Fiat Marea Turbo, a fera de 182 cv e mais de 200 km/h

Compartilhe

O sedan médio da montadora italiana desembarcou no Brasil em 1998, e no ano seguinte nasce a versão Fiat Marea Turbo, com um acabamento interno impecável; volante com ajuste de som, bancos em couro, computador de bordo e um painel muito bem desenhado, moderno e de fácil visualização dos instrumentos.

A pesar de ser a versão esportiva do médio da Fiat, o visual externo estava mais para um carro de luxo. Faróis com mascara negra, lanternas traseiras fumê, rodas de liga-leve 195/60 R15. Quanto ao desempenho o modelo mostrava que dentro do segmento era um dos mais rápidos e eficientes, alcançando 223 km/h e aceleração de 0 a 100 em 7,9 segundos.

O preço do exemplar zero km assim como as manutenções preventivas e corretivas em 1999, também estavam acima da média, com valores muito próximos de marcas de elite como Audi A3. Um modelo de alto custo, NÃO era um carro de custo intermediário ou baixo feito para a classe trabalhadora. Mas muitos aventureiros ou até irresponsáveis, que mal tinham dinheiro para comprar e manter as manutenções de um Uno zero Km, não se informavam sobre a complexidade e dos custos para manter o Marea.

Se aventuravam em uma unidade seminova. O resultado eram muitos proprietários com o carro na garagem sem dinheiro para as manutenções preventivas e corretivas, e para justificar sua burrice, criavam uma gigantesca lista de defeitos do projeto do carro.

A unidade da nossa matéria é um Fiat Marea Turbo, do ano de 1999, equipado com o motor Pratola Serra 2.0 de 5 cilindros e 20 válvulas, torque máximo de 27 kgfm a 2750 rpm, velocidade final real de 223 km/h e aceleração de 0 a 100 em 7,9 segundos. Quanto ao consumo, na cidade fazia 8,8 km/l e na estrada 13,3 km/l.

Acabamento Externo

Faróis –  Conjunto de lentes, muito bem desenhados, e eficientes, abrigando também luzes de longo alcance.

Setas dianteiras – Embutidas no mesmo conjunto de lentes dos faróis;

Para – choques –  Envolventes na cor da carroceria, com friso emborrachado e largas entradas de ar na parte inferior;

Faróis de neblina – Sim;

Grade de ar do motor – Discretamente embutida abaixo do capô e na parte inferior do para-choque;

Retrovisor Externo – Panorâmico pintado na cor da carroceria, com ajuste elétrico interno;

Frisos – Emborrachado em toda a extensão lateral;

Rodas – De liga leve, 195/60 R15;

Maçanetas – Na cor da carroceria;

Logo – “Marea HLX” na tampa do porta – malas;

Lanterna Traseira – Fumê com luz de ré;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Sim;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores em escala de 180° + computador de bordo;

Conta – giros – Sim;

Acabamento do painel – Em vinil e Courvin na cor grafite;

Volante – Espumado de 4 raios estilo executivo, com acabamento em couro e ajuste de som;

Sistema de som – Radio digital CD Player;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Sim;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Sim;

Relógio – Digital;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Elétrico nas quatro portas;

Sistema de travamento das portas – Elétrico central;

Ajuste dos retrovisores externos – Elétrico;

Acabamento dos bancos – Em couro;

Acabamento das portas – Em vinil e couro;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Com cinto de segurança de três pontos e encosto de cabeça, para três passageiros;

Encosto de cabeça – Para cinco passageiros;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Fiat Marea Turbo – Do ano de 1999

Carroceria – Fiat Sedã;

Porte – Médio;

Portas – 4;

Motor –  Pratola Serra 2.0;

Cilindros – 5 em linha;

Válvulas por cilindro – 4;

Posição – Transversal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 182 cv;

Peso Torque – 48,5 kg/kgfm;

Cilindrada – 1997 cm³;

Torque máximo – 27 kgfm a 2750 rpm;

Potência Máxima – 6000 rpm;

Tração – Dianteira;

Alimentação –  Injeção Multiponto;

Direção – Hidráulica;

Câmbio – Manual de 5 marchas com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio ABS a disco ventilado nas rodas dianteiras e sólido nas rodas traseiras;

Peso – 1310 kg;

Suspensão dianteira – Independente, McPherson – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Independente, braços arrastado – Mola helicoidal;

Comprimento – 4393 mm;

Distância entre-eixos – 2540 mm;

Largura – 1741 mm;

Altura – 1450 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 7,9 Segundos;

Velocidade máxima – 223 km/h;

Consumo: Cidade 8,8 km/l – Estrada 13,3 km/l;

Autonomia: Cidade 554 km – Estrada 838 km;

Porta malas – 430 Litros;

Carga útil – 480 kg;

Tanque de combustível – 63 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 245.990,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Deixe um comentário