Kadett GSi 2.0 Conversível 1993 com painel digital, muito mais que um carro

Carros dos anos 90 Chevrolet Kadett

No início da década de 1990 o Kadett ainda era um dos sonhos de consumo nacional e a versão conversível com painel digital literalmente era para poucos

A Ford se consolidou no mercado dos conversíveis com o XR3 durante a década de 1980, mas a Chevrolet resolveu morder uma fatia desse mercado, com a chegada da versão Kadett GSi em novembro 1991, dois anos depois recebe novas cores metálicas já na versão Kadett GSi 2.0 conversível 1993.

Em 1991 o Kadett Conversível passa a ser o carro nacional mais caro, superando o Escort XR3 conversível, mesmo parte da montagem sendo executada na Itália, o modelo era considerado de produção brasileira, literalmente um carro para poucos, painel digital, mecânica eficiente e confiável, itens de luxo como Check Control, bancos Recaros e um visual muito esportivo, além de um alto custo de produção, transformaram o Kadett conversível acessível para poucos, um dos carros mais exclusivos do mercado.

Com a carroceria produzida na Itália pelo grupo Bertone, voltava para o Brasil onde eram instalados todo o conjunto do bloco e mecânica, era um nacional com cara de importado.

Em 1993 os comparativos do XR3 2.0 conversível e o Kadett Gsi 2.0 Conversível, mostraram que o modelo da Ford era 3 KM/h mais rápido em velocidade final, mas o modelo Chevrolett, ganhava em equilíbrio em curvas de alta e em retas em velocidades acima de 160 KM/h.

Desempenho

O motor Chevrolet 2.0 injetado, sem dúvida era um dos melhores do mercado, rápido, eficiente, confiável e com um torque muito suave.

O câmbio 5 marchas era de relações curtas, de engates rápidos, macios e precisos.

Na cidade entregava o desempenho de um verdadeiro esportivo, indo de 0 a 100 em 11,4 segundos, na estrada atingia a velocidade final de 183,3 KM/h reais.

O conjunto carroceria e bloco, tinha um peso muito bem distribuído mesmo para um conversível, eficiente em curvas de alta, e muito estável em retas em velocidades acima de 160 Km/h.

Acabamento Externo

Frente com faróis chanfrados, embutidos em um mesmo conjunto com as setas.

Pra – choques envolventes na cor do carro, com frisos preto no contorno.

Adesivo gravata Chevrolet no capô dianteiro.

Faróis de neblina embutido no para – choque dianteiro.

Retrovisores panorâmicos na cor do carro.

Capota em vinil preto.

Faixa adesiva lateral com o logo Kadett GSi 2.0.

Rodas de liga leve exclusivas, 185/65 R14.

Lanternas traseiras tricolor, tradicionais família Kadett.

Logo “GSi 2.0” na tampa do porta malas.

Luz de sinalização vermelha, no para – choque traseiro.

Acabamento interno

Painel digital, moderno e avançado para a época, com conta – giros e voltímetro.

Volante esportivo de três raios.

Check control, computador de bordo.

Ventilador de três velocidades.

Ar – quente.

Ar – condicionado.

Acendedor de cigarros e cinzeiro embutido no painel.

Rádio digital AM/FM toca – fitas Chevrolet.

Porta fitas K-7 no console do painel.

Ajuste elétrico dos retrovisores.

Vidros elétricos.

Trava elétrica.

Acabamento de bancos e portas em tecido aveludado, com risca de diversas cores, dando um ar todo esportivo.

Bancos Recaro, com encosto de cabeça vazado nos bancos dianteiros.

Banco traseiro rebatível.

Acabamento do assoalho e porta malas acarpetado.

Ficha Técnica – Kadett GSi 2.0 Conversível 1993

Carroceria Conversível;

Porte Médio;

Duas portas;

Motor GM Família II 2.0 i;

Cilindros 4 em linha;

Tuchos hidráulicos;

Transversal;

Tração dianteira;

Combustível gasolina;

Injeção Multiponto;

Direção Hidráulica;

Câmbio manual de 5 marchas;

Freios discos ventilados nas rodas dianteiras e sólido nas rodas traseiras;

Peso 1140 KG;

Potência 121 CV;

De 0 a 100 – 11,4 Segundos;

Velocidade máxima 183,3 KM/h;

Consumo Cidade 8,2 KM/L Estrada 11,4 KM/L;

Porta malas 390 Litros;

Carga útil Não Informado;

Tanque de combustível 65 Litros;

Preço atualizado aproximado Não Informado,

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária.

Motor Tudo – Kadett GSi 2.0 Conversível 1993

Carros Clássicos Brasil – Kadett

Kadett GSi 2.0 Conversível 1993 com painel digital, muito mais que um carro
5 (100%) 2 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *