fbpx
Pular para o conteúdo

Bianco S 1600 – 1977 – O esportivo fora de série concorrentes direto do Puma.

Compartilhe


Em 1976 atraída pelo sucesso do Puma e pela carência do mercado nacional em produzir esportivos, nasce o Bianco com um desenho inovador e utilizando basicamente a mesma estratégia da concorrente Puma.

O carro chegou a ser vendido nos Estados Unidos e Argentina, alcançou no primeiro ano de vida um público que poderia fazer o esportivo fora de série decolar no mercado.

O esportivo era muito interessante, com um desenho inovador aqui no Brasil para os anos 70, com linhas que lembravam os principais esportivos europeus, bancos de couro, rodas de liga-leve exclusivas e volante esportivo em madeira, o Bianco fez muitos marmanjões sonharem, imaginem em 1976 dirigir um Bianco com um garota ao lado, ouvindo Abba ou Bee Gees.

Utilizando a plataforma da Brasilia o carro era de desempenho modesto, o super esportivo ficava mais por conta do visual, mas foi uma das lendas automobilísticas brasileiras.

Um dos últimos modelos restaurados estava em exposição na Pastore Car Collection.

Mas questões políticas internas na montadora, fizeram o sucesso do carro durar apenas três anos de 1976 a 1979,

Mas ainda um versão potente com motor MD-270 1.6 o mesmo do Passat TS com 96 CV de força, foi vendida entre 1978 e 1983, era fabricado pela empresa Tarpan, o Bianco TS ou Bianco Tarpan.

Acabamento Externo.

  • Desenho de um esportivo europeu.
  • Faróis duplos dianteiros na horizontal.
  • Rodas de liga-leve exclusivas com o logo Bianco ao centro.
  • Retrovisores esportivos, com controle manual.
  • Lanternas traseiras redondas, muito bem distribuídas e muito eficientes.
  • Tampa traseira do Motor com entradas de ar.
  • Logo Bianco S na tampa traseira.
  • Fechaduras das portas as mesmas usadas na linha Fiat da época.
  • As setas dianteiras eram muito discretas e pouco eficientes.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.


Acabamento Interno.

  • Bancos em couro esportivos, com encosto de cabeça embutidos.
  • Encosto de cabeça embutidos nos bancos dianteiros.
  • Acabamento das portas em couro.
  • Volante em madeira, esportivo de três raios.
  • Painel completo com diversos mostradores.
  • Logo Bianco S no lado esquerdo do painel.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.


Ficha Técnica.

  • Motor Box VW 1600 refrigerado a ar.
  • 65 CV de força.
  • de 0 a 100 em 15 segundos.
  • Velocidade máxima 155 Km/h.
  • Consumo Cidade 11 KM/L Estrada 13 Km/L.
  • Preço aproximado estimado – Não consta.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.


Bianco Terpan TS 

Imagem Planeta Fusca.


Motor Tudo – Bianco S 1600 1977.

Carros dos anos 80 – Carros Clássicos brasileiros.

Carros antigos

Fusca Oval, a geração CKD importada em parceria com a Brasmotor e a VW Gol GTS 87 o único ano com painel quadrado e um preço muito salgado Porsche 911 verde, o Carrera RS Clone 78, ganha motor 3.3, e novo sistema de alimentação Chevrolet Master 85, a geração JB de 1939 exportada para o Japão Vectra GSi, 2.0 16V SFi, alcançava 210 km/h e ainda fazia na cidade 10,6 km/l Fusca branco, capim e formiga é o que mais tem no Brasil, era um ditado da década de 1970 Caminhonete D10, a arma da GM para enfrentar o Ford F-1000 Elba carro – Chega ao Brasil o SW da família Uno, que tirou o sono dos SW Compacto VW e GM Fiat Oggi CSS 1.4 1984 conheça o Esportivo da Família 147 Vectra Elegance, em 2009 o médio de luxo da Chevrolet ainda causava frisson

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos