Passat Variant 3.2 V6 2008, o SW com velocidade final de quase 250 km/h

Compartilhe

Do VW Variant 412 alemão refrigerado a ar, da década de 1960, ao Passat Varaint 3.2 V6 2008, a verdadeira evolução da espécie. A nova geração do século 21, vinha equipada com motor V6 de 250 cv e câmbio automatizado de 6 marchas.

O Passat Variant já na geração B6, foi um SW de grande porte de alto custo importado, uma unidade zero km não chegaria a sua garagem por menos de R$ 268.752,00, em valores atualizados para o segundo semestre de 2021.

A liste de equipamentos de série também chamava a atenção, itens raros para a época, como Câmbio automático de 6 marchas DSG – Direct Shift Gearbox (dupla embreagem e gerenciamento eletrônico); tração integral permanente nas quatro rodas (4Motion); EDS (bloqueio eletrônico do diferencial), controle de tração e estabilidade, Bancos dianteiros em couro com Ajuste Elétrico, computador de bordo, piloto automático, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro.

Hoje faz parte do seleto mercado de usados e seminovos de alto custo, um nicho que vem crescendo muito no Brasil. Profissionais liberais. pequenos e médios comerciantes bem sucedidos, são o principal perfil de público que buscam estes modelos.

Desempenho

Estabilidade –  O conjunto do projeto, era um dos mais atualizados do mercado, deixando o carro seguro e muito eficiente, tanto em curvas de alta como em retas, em velocidades acima de 180 km/h.

Motor –  Utilizando o motor VW 3.2 V6, conseguia unir muita confiança e robustez em um mesmo carro, rápido, seguro e robusto.

Câmbio –  O câmbio automatizado de 6 marchas, trazia para o Brasil uma nova realidade, retomadas mais precisas, e trocas de marchas mais suaves sem trancos.

Retomadas e ultrapassagens – Com um motor com bastante fôlego e um câmbio descomplicado o carro era seguro e eficiente.

Consumo –  Não era o mais econômico de mercado, fazendo fazendo 5,5 km/l na cidade, mas a grande vantagem era com o carro com carga máxima de 635 kg, não tinha muita variação de consumo, e não perdia o fôlego – Ficha técnica completa no final do post.

Galeria de Fotos 1

Acabamento Externo

Faróis –  De xenônio, com refletores duplos e regulagem de altura;

Setas dianteiras – Embutidas no mesmo conjunto com os faróis;

Para – choques –  Envolventes na cor do carro, integrado com a grade de ar do motor;

Faróis de neblina – Embutidos no para – choque dianteiro;

Grade de ar do motor – Com frisos cromados;

Retrovisores Externos – Panorâmicos pintados na cor da carroceria, com controle elétrico interno e repetidores de setas;

Frisos – Cromados em toda a extensão lateral do carro;

Rodas – Liga leve 255/45 R17;

Maçanetas – Na cor da carroceria;

Logo – “V6 FS” na tampa do porta malas;

Lanterna Traseira – Tricolor com luz de ré;

Bagageiro – Sim;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Sim;

Galeria de Fotos 2

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com diversos mostradores em escala circular e digital;

Conta – giros – Sim;

Acabamento do painel – Em couro;

Volante – Espumado de quatro raios, estilo executivo, com acabamento em couro e botões de som;

Sistema de som – Rádio AM/FM + CD Player + MP3;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Automático de 2 zonas;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Sim;

Relógio – Digital;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Elétrico nas quatro portas;

Sistema de travamento das portas – Elétrico, com travamento central;

Ajuste dos retrovisores externos – Elétrico;

Acabamento dos bancos – Em couro;

Acabamento das portas – Em couro;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Rebatível, com cinto de segurança de três pontos, para dois passageiros;

Encosto de cabeça – Para cinco passageiros;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Galeria de Fotos 3

Ficha Técnica – Passat Varaint 3.2 V6 2008

Carroceria – SW;

Porte – Grande;

Portas – 4;

Motor –  VW 3.2 V6;

Cilindros – 6 em V;

Válvulas por cilindro – 4;

Posição – Transversal;

Potência – 250 cv;

Cilindrada – 3168 cm³;

Peso Torque – 50,9 kg/kgfm;

Torque máximo – 33,7 kgfm a 2750 rpm;

Potência Máxima – 6250 rpm;

Tração –  tração integral permanente nas quatro rodas (4Motion); EDS (bloqueio eletrônico do diferencial) ;

Combustível – Gasolina;

Alimentação –  Injeção Multiponto;

Direção – Hidráulica;

Câmbio – Automatizado de 6 marchas;

Embreagem – Dupla banhada a óleo;

Freios – Freio a disco ventilado nas 4 rodas, com ABS + EBD + BAS;

Peso – 1715 kg;

Comprimento – 4774 mm;

Distância entre-eixos – 2709 mm;

Largura – 1820 mm;

Altura – 1501 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 7,2 Segundos;

Velocidade máxima – 246 km/h;

Consumo: Cidade 5,5 km/l – Estrada 10,5 km/l;

Porta malas – 603 Litros;

Carga útil – 635 kg;

Tanque de combustível – 70 Litros;

Valor atualizado Aproximado –  R$ 268.752,00 ;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

Galeria de Fotos 4

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Deixe um comentário