fbpx
Pular para o conteúdo

Brasilia com rodas de Porsche e com o mesmo acabamento de fábrica

Brasilia com rodas de Porsche
Compartilhe

Brasilia com rodas de Porsche e com o mesmo acabamento de fábrica, o hatch compacto da Volkswagen que ainda mantém os mesmo instrumentos e o mesmo acabamento interno que saiu da concessionária em 1975.

O VW Brasília da nossa matéria, é um clássico que recebeu pintura nova no processo de restauração, mas manteve a mesma tonalidade de fábrica, o marrom Savana. Equipamentos e adereços como para-brisa, lanternas traseiras e faróis, também são ainda os mesmos de fábrica.

O modelo ainda ganhou rodas estilo Porsche 914 17″ do início da década de 1970. Um colecionável de custo moderado, mesmo com acessórios de época o preço no mercado fica entre os R$ 30,000,00 e R$ 45.000,00.

Em 1975 é oferecido as últimas unidades do VW Brasília com pisca laranja, no mesmo ano inicia a produção em massa da lanterna traseira com pisca vermelho. Outros upgrades mais significativos também foram realizados.

Como o logo traseiro “Brasília”, que perde o VW. A bomba manual do lavador de para-brisa passa a ser fixada na caixa de roda. A grade do escapamento traseiro aumenta de tamanho. E o pisca alerta deixa de ser opcional e passa a ser de série, em virtude da nova legislação.

Brasilia com rodas de Porsche

O VW Brasilia com rodas de Porsche de 17″, utiliza pneus mais largos com perfil baixo, dando um ar de veículo rebaixado, deixando a estrutura mais equilibrado e com uma melhor estabilidade.

Ficha Técnica – VW Brasília – Ano 1975

Carroceria – Hatch;

Porte – Compacto;

Portas – 2;

Motor –  VW Boxer 1600;

Cilindros – 4 opostos horizontalmente;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 65 CV;

Peso Torque – 68,92 kg/kgfm;

Cilindrada – 1584 cm³;

Torque máximo – 13 kgfm a 3000 rpm;

Potência Máxima – 4600 rpm;

Tração – Traseira;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 4 marchas com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 896 kg;

Comprimento – 4010 mm;

Distância entre-eixos – 2400 mm;

Largura – 1606 mm;

Altura – 1438 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 20,2 Segundos;

Velocidade máxima – 128 km/h;

Consumo: Cidade 8,9 km/l – Estrada 11 km/l;

Autonomia: Cidade 409,4 km – Estrada 506 km;

Porta malas – 140 Litros;

Carga útil – Não informado;

Tanque de combustível – 46 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 97.000,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

 Brasilia com rodas de Porsche
Imagens gustavobrasil.com.br

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

 Brasilia com rodas de Porsche
Brasilia com rodas de Porsche

Carros antigos

Caminhonete D10, a arma da GM para enfrentar o Ford F-1000 Elba carro – Chega ao Brasil o SW da família Uno, que tirou o sono dos SW Compacto VW e GM Fiat Oggi CSS 1.4 1984 conheça o Esportivo da Família 147 Vectra Elegance, em 2009 o médio de luxo da Chevrolet ainda causava frisson Toyota Paseo, conheça o cupê compacto da montadora japonesa Corsa 99, a versão Super do popular mais confortável da década de 1990 Opala 6 caneco, a versão standard de 1979 customizada Saveiro 96, o fim da bem sucedida geração quadrada se aproximava Chrysler Neon 2000, o início do fim, do médio de elite, hoje um raro colecionável Vectra 97, nunca restaurado, a versão CD 16V, com teto solar e câmbio automático

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos