Fiat Tempra 2.0 16V o primeiro multiválvulas do Brasil

Compartilhe

Como dizia a música do grupo Raimundos, “complicada e perfeitinha”, esse era o melhor adjetivo para a mecânica do Tempra 16V no início da década de 1990

Ele chegou ao Brasil e logo de cara abalou corações, com um visual atraente e inovador, aliado a um ótimo desempenho. Mas o grande salto tecnológico da montadora, chegou com a versão Fiat Tempra 2.0 16V 1993, com injeção multiponto sequencial, atingindo 192 km/h de velocidade final e aceleração de 0 a 100 em 10,2 segundos, um número bastante significativo para um médio de luxo, produzido em solo brasileiro.

O grande problema do modelo, era a nova tecnologia que a Fiat colocava no mercado, um novo motor, com condições eletrônicas e mecânicas, pouco conhecidas por aqui.

Oficinas mecânicas em geral e até algumas concessionárias, não estavam preparados para orientar os proprietários quanto as manutenções preventivas e corretivas. Poucos profissionais qualificados e a falta de equipamentos para suporte, deixaram o Tempra 2.0 16V com fama de eficiente, mas com uma manutenção complicada.

Verdade ou mentira. Para alguns, os modelos Fiat 16V, queimaram o mercado dos multiválvulas no Brasil, mas para outros, era apenas uma tecnologia nova, que exigia mais atenção de proprietários e mecânicos.

Desempenho

Na prática o motor entregava força e agilidade, com muito equilíbrio, surpreendendo o mercado dos carros de médio porte no Brasil.

Na cidade ficava entre os carros nacionais mais ágeis, indo de 0 a 100 m ótimos 10,2 segundos.

Na estrada o motor Fiat 2.0 16V, era muito seguro em ultrapassagens, eficiente em retomadas, e com uma ótima velocidade de cruzeiro, se mantendo a 160 km/h sem oscilações por longos períodos.

O ponto negativo, como já citei em outras matérias, ficava para o chamado efeito flutuante, o peso do conjunto carroceria e chassis / bloco, era mal distribuído, deixando a traseira muito leve, causando desequilíbrio em retas em velocidades acima de 180 km/h, e em curvas de alta.

Acabamento Externo

Frente com faróis chanfrados, de lentes planas, levemente inclinadas, embutidos em um mesmo conjunto com as setas.

Grade de ar com frisos na horizontal, pintados na cor do carro, e o logo Fiat ao centro.

Para – choques envolventes, bicolor, preto e na cor do carro.

Friso lateral emborrachado com o logo “2.0 16V”.

Retrovisores com capa na cor do carro e ajuste elétrico.

Maçanetas de plástico na cor do carro.

Rodas de liga – leve 195/60 R14.

Lanternas traseiras tricolor.

Logo “Tempra 16V” na tampa do porta malas.

Saída do escapamento cromada.

Acabamento Interno

Painel moderno e eficiente, com mostradores em escala em meiam lua, botões de fácil acesso para o motorista, + conta – giros e check control.

volante de 4 raios, espumado, estilo executivo.

Ventilador de três velocidade.

Ar – quente.

Ar – condicionado.

Acendedor de cigarros.

Cinzeiro.

Luz de leitura para os bancos dianteiros.

Relógio digital no teto.

Travamento central das portas.

Vidros elétricos nas quatro portas.

Ajuste elétrico dos retrovisores.

Luzes de segurança nos puxadores das 4 portas.

Acabamento de bancos e portas, em fino tecido aveludado.

Apoio para o braço nos bancos dianteiros e traseiro.

Apoio de cabeça para 4 passageiros.

Piso e porta malas acarpetados.

Ficha Técnica – Fiat Tempra Ouro 2.0 16V 1993

Carroceria Sedã.

Porte médio.

4 portas.

Motor 2.0 16V.

Cilindros 4 em linha.

Válvulas por cilindro – 4.

Transversal.

Tuchos hidráulicos.

Tração dianteira.

Combustível Gasolina.

Injeção Multiponto.

Direção Hidráulica.

Câmbio manual de 5 marchas.

Freios a disco ventilado nas rodas dianteiras e sólido nas rodas traseiras.

Peso 1270 kg.

Potência 127 cv.

De 0 a 100 – 10,2 segundos.

Velocidade máxima 192 km/h.

Consumo Cidade 8,8 km/l Estrada 12,9 km/l.

Porta malas 413 Litros.

Carga útil 400 kg.

Tanque de combustível 70 Litros.

Valor atualizado Aproximado – R$ 137.990,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Carros Clássicos Brasil – Tempra

Deixe uma resposta