fbpx
Pular para o conteúdo

VW Gol 1987 ano de facelift na parte externa e ganha novas versões

VW Gol 1987
Compartilhe

VW Gol 1987 ano de facelift na parte externa e ganha novas versões: A marca coloca fim no Gol BX, fica para trás a geração dos motores Boxer refrigerados a ar no Gol quadrado.

Anúncio

A Volkswagen realiza o facelift apenas na parte externa. Em 1987 para realizar mudanças nos veículos e principalmente reajustes de preço, deveria haver uma autorização por parte do Governo Federal.

Sem um acordo firmado, a montadora realizada apenas mudanças externas, o facelift na parte interna como o novo painel alemão com e sem botões satélite ficou para o ano seguinte em 1988.

Na prática a Volkswagen queria realizar as mudanças para facilitar a produção das exportações para os Estados Unidos dos modelos Voyage Fox e da Parati Fox. Veículos que para serem exportados para a terra do Tio Sam, ganharam mais de 2.000 mudanças em relação aos modelos que rodavam no Brasil.

Anúncio

Ainda em 1987, a família Gol ganha nova versões e novas nomenclaturas. A versão de entrada passa a ser o Gol “C” equipado com o motor AP 1.6 e câmbio de 4 marchas, esse substitui o Gol BX.

Galeria de Fotos 1 – Imagens Pastore Car Collection

A versão “S” é substituída pelo Gol CL, que ganha de série câmbio de 5 marchas, limpador do vidro traseiro, e retrovisor com controle interno do lado do motorista. O Gol LS vira a versão GL.

Ganha de série rodas de liga leve, ar quente, cores metálicas que antes eram opcionais, agora passam a ser de série, e retrovisores com controle interno dos dois lados. A versão GT 1.8, ganha rodas novas estilo pingo d’água, e aerofólio e se torna o Gol GTS 1.8S

O VW Gol 1987 finalmente assume a liderança do mercado, emplacando 59.740 unidades. O Gol quadrado finalmente supera o Monza como o carro mais vendido do país.

Desempenho

Estabilidade –  O conjunto do projeto, dava ao carro uma ótima estabilidade, mesmo sendo um projeto desenvolvido no final da década de 1970, ainda era considerado atualizado para o final década de 1980.

Motor –  Utilizando o motor VW AP 1.8 de 99 cv a álcool, na prática entregava até 110 cv, era robusto, rápido e de manutenção relativamente barata e descomplicada.

Câmbio –  O câmbio manual de 5 velocidades, era de relações longas dando ao carro um ar mais esportivo, os engates eram precisos e macios, mesmo em trocas rápidas ai se mantinha eficiente.

Retomadas e ultrapassagens – Com um motor elástico com muito fôlego que respondia muito bem ao pedal do acelerador, era seguro e confiável. Consumo –  Para um motor 1.8 a álcool, fazer 6,4 km/l na cidade era um consumo dentro do esperado para um esportivo, mais detalhes na ficha técnica no final do post.

Acabamento externo

Faróis –  Quadrados de lentes planas; setas dianteiras – Embutidas no mesmo conjunto dos faróis; para – choques –  Envolventes com um fino friso no contorno; faróis de neblina – Luz de longo alcance acima dos para – choques.

Grade de ar do motor – Com frisos na horizontal na cor grafite; retrovisores Externos – Panorâmicos com ajuste elétrico interno; frisos – Em vinil na parte inferior da lateral e detalhe em vermelho dando um ar todo esportivo.

Rodas – De liga – leve enraiadas 185/60 R14; maçanetas – Na cor grafite; logo – “GTS”, Na coluna central; lanterna Traseira – Tricolor tradicional da família VW Gol; bagageiro – Não; teto Solar – Não; limpador do vidro traseiro – Sim;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores em escala quadrada e indicadores em vermelho; conta – giros – Sim; acabamento do painel – Em vinil na cor grafite; volante – De quatro raios estilo quatro bolas.

Sistema de som – Sim; ventilador – Sim; ar – condicionado – Não; ar –  quente – Sim; luz de leitura – Não; relógio – Digital no consolo do câmbio de marchas; acendedor de cigarros – Sim; cinzeiro – Sim.

Acionamento dos vidros – Manual basculante – Opcional elétrico; sistema de travamento das portas – Mecânico – Opcional Elétrico; ajuste dos retrovisores externos – Interno mecânico – Opcional Elétrico; acabamento dos bancos – Esportivos Recaro.

Acabamento das portas – Em vinil e tecido; luz de Sinalização no rodapé das portas – Não; banco traseiro – Sem acessórios; encosto de cabeça – Para dois passageiros nos bancos dianteiros; desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim; assoalho – Acarpetado; porta-malas – Acarpetado.

Galeria de Fotos 2 – Imagens Pastore Car Collection

Ficha Técnica – Gol quadrado GTS 1987

Carroceria – Harch; porte – Compacto; portas – 2; motor –  AP 1.8; cilindros – 4 em linha; posição – Longitudinal; combustível – Álcool; potência – 99 cv; peso Torque – 64,43 kg/kgfm; cilindrada – 1781 cm³. torque máximo – 14,9 kgfm a 3600 rpm.

Potência Máxima – 5600 rpm; tração – Dianteira; alimentação –  Carburador; direção – Simples; câmbio – Manual de 5 velocidades com alavanca no assoalho; embreagem – Monodisco a seco.

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras; peso – 960 kg; suspensão dianteira – Independente, McPherson – Mola helicoidal; suspensão traseira – Eixo torção – Mola helicoidal.

Comprimento – 3846 mm; distância entre-eixos – 2358 mm; largura – 1601 mm; altura – 1375 mm; aceleração de 0 a 100 – 11 Segundos; velocidade máxima – 167 km/h; consumo: Cidade 6,4 km/l – Estrada 9,4 km/l; autonomia: Cidade 352 km – Estrada 517 km; porta malas – 273 Litros; carga útil – 390 kg; tanque de combustível – 55 Litros.

Motor Tudo somos todos um só, o maior e melhor conteúdo de carros clássicos e carros japoneses do Brasil. Notícias, Fichas Técnica, fotos e novidades do mercado.

Carro antigo bonito
Carro antigo bonito

Carros antigos

Abrir bate-papo
Olá 👋
Seja bem vindo

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos