fbpx
Pular para o conteúdo

Carro de luxo antigo, a batalha do Opala contra os modelos Ford e Dodge V8 está de volta

Carro de luxo antigo
Compartilhe

Carro de luxo antigo, a batalha do Opala contra os modelos Ford V8 e 6 cilindros e Dodge V8 está de volta. Mas agora no século 21, o gigante de luxo da Chevrolet, volta a travar uma batalha contra, Ford Galaxie/Landau, Ford Maverick e a família V8 Dodge, no segmento de carros antigos.

Anúncio

A grande batalha que protagonizaram os Muscles Cars em terras brasileiras, entre o final da década de 1960 e até o final dos anos 1980, está de volta. Ford Mavrick, Ford Galaxie/Landau, A família Dodge V8 e toda a linha Opala, disputam o posto de maior destaque no segmento dos carros clássicos.

O Opala se destaca por ter sido o modelo produzido por mais tempo, consequentemente passa a ter o maior número de unidades disponível no mercado de carros antigos. O Ford Galaxie/Landau vem em seguida.

Os modelos mais raros ficam por conta da família Dodge, que apesar de ter ficado em produção por quase 12 anos, tiveram o número de unidades emplacadas mais modesto que de seus concorrentes.

Anúncio

O Ford Maverick também teve vida curta, apenas 6 anos de produção e um número relativamente modesto de unidades emplacadas, e a cada ano vem aparecendo menos nos pátios de colecionadores.

E quanto ao preço, como fica cada modelo no mercado dos colecionáveis? Na prática o valor não é influenciado pelo modelo ou número de unidades produzidas. Os colecionadores levam em conta a raridade, o estado de conservação e a porcentagem de originalidade que cada modelo oferece.

O exemplar da nossa matéria nunca passou por nenhum processo de restauração ainda mantem os 100% de originalidade, acaba se encaixando no topo da hierarquia dos colecionáveis de alto custo produzidos em solo brasileiro.

O exemplar da nossa matéria Carro de luxo antigo é um Diplomata GM, do ano de 1991, na cor Prata Niquel. Equipado com o motor 4.1 de 6 cilindros, 121 cv líquidos a gasolina, torque máximo de 29 kgfm a 2000 rpm, velocidade final real de 169 km/h e aceleração de 0 a 100 em 12 segundos. Quanto ao consumo 7 km/l na cidade e na estrada 9,5 km/l.

Acabamento Externo

Faróis – Trapezoidais de lentes planas;

Setas dianteiras – Embutidas no mesmo conjunto dos faróis;

Para – choques –  Envolventes na cor da carroceria;

Faróis de neblina – Não – Utiliza luz de longo alcance embutido no conjunto de lentes do farol;

Grade de ar do motor – Com frisos na horizontal na cor da carroceria;

Retrovisores Externos – Panorâmicos pintados na cor da carroceria;

Frisos – Largo friso lateral com o logo “Diplomata SE”;

Rodas – De de liga-leve 195/65R15;

Maçanetas – Embutidas nas portas;

Logo – “41./S”, na tampa do porta-malas;

Lanterna Traseira – Tricolor fumê com luz de ré;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores em escala circular;

Conta – giros – Sim;

Acabamento do painel – Em vinil e aço preto;

Volante – De três raios espumado estilo executivo;

Sistema de som – Sim;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Sim;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Sim;

Relógio – Digital;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Elétrico nas 4 portas;

Sistema de travamento das portas – Elétrico central;

Ajuste dos retrovisores externos – Elétrico;

Acabamento dos bancos – Em fino tecido aveludado, com opcional para couro;

Acabamento das portas – Em vinil e tecido;

Luz de Sinalização no rodapé das portas –Sim;

Banco traseiro – Com encosto de cabeça para 2 passageiros e apoio para o braço;

Encosto de cabeça – Para quatro passageiros com regulagem de altura;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Carro de luxo antigo – Opala Diplomata 1991

Carroceria – GM Sedan;

Porte – Grande;

Portas – 4;

Motor – Cód 250 – 4.1/S;

Cilindros – 6 em linha;

Válvulas por cilindro – 2;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 121 cv;

Peso Torque – 48,6 kg/kgfm;

Cilindrada – 4093 cm³;

Torque máximo – 28,7 kgfm a 2000 rpm;

Potência Máxima – 3800 rpm;

Tração – Traseira;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Hidráulica;

Câmbio – Manual com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco ventilado nas rodas dianteiras e disco sólido nas rodas traseiras;

Peso – 1376 kg;

Suspensão dianteira – Independente, braço sobrepostos – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Eixo rígido – Mola helicoidal;

Comprimento – 4847 mm;

Distância entre-eixos – 2667 mm;

Largura – 1766 mm;

Largura – 1920 mm;

Altura – 1384 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 12 Segundos;

Velocidade máxima – 169 km/h;

Consumo: Cidade 7 km/l – Estrada 9 km/l;

Autonomia: Cidade 637 km – Estrada 865 km;

Porta malas – 376 Litros;

Carga útil – 420 kg;

Tanque de combustível – 91 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 365.990,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Carro de luxo antigo
Carro de luxo antigo

Carros antigos

Abrir bate-papo
Olá 👋
Seja bem vindo

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos