Parati Surf 95 Série especial no ano de despedida da primeira geração

Uma série especial repleta de instrumentos de conforto, e um visual com um apelo mais jovem, mas a falta do painel satélite deixou a desejar.

O Volkswagen Parati Surf 95, foi uma das versões que fechou a saga da Parati quadrada, que foi a SW compacta mais bem sucedida da história da industria automobilística brasileira até o meio da década de 1990.

Mas uma pergunta ficou no ar. Por que uma série especial tão completa no ano de despedida, não foi equipada com o painel com botões satélites das versões GL e GLS?

A resposta mais plausível foi a tradicional desova de peças, quando um modelo vai ser descontinuado ou receber alguma atualização mais significativa, peças e acessórios excedentes acabam fazendo parte de alguma série especial, neste caso o painel sem botões satélites foi a bola da vez.

Desempenho

Estabilidade –  O conjunto, carroceria, chassi e suspensão, dava ao carro uma ótima estabilidade, mesmo sendo um projeto desenvolvido no final da década de 1970, ainda era considerado atualizado para a década de 1990.

Motor –  Utilizando o motor VW AP 1.8 de 96 cv a álcool, era robusto, rápido e de manutenção relativamente barata e descomplicada.

Câmbio –  O câmbio manual de 5 velocidades, era de relações curtas dando ao carro um ar mais esportivo, os engates eram precisos e macios, mesmo em trocas rápidas ai se mantinha eficiente.

Retomadas e ultrapassagens – Com um motor elástico com muito fôlego que respondia muito bem ao pedal do acelerador, era seguro e confiável.

Consumo –  Para um motor 1.8 a álcool, fazer 7 km/l na cidade era um consumo dentro do esperado para um compacto, mais detalhes na ficha técnica no final do post.

Acabamento Externo

Faróis –  Faróis retangulares de lentes planas;

ndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Setas dianteiras – Embutidas no mesmo conjunto dos faróis;

Para – choques –  Envolventes com um fino friso no contorno;

Faróis de neblina – Luz de longo alcance acima dos para – choques;

Grade de ar do motor – Com frisos na horizontal na cor grafite;

Retrovisores Externos – Panorâmicos com ajuste elétrico interno;

Frisos – Emborrachado na parte inferior da lateral e adesivo azul nos para lamas com o logo “Surf”;

Rodas – De liga – leve enraiadas 185/60 R14;

Maçanetas – Na cor grafite;

Logo – “Parati Surf”, Na tampa do porta – malas;

Lanterna Traseira – tricolor tradicionais da família Parati e Saveiro;

Bagageiro – Sim;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Sim;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores em escala circular;

Conta – giros – Sim;

Acabamento do painel – Em vinil na cor grafite – sem botões satélites;

Volante – De quatro raios espumado estilo executivo;

Sistema de som – Sim;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Sim;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Digital no centro dos mostradores;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Elétricos;

Sistema de travamento das portas – Elétrico;

Ajuste dos retrovisores externos – Elétrico;

Acabamento dos bancos – Em tecido plástico;

Acabamento das portas – Em vinil e tecido plástico o mesmo da versão CL;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Vazado para dois passageiros;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Sim;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Parati Surf 95 1.8 a Álcool

Carroceria – SW;

Porte – Compacto;

Portas – 2;

Motor –  AP 1.8;

Cilindros – 4 em linha;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Álcool;

Potência – 96 CV;

Peso Torque – 64,80 kg/kgfm;

Cilindrada – 1781 cm³;

Torque máximo – 15,2 kgfm a 3400 rpm;

Potência Máxima – 5200 rpm;

Tração – Dianteira;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Hidráulica;

Câmbio – Manual de 5 velocidades com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 1170 kg;

Suspensão dianteira – Independente, McPherson – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Eixo torção – Mola helicoidal;

Comprimento – 4075 mm;

Distância entre-eixos – 2358 mm;

Largura – 1622 mm;

Altura – 1445 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 11,5 Segundos;

Velocidade máxima – 169 km/h;

Consumo: Cidade 7 km/l – Estrada 11,5 km/l;

Autonomia: Cidade 385 km – Estrada 632,5 km;

Porta malas – 530 Litros;

Carga útil – 460 kg;

Tanque de combustível – 55 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 59.892,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.

Please follow and like us:

4 comentários sobre “Parati Surf 95 Série especial no ano de despedida da primeira geração”

  1. Tive uma idêntica e fui roubada e nunca mais a vi na rua,fizeram essa covardia comigo e estou sem carro desde outubro de 2016 foi o mes que fui roubado e só de pensar chego a me emocionar e sinto muitas saudades desse carro que trabalhei e trouxe o sustento para minha família durante 5 anos vendendo pães nesse carro.

  2. Simplesmente LINDA ! O fato de não ter o painel satélite não tira a beleza dela. Aliás, diga-se de passagem que é um painel com seus comandos muito delicados. Nunca vi com bons olhos esse painel satélite. Bom seria também que os bancos traseiros fossem do tipo bipartido. O ronco do motor ao sair no escapamento era algo surpreendente. Dava uma ideia de carro macio, comportado, mas que na verdade escondia um tremendo motor AP. Tive oportunidade de comprar uma usado em excelente estado, porém tinha fila de espera para fechar a negociação…não consegui. Era carro de garagem ! É isso ! Obrigado pela oportunidade !

    1. NÃO trabalho com vendas ou qualquer outro tipo de comércio de carros, apenas faço matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros, leia a matéria na integra com atenção que entenderá, obrigado.

Deixe uma resposta