fbpx
Pular para o conteúdo

Gordini 1964 aparece com mais frequência e vira moeda de troca

Gordini 1964
Compartilhe

Gordini 1964, o compacto franco-brasileiro vem aparece com mais frequência nos pátios de colecionadores e revendedores de carros clássico. Um dos modelos mais raros e valorizados dentro do segmento.

O Renault Willys Gordini / Dauphine, sempre foi um veículo que pouco apareceu para vendas ou troca no mercado de carro antigo. Mas nos últimos 24 meses, ficou mais comum unidades sendo comercializadas.

O motivo é a crescente valorização, que fez o compacto franco-brasileiro virar moeda de troca. Mesmo para os apaixonados pelo modelo, chega a hora de trocar de brinquedo. Então vender ou oferecer seu valorizado Gordini em troca de outro colecionável se tornou um interessante negócio.

Até o final do primeiro semestre de 2022, um exemplar pronto para fazer parte de um acervo, o preço em média variava entre R$ 65.000,00 e R$ 80.000,00. Hoje já passa fácil dos R$ 100.000,00.

O projeto Gordini, foi desenvolvido no setor esportivo da montadora na França, que levava o nome de seu idealizador, Amédée Gordini. Para o Brasil foi adaptado para as condições econômica de um país de terceiro mundo.

O exemplar da matéria o Renault Willys Gordini, do ano de 1964, na cor azul Jamaica. Equipado com o motor Ventoux / Billancourt de 40 cv, torque máximo de 6,3 kgfm a 3800 rpm. Velocidade final real de 132 km/h e aceleração de 0 a 100 em 22 segundos. Quanto ao consumo na cidade fazia uma média de 14,5 km/l e na estrada 17 km/l.

Acabamento Externo

Faróis – Redondos de lentes boleadas;

Setas dianteiras – Posicionadas abaixo dos faróis;

Para – choques –  Em lâminas de aço carbono cromados;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – Entrada de ar forçada abaixo da tampa do motor;

Retrovisores Externos– Com haste cromado;

Frisos – Metálico em toda a extensão lateral;

Rodas – Rodas de aço com calotas cromadas tradicionais da família Gordini;

Maçanetas – cromadas;

Logo – Brasão “Renault Willys Brasil” no capô dianteiro;

Lanterna Traseira – Em cor única;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores básicos em escala horizontal;

Conta – giros – Não;

Acabamento do painel – Em aço na cor grafite;

Volante – De dois raios;

Sistema de som – N/D;

Ventilador – N/D;

Ar – condicionado – Não;

Ar –  quente – N/D;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Não;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Manual;

Acabamento dos bancos – Em Courvin;

Acabamento das portas – Em Courvin na mesma cor dos bancos;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Não;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Não;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Com tecido em feltro;

Ficha Técnica – Gordini 1964

Carroceria – Renault Sedã;

Porte – Compacto;

Portas – 4;

Motor –  Ventoux / Billancourt;

Cilindros – 4 em linha;

Válvulas por cilindro – 2;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 42 cv;

Peso Torque – N/D kg/kgfm;

Cilindrada – 845 cm³;

Torque máximo – 6,3 kgfm a 3800 rpm;

Potência Máxima – 5800 rpm;

Tração – Traseira;

Alimentação –  Carburador corpo duplo;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 4 velocidades com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a tambor nas 4 rodas;

Peso – 780 kg;

Suspensão dianteira – Independente, braços sobrepostos;

Suspensão traseira – Independente semi-eixo oscilante;

Comprimento – 3985 mm;

Distância entre-eixos – 2270 mm;

Largura – 1520 mm;

Altura – 1440 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 22 Segundos;

Velocidade máxima – 135 km/h;

Consumo: Cidade 14,5 km/l – Estrada 17 km/l;

Autonomia: Cidade N/D km – Estrada N/D km;

Porta malas – N/D Litros;

Carga útil – Não informado;

Tanque de combustível – 32 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 74.145,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Gordini 1964
Gordini 1964

Carros antigos

Astra GSi 2003, chega ao mercado a fera 2.0 16V, alcançando mais de 200 km/h Gol Quadrado GTi, em 1992 a montadora comemorou 12 anos da carroceria BX Puma GTE 1977 o primeiro grande pico de vendas da montadora Porsche 911 L, a versão comercializada na terra do Tio Sam em 1968 Fiorino 96, com motor 1.5, Zero km um colecionável que nunca foi emplacado Caminhonetes antigas Ford sucesso em eventos de carros antigos MP Lafer carros fora de série com o legitimo chassi MP Honda SUV ZR V 2024 preço ficha técnica e equipamentos Fusca 96 Itamar Série especial última edição da geração refrigerada a ar Carro para o dia a dia Vectra 4 portas 2.2 8V excelente relação custo benefício

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos