fbpx
Pular para o conteúdo

Hilux antiga, desembarcou no Brasil na febre dos importados e chegou para ficar

Compartilhe

A Hilux antiga da nossa matéria, é do ano de 1999, já na segunda reestilização em solo brasileiro, ganhou novo visual nova suspensão dando ar mais robusto. Mas realmente o que fez o modelo ganhar a simpatia e a confiança do brasileiro, foi a relação potência X consumo, além de ter uma mecânica confiável.

Anúncio

Outro atrativo foi o preço, a unidade zero km, custava menos que os chamados nacionais. As versões 4X4 a Diesel do Chevrolet S-10 e Ford Ranger, na configuração Diesel eram apenas com motor Turbo, com um preço bem salgado. Já o modelo japonês era disponibilizado com opção a Diesel com aspiração natural.

Junto com a segunda reestilização em 1998, a montadora desembarca no Brasil o modelo, SW4, que entrou em grande estilo na batalha dos SUV’S de luxo, inicialmente com motor 3.4 a gasolina. Na configuração picape entre os anos de 1994 e 1999, o principal nicho da montadora era o público cnpj, empresas de construção civil, industrias e serviços públicos. Apenas a partir dos início dos anos 2000, quando a picape ganhou um visual mais esportivo., passou a atender um leque muito maior do público pessoa física.

Os exemplares da década de 1990, hoje são colecionáveis bastante valorizados. Ainda em estado de zero km ou que passou por um processo de restauração classe “A”, podem passar fácil dos R$ 1000.000,00. Já uma unidade em boas condições de uso, para rodar no dia a dia, o preço pode variar entre R$ 40.000,00 e R$ 65.000,00.

Anúncio

A picape da matéria Hilux antiga, é do ano de 1999, na versão CD SR5 4×4 Diesel, na cor prata mica metálico. Equipado com o motor 2.8 de 78 cv, torque máximo de 17,7 kgfm a 2000 rpm, velocidade final real de 133 km/h e aceleração de 0 a 100 em 25,5 segundos. Quanto ao consumo, na cidade 7 km/l na cidade 11 km/l.

Acabamento Externo

Faróis –  De lentes planas, embutidos com recuo.

Setas dianteiras – Embutidas no mesmo conjunto dos faróis;

Para – choques –  Envolventes cromados e grafite;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – De plástico, com moldura cromada;

Retrovisor Externo – Panorâmico na cor da carroceria, com ajuste elétrico interno;

Frisos – Não;

Rodas – De liga leve, 215/80 R16;

Maçanetas – Embutidas na porta na cor grafite;

Logo – “Toyota” na tampa da carroceria;

Lanterna Traseira – Tricolor com luz de ré;

Bagageiro – ;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com diversos mostradores em escala circular;

Conta – giros – Sim;

Acabamento do painel – Em vinil nas cores cinza e grafite;

Volante – Espumado de 3 raios;

Sistema de som – Sim;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Sim;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Sim;

Relógio – Opcional;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Elétrico nas 4 portas;

Sistema de travamento das portas – Elétrico central;

Ajuste dos retrovisores externos – Elétrico;

Acabamento dos bancos – Em tecido;

Acabamento das portas – Em vinil e tecido;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Sim;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Para dois passageiros;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Hilux antiga – Ano 1999 – Versão – CD SR5 4×4 Diesel

Carroceria – Toyota Picape CD;

Porte – Médio;

Portas – 4;

Motor –  2.8;

Cilindros – 4 em linha;

Posição – Longitudinal;

Peso Torque – 97,5 kg/kgfm;

Tração – Integral temporária;

Combustível – Diesel;

Alimentação –  Injeção Direta;

Direção – Hidráulica;

Câmbio – Manual de 5 velocidades, com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freios ABS a disco ventilado nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 1725 kg;

Comprimento – 4850 mm;

Distância entre-eixos – 2860 mm;

Largura – 1690 mm;

Altura – 1805 mm;

Potência – 78 cv;

Cilindrada – 2779 cm³;

Torque máximo – 17,7 kgfm a 2000 rpm;

Potência Máxima – 3800 RPM;

Aceleração de 0 a 100 – 25,5 Segundos;

Velocidade máxima – 133 km/h;

Consumo: Cidade 7 km/l – Estrada 11 km/l;

Autonomia: Cidade 455 km – Estrada 715 km;

Caçamba – 776 Litros;

Carga útil – 1000 kg;

Tanque de combustível – 65 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 185.205,00.

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Carros antigos

Abrir bate-papo
Olá 👋
Seja bem vindo

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos