Fusca 1500 1973 O mais desejado

Fusca Volkswagen

Entre 1970 e 1975 ele foi produzido, o famoso Fuscão, mas em 1973 teve seu pico de vendas, e era o nacional compacto mais emplacado

A montadora VW teve enormes picos de vendas do besouro na década de 1960, visando que muitos proprietários levavam de 3 a 7 anos para trocar de carro, lançou uma versão mais requintada e potente, ao chegar em uma concessionária com seu modelo 1300 usado, o proprietário investia uma quantia a mais e saia da loja com um modelo Zero Km e mais potente, o Fusca 1500 1973, teve seu auge de unidades emplacadas como Fuscão no mesmo ano.

Outra projeção positiva que a montadora fez, foi focar o público jovem, no final da década de 1960 e início da década de 1970, nascia uma nova geração de profissionais no Brasil, jovens engenheiros, médicos, profissionais liberais, e operários bem sucedidos de metalúrgicas e petroquímicas, muitos com dinheiro no bolso para comprar um compacto novo, mas que queriam um algo a mais, o Fuscão veio na medida certa.

Desempenho

O motor VW boxer 1500, entregava bons 52 CV de força, atingindo velocidade final de 125 KM/h, que para um modelo refrigerado a ar era um grane feito, a mecânica descomplicada e de custo baixo também era uma atrativo da época, como se dizia na década de 1970 “Para um VW a ar, qualquer alicate é ferramente e qualquer arame é peça”.

Mesmo com mais potência o consumo na estrada ficava na média de 10 Km/l, com um tanque de 41 litros, ele tinha na estrada uma autonomia de 410 KM.

Na cidade era o mais ágil da família VW refrigerada a ar, ficando atrás apenas do super Fusca 1600.

O conjunto carroceria, chassis e suspensão oferecia um equilíbrio a altura dos modelos da década de 1960, modesto em curvas de alta, e em retas tinha leves oscilações e vibrações.

Acabamento Externo

Frente com faróis redondos de lentes planas, embutidos em moldura cromada;

Setas dianteiras sobre os para – lamas;

Para – choques em lâminas de aço carbono, cromados;

Rodas de aço tradicionais família Fusca, com lindas calotas cromadas;

Retrovisor cromado estilo raquete;

Maçanetas cromadas;

Lanternas traseiras tricolor com Luz de ré, estilo Fuscão;

Cantoneiras cromadas, no rodapé dos para – lamas;

Grande logo “1500” na tampa do motor;

Acabamento Interno

Painel com acabamento em imitação de madeira jacarandá, com mostradores básicos;

Volante de plástico, imitação de marfim, com aro cromado para acionamento da buzina, e o brasão Wolfsburg ao centro;

Acendedor de cigarros e cinzeiro embutido no painel;

Ar – quente – apenas em modelos mais específicos;

Rádio AM – Volkswagen;

Acabamento de portas em vinil;

Acabamento dos bancos em tecido em vinil;

Cinzeiros cromados na lateral dos bancos traseiros.

Assoalho e porta malas emborrachados.

Ficha Técnica – Fusca 1500 1973

Carroceria VW – Azul Niagra;

Porte Compacto;

2 portas;

Motor VW Boxer 1500 refrigerado a ar;

Cilindros 4 opostos;

Longitudinal;

Tuchos Mecânicos;

Tração Traseira;

Combustível Gasolina;

Carburador;

Direção Simples;

Câmbio manual de 4 marchas;

Embreagem monodisco a seco;

Freios a tambor nas quatro rodas;

Peso 820 KG;

Potência 52 CV;

10,3 kgfm a 2600 rpm;

Potência Máxima 4200 RPM;

De 0 a 100 – 23,1 Segundos;

Velocidade máxima 125 KM/h;

Consumo Consumo na Cidade 6 KM/L – Estrada 10 KM/L;

Autonomia 246 KM na Cidade – 410 Km Na estrada;

Porta malas 141 Litros;

Carga útil Não informado;

Tanque de combustível 41 Litros;

Motor Tudo – Fusca 1500 1973

Carros Clássicos Brasil – Fusca

Rate this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *