolet Opala Especial 4100 1972, era a segunda versão mais barata da montadora, as versões Luxo e Gran Luxo, eram as versões top de linha, voltadas ao púbico com maior poder aquisitivo, políticos, de médio e alto escalão e empresários bem sucedidos, a versão opala SS 4100, também era entregue como um modelo de alto custo, com um preço bastante salgado.

Em 1972 a única opção de modelo de médio porte era o Ford Corcel, para os brasileiros com um poder aquisitivo entre a classe média baixa e a classe alta, existia uma lacuna no mercado, ou você comprava um compacto VW refrigerado a ar, ou teria que optar pelo Corcel ou investir muito dinheiro em um modelo de alto custo, como os Dodges, Ford Galaxie ou as versões Top de linha da Chevrolet, mas o opala Especial 2.5 ou 4100 sem ar condicionado e direção hidráulica, era uma opção bastante viável.

O modelo aqui do post, um sedã 4 portas, mesmo sendo uma versão de entrada, tinha um visual todo executivo, impondo respeito e status para seu proprietário, se no início da década de 1970 se você tivesse um modelo especial em sua garagem, com certeza era um privilegiado.

Desempenho

O motor Chevrolet 4100 cód 250, em 1972 entregava bons 140 CV de força, atingindo velocidade final de 173 Km/h, bons números para o início da década, em um país atrasado e com pouco acesso a tecnologia.

A confiabilidade do conjunto, motor, câmbio e diferencial traseiro, também era um dos pontos forte do modelo.

Em relação aos modelos de grande porte da época, era o mais equilibrado, na relação potência e consumo, quanto na estabilidade do carro na estrada e na cidade.

Acabamento externo

Frente com faróis redondos embutidos, em uma armação de plástico cinza;

Setas dianteiras embutidas nos para – lamas;

Grade de ar dianteira com frisos cromados na horizontal;

Para – choques em aço carbono cromados;

Frisos metálicos contornando os para – lamas;

Logo “Especial” nos para – lamas dianteiros;

Retrovisores metálicos com ajuste manual;

Maçanetas cromadas;

Molduras das janelas cromadas;

Rodas de aço tradicionais família Chevrolet, com lindas calotas cônicas, cromadas;

Lanterna traseira em cor úncia, com moldura cromada;

Luz de ré abaixo do para – choque;

Logo “Chevrolet Opala” na parte traseira.

Acabamento interno

Painel em metal preto, com mostradores básicos, em escala circular;

Volante de dois raios;

Alavanca do câmbio de marchas na coluna de direção;

Acendedor de cigarros e cinzeiro embutido no painel;

Acionamento dos vidros manual basculante;

Porta e bancos com acabamento em vinil;

Assoalho e porta – malas acarpetados.

Ficha Técnica – Opala Especial 4100 1972

Carroceria sedã;

Porte Grande;

4 portas;

Motor Chevrolet Cód 250 – 4100;

Cilindros 6 em linha;

Longitudinal;

Tuchos Hidráulicos;

Tração traseira;

Combustível Gasolina;

Carburador;

Direção Simples;

Câmbio manual de 3 marchas;

Embreagem monodisco a seco;

Freios a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas  traseiras;

Peso 1100 KG;

Potência 140 CV;

Potência Máxima 4000 RPM;

De 0 a 100 – 13,5 Segundos;

Velocidade máxima 173 KM/h;

Consumo Consumo na Cidade 5 KM/L – Estrada 7,5 KM/L;

Porta malas 430 Litros;

Carga útil – não informado;

Tanque de combustível 55 Litros;

Preço atualizado R$ 132.125,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária.

Motor Tudo – Opala Especial 4100 1972

Carros Clássicos Brasil – Opala

Please follow and like us:

Deixe uma resposta