fbpx
Pular para o conteúdo

Gol Série Ouro, conheça a versão comemorativa das olimpíadas de Sydney

gol série ouro
Compartilhe

O Gol Série Ouro, foi uma das primeiras versões limitadas da terceira geração do compacto da Volkswagen, um homenagem as Olimpíadas de Sydney na Austrália. O modelo era oferecido em duas configurações, na carroceria 2 ou 4 portas, mas com apenas uma opção de propulsor, o EA111 1.0 16V aspirado a gasolina.

A ideia inicial era produzir um número limitado até o final de 2000, quando se encerrou as olimpíadas em 1 de outubro, mas com as vendas em alta, a montadora decidiu estender a produção até 2001. A Série Ouro, entregava cores metálicas, a cor dourado, que faz todo o sentido, e também o prata, mas com o sucesso das vendas, outras cores acabaram sendo disponibilizadas.

Quanto aos equipamentos e adereços, a intenção era dar um ar mais jovem e esportivo, mas o visual acabou ficando muito próximo das versões intermediárias. De série entregava, ar-condicionado, direção hidráulica, vidros verdes escurecidos, antena no teto e aerofólio traseiro com break-light. Possui console central integrado com extensão traseira, porta-copos e porta teco e acelerador eletrônico. Além dos adereços como o logo “Ouro” na tampa do porta malas e nas laterais.

No ano 2000 o Volkswagen Gol, completava 13 anos de liderança, como o carro mais emplacado do Brasil, no mesmo ano vendeu 255.750 unidades, 2001, bate novo recorde emplaca em todas as versões 265.898 exemplares. Entre os anos de 2002 e 2006 as vendas caíram, mas se manteve na liderança. Apenas em 2009 voltou a bater outro recorde com 303.014 carros vendidos.

O Exemplar da nossa matéria é um Gol Série Ouro 2001, equipado com o motor EA111 1.0 16V aspirado, a gasolina, entregando 70 cv, com torque máximo de 9,4 kgfm a 4500 rpm, velocidade final real de 160 km/h e aceleração de 0 a 100 em 14,4 segundos. Quanto ao consumo, na cidade fazia em média 10,8 km/l e na estrada 15,4 km/l.

Acabamento Externo

Faróis –  De lentes planas, retangulares levemente chanfrados nas extremidades;

Setas dianteiras – Embutidas no mesmo conjunto dos faróis;

Para – choques –  Envolventes na cor da carroceria;

Faróis de neblina – Não – Mas possui luzes de longo alcance no mesmo conjunto de lentes dos faróis;

Grade de ar do motor – Com frisos na horizontal na cor da carroceria;

Retrovisores Externos – Panorâmicos com ajuste mecânico interno;

Frisos – Não;

Rodas – 185/60 R14;

Maçanetas – Na cor grafite;

Logo – “Série Ouro”, Na tampa do porta – malas;

Lanterna Traseira – Bicolor, tradicionais da família Gol G3;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Sim;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores em escala circular;

Conta – giros – Sim;

Acabamento do painel – Em vinil em tons grafite;

Volante – Espumado de três raios;

Sistema de som – Não;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Sim;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Digital;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante nas 4 portas;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Interno mecânico;

Acabamento dos bancos – Em tecido plástico;

Acabamento das portas – Em vinil e tecido;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Rebatível e com cinto de segurança de três pontos para dois passageiros;

Encosto de cabeça – Para dois passageiros com regulagem de altura nos bancos dianteiros;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Gol Série Ouro

Carroceria – VW Hatch;

Porte – Compacto;

Portas – 4;

Motor – EA111 1.0;

Cilindros – 4 em linha;

Válvulas por cilindro – 4;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 70 cv;

Peso Torque – 104,3 kg/kgfm;

Cilindrada – 999 cm³;

Torque máximo – 9,4 kgfm a 4500 rpm;

Potência Máxima – 5750 rpm;

Tração – Dianteira;

Alimentação – Injeção Multiponto;

Direção – Hidráulica;

Câmbio – Manual de 5 velocidades com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco ventilado nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 980 kg;

Suspensão dianteira – Independente, McPherson – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Eixo torção – Mola helicoidal;

Comprimento – 3916 mm;

Distância entre-eixos – 2468 mm;

Largura – 1621 mm;

Altura – 1415 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 14,4 Segundos;

Velocidade máxima – 160 km/h;

Consumo: Cidade 10,8 km/l – Estrada 15,4 km/l;

Autonomia: Cidade 551 km – Estrada 785 km;

Porta malas – 285 Litros;

Carga útil – 380 litros;

Tanque de combustível – 51 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 89.990,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Fiat Ibiza
Gol Série Ouro

Carros antigos

Caminhonete D10, a arma da GM para enfrentar o Ford F-1000 Elba carro – Chega ao Brasil o SW da família Uno, que tirou o sono dos SW Compacto VW e GM Fiat Oggi CSS 1.4 1984 conheça o Esportivo da Família 147 Vectra Elegance, em 2009 o médio de luxo da Chevrolet ainda causava frisson Toyota Paseo, conheça o cupê compacto da montadora japonesa Corsa 99, a versão Super do popular mais confortável da década de 1990 Opala 6 caneco, a versão standard de 1979 customizada Saveiro 96, o fim da bem sucedida geração quadrada se aproximava Chrysler Neon 2000, o início do fim, do médio de elite, hoje um raro colecionável Vectra 97, nunca restaurado, a versão CD 16V, com teto solar e câmbio automático

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos