fbpx
Pular para o conteúdo

Porsche 1985 o 928 S o V8 que cabia no bolso da classe média europeia

Porsche 1985
Compartilhe

Porsche 1985 o 928 S o V8 que cabia no bolso da classe média europeia, no reino Unido era batizado como 928 S2. Chegou ao mercado em 1984 para substituir o 924, o esportivo alemão salta de 240 cv, para 310 cv.

O Porsche 928 S de 1985, era equipado com o motor V8 refrigerado a água, e utilizava a nova geração de sistema de alimentação eletrônica Bosch, o LH-Jetronic, alcançando velocidade final de 255 km/h, configuração para os países europeus. Já no Canadá e Estados Unidos, o modelo tinha menos fôlego.

Para atender as leis antipoluentes dos países da América do Norte, o modelo utilizava válvulas menores e sistemas de catalizadores, deixando a fera um pouco mais mansa. Mas o que mais chamava a atenção, era o disparate econômico e tecnológico em 1985 na indústria automobilística, entre países com as fronteiras comerciais abertas, e países com as fronteiras comerciais fechadas como o Brasil.

Em 1985 países subdesenvolvidos, mas com as fronteiras comerciais abertas e regados pelo dinheiro do petróleo, como a Venezuela e alguns países do oriente médio, além dos países desenvolvidos como, Canadá, Austrália, Estados Unidos e os principais países da Europa, um Porsche 928, cabia no bolso da classe média.

Já no Brasil, a classe média se contentava com Gol GT 1.8, Escort XR3 e Passat GTS Pointer, e a partir de 1986 o Chevrolet Monza Hatch 1.8 S/R, veículos com pouca tecnologia e com poucos equipamentos de segurança e conforto, a preços estratosféricos.

Uma realidade muito distante dos esportivos Europeus. Por aqui a classe média baixa, os trabalhadores operários, se contentavam com Fiat Uno, Chevrolet Chevette e VW Gol, por lá a mesma classe já andava de Golf GTi 2.0, e Escort XR3i 1.8 e 2.0. Sem contar os fantásticos carros da família Opel.

O exemplar da nossa matéria o Porsche 1985 na configuração 928 S, é destinado a colecionadores, o famoso monocromático com a carroceria e o interior em tons verdes, rodou apenas 34.000 km. Avaliar o valor de um colecionável desse nível é bem difícil. O preço depende muito, da porcentagem de originalidade do veículo, procedência e da política de cada colecionador.

Porsche 1985

Ficha Técnica – Porsche 1985 – 928 S

Carroceria – Cupê; Porte – Grande; Portas – 2; Motor – 4.7; Cilindros – 8 em V; Válvulas por cilindro – 2; Posição – Longitudinal; Combustível – Gasolina; Potência – 310 cv; Peso Torque – N/D kg/kgfm; Cilindrada – 4664 cm³.

Torque máximo – 40 kgfm a 4000 rpm; Potência Máxima – 5900 rpm; Tração – Traseira (RWD); Alimentação –  Injeção eletrônica; Direção – Rack and pinion; Câmbio – Automático; Embreagem – ; Freios – Freios a disco ventilado nas 4 rodas; Peso – 1450 kg.

Suspensão dianteira – Coil springs; Suspensão traseira – Coil springs; Comprimento – 4447 mm; Distância entre-eixos – 2500 mm; Largura – 1836 mm; Altura – 1282 mm; Aceleração de 0 a 100 – 6,5 Segundos; Velocidade máxima – 255 km/h.

Consumo: Cidade 4,5 km/l – Estrada 8,5 km/l; Autonomia: Cidade N/D km – Estrada N/D km; Porta malas – N/D Litros; Carga útil – N/D kg; Tanque de combustível – 86 Litros; Valor atualizado Aproximado – R$ 1.200.000,00; Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Porsche 1985
Porsche 1985

Carros antigos

Caminhonete D10, a arma da GM para enfrentar o Ford F-1000 Elba carro – Chega ao Brasil o SW da família Uno, que tirou o sono dos SW Compacto VW e GM Fiat Oggi CSS 1.4 1984 conheça o Esportivo da Família 147 Vectra Elegance, em 2009 o médio de luxo da Chevrolet ainda causava frisson Toyota Paseo, conheça o cupê compacto da montadora japonesa Corsa 99, a versão Super do popular mais confortável da década de 1990 Opala 6 caneco, a versão standard de 1979 customizada Saveiro 96, o fim da bem sucedida geração quadrada se aproximava Chrysler Neon 2000, o início do fim, do médio de elite, hoje um raro colecionável Vectra 97, nunca restaurado, a versão CD 16V, com teto solar e câmbio automático

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos