fbpx
Pular para o conteúdo

Jeep Wrangler 1998, o descendente mais próximo do Willys JC

Compartilhe

Nunca foi reconhecido oficialmente como um descendente do Jeep Willys da segunda guerra, mas sempre foi uma evolução direta da geração de 1941. A nova geração chegou às ruas em 1986, e após 12 anos o Jeep Wrangler 1998 ainda trazia em seu visual lembranças de seu antecessor, e em seu DNA a mesma ideia Off Road indestrutível.

Anúncio

No final da década de 1970 com o fim da Willys Overland, e no início da década de 1982, com a Ford abandonando os direitos do Jeep JC, em 1986/87 a Chrysler, compra os direitos da AMC, detentora do projeto Jeep, e passa a produzir a nova geração. Nunca oficializou o parentesco com o utilitário militar da década de 1940, mas o Wrangler é conceitualmente consistente, com seus eixos sólidos e capota aberta, e foi oficialmente batizado de Jeep.

Acabou virando símbolo principal da marca e ganhando sua própria montadora “Jeep“, pertencente ao ao grupo Daimler, formado por Mercedes-Benz e Chrysler, hoje transferido par ao grupo Fiat Chrysler. A montadora chegou ao Brasil no início da década de 1990, na febre dos importados, mas o Wrangler, passou a ser oficialmente importado pela montadora em 1995/96.

A unidade da nossa matéria é um Jeep Wrangler 1998, na versão Sport 4.0 – 4X4, equipado com Airbags frontais, motor de 6 cilindros a gasolina, entregando 177 cv, torque máximo de 29,6 kgfm a 3600 rpm, velocidade final real de 170 km/h e aceleração de 0 a 100 em 9,4 segundos. quanto ao consumo na cidade fazia 5,8 km/l e na estrada 8 km/l.

Anúncio

Acabamento Externo

Faróis –  Redondos de lentes boleadas, embutidos com recuo;

Setas dianteiras – Posicionadas nos para-lamas;

Para – choques –  Em lâminas de aço carbono fixados no chassi;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – Em aço com frisos na vertical;

Retrovisores Externos– De haste única;

Frisos – Não;

Rodas – Rodas de liga-leva 255/75 R15;

Maçanetas – Embutidas na cor grafite;

Logo – “4.0 Jeep” estampado na lateral do para-lama dianteiro;

Lanterna Traseira – Tricolor com luz de ré;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostrador em escala circular;

Conta – giros –Sim;

Acabamento do painel – Em couro e vinil em tons cinza e grafite;

Volante – Com acabamento em couro de dois raios;

Sistema de som – Sim;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Sim;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Não;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Elétrico;

Sistema de travamento das portas – Elétrico;

Ajuste dos retrovisores externos – Manual;

Acabamento dos bancos – Em couro;

Acabamento das portas – Em couro;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Com cinto de segurança de três pontos para dois passageiros;

Encosto de cabeça – Para dois passageiros embutidos nos bancos dianteiros;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Não;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Jeep Wrangler 1998 – Na versão Sport 4.0 – 4X4

Carroceria – Jipe;

Porte – Médio;

Portas – 2;

Motor –  4.0;

Cilindros – 6 em linha;

Válvulas por cilindro – 2;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 177 cv;

Peso Torque – 53,0 kg/kgfm;

Cilindrada – 3964 cm³;

Torque máximo – 29,6 kgfm a 3600 rpm;

Potência Máxima – 4600 rpm;

Tração – Integral temporária;

Alimentação – Injeção multiponto;

Direção – Hidráulica;

Câmbio – Automático de 3 marchas com alavanca no assoalho;

Embreagem – Conversor de torque;

Freios – Freios ABS – Disco ventilado nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 1570 kg;

Suspensão dianteira – Eixo rígido – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Eixo rígido – Mola helicoidal;

Comprimento – 3883 mm;

Distância entre-eixos – 2373 mm;

Largura – 1693 mm;

Altura – 1767 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 9,4 Segundos;

Velocidade máxima – 170 km/h;

Consumo: Cidade 5,8 km/l – Estrada 8 km/l;

Autonomia: Cidade 418 km – Estrada 576 km;

Porta malas – 320 Litros;

Carga útil – 405 kg;

Tanque de combustível – 72 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 415.000,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Carros antigos

Abrir bate-papo
Olá 👋
Seja bem vindo

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos