Caravan Comodoro 82, a versão top de linha do SW da família Chevrolet

Compartilhe

A versão Diplomata só chegaria em 1985 como modelo 1986, a versão Caravan Comodoro 82 ainda era o top de linha do início da década de 1980, trazendo duas opções de propulsores, o 151-S de 4 cilindros e o 250 de 6 cilindros, ambos a álcool ou gasolina, conforme a solicitação do proprietário.

Quem viveu a época, e andou ou dirigiu uma unidade zero km ou seminova, sabe muito bem o verdadeiro sentido de conforto, uma suspensão macia e ao mesmo tempo eficiente. O nível de ruído interno era extremamente baixo, com os vidros fechados, não se ouvia o giro do motor, muito menos o trabalho da suspensão, mesmo em asfalta esburacado ou em ruas de paralelepípedo.

Já os serviços públicos, utilizavam as versões de entrada com motor 151 de 4 cilindros. A versão top de linha atendia um público bem mais específico, a classe alta brasileira, ao lado do Opala Diplomata e do alfa Romeu 2300, eram os três carros de passeio mais caros do Brasil.

Desempenho

Estabilidade –  O conjunto, carroceria, chassi e suspensão, dava ao carro uma boa estabilidade, mas se tratando de um modelo de grande porte, ainda com estrutura da década de 1970, era sempre bom ficar atento em curvas de alta.

Motor –  Utilizando o motor Chevrolet 2.5 cód 151-S, conseguia unir confiança, robustez e a força necessária para um modelo de 4 cilindros.

Câmbio –  O câmbio manual de 4 velocidades, era bastante elástico, deixando o carro ágil e confortável para dirigir tanto na estrada quanto na cidade.

Retomadas e ultrapassagens – Com um motor saudável e um câmbio descomplicado o carro era seguro e eficiente.

Consumo –  Para um motor de 4 cilindros de um carro de grande porte, fazer 7,5 km/l na cidade era uma grande virtude, mais detalhes na ficha técnica no final da matéria.

Acabamento Externo

Faróis –  Quadrados de lentes planas;

Setas dianteiras – Embutidas embutidas no mesmo conjunto com os faróis;

Para – choques –  Em lâminas de aço carbono cromadas, com friso emborrachado;

Faróis de neblina – Sim;

Grade de ar do motor – Com frisos na horizontal;

Retrovisores Externos – Pretos de plástico, com ajuste manual;

Frisos – Emborrachado em toda a extensão lateral do carro, com detalhes cromados;

Rodas – De aço tradicionais da família Opala – Opcional para rodas de liga-leve;

Maçanetas – Cromadas;

Logo – “Comodoro, na lateral dos para-lamas dianteiros;

Lanterna Traseira – Bicolor tradicionais família Caravan da década de 1980, com luz de ré;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Opcional;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores em escala circular;

Conta – giros – Sim;

Acabamento do painel – Em vinil na cor marrom e grafite;

Volante – Espumado de dois raios;

Sistema de som – Sim;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Opcional;

Ar – quente – Sim;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Analógico posicionado no console do câmbio de marchas;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Manual;

Acabamento dos bancos – Em fino tecido aveludado;

Acabamento das portas – Em courvin, veludo e carpete;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Sim;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Para dois passageiros embutidos nos bancos dianteiros;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Caravan Comodoro 82, com motorização 151-s

Carroceria – SW;

Porte – Grande;

Portas – 2;

Motor –  2,5 cód 151-S;

Cilindros – 4 em linha;

Válvulas por cilindro – 2;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 98 cv;

Peso Torque – 58,5 kg/kgfm;

Cilindrada – 2471 cm³;

Torque máximo – 19,8 kgfm a 2600 rpm;

Potência Máxima – 4800 rpm;

Tração – Traseira;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples – opcional para hidráulica;

Câmbio – Manual de 4 velocidades com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 1158 kg;

Suspensão dianteira – Independente, braços sobrepostos – Mola hilicoidal;

Suspensão traseira – Eixo rígido – Mola hilicoidal;

Comprimento – 4676 mm;

Distância entre-eixos – 2667 mm;

Largura – 1776 mm;

Altura – 1391 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 16,5 Segundos;

Velocidade máxima – 146 km/h;

Consumo: Cidade 7,5 km/l – Estrada 11 km/l;

Autonomia: Cidade 488 km – Estrada 715 km;

Porta malas – 774 Litros;

Carga útil – Não informado kg;

Tanque de combustível – 65 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 249.990,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Deixe um comentário