fbpx
Pular para o conteúdo

Opala upgrades, evolução e facelift de todos os anos e carrocerias

carros antigos
Compartilhe

Opala upgrades, evolução e facelift de todos os anos e carrocerias, confira o processo evolutivo do maior ícone da montadora no Brasil, um modelo que atendia a classe alta, com configurações de luxo e esportivas e a classe média e serviços públicos nas versões de entrada.

Opala Sedan: 1968 foi o lançamento do Chevrolet Opala com os motores 2.5 e 3.8 6 cilindros e câmbio de três marchas nas versões básica e De Luxo em novembro; 1970 – Versão básica passa a Especial, versão Gran Luxo com teto de vinil, versão SS com motor 4.1 e câmbio de 4 marchas em junho.

1972 – Reestilização dianteira; 1973 – Câmbio automático opcional, motor 153 de quatro cilindros é substituído pelo 151, versão SS-4 com motor 151-S; 1974 – Reestilização, lanternas traseiras redondas e versão De Luxo Comodoro com motor de 6 cilindros e direção hidráulica como opcional.

1976 – Motor 250-S com comando de válvulas com maiores duração e levantamento e carburador de corpo duplo; 1977 – Opala Gama 4 cilindros e 4 marchas, Comodoro com opção pelo motor de 4 cilindros.

1980 – Reestilização, lanternas e faróis retangulares; 1980 – Versão Diplomata e fim da SS; 1983 – Câmbio de cinco marchas para motor 2.5; 1985 – Reestilização, maçanetas embutidas, pintura de duas cores (saia-e-blusa) e motor de seis cilindros à álcool.

Galeria de Fotos 1 carroceria sedan – Imagens lartbr.com.br

1988 – Reestilização, câmbio automático passa a ter 4 marchas; 1989 – Fim da pintura saia-e-blusa; 1991 – Reestilização, para-choques envolventes e câmbio de 5 marchas para o 6 cilindros; 1992 – Fim de produção com a série Collectors limitada a 100 unidades com certificado, fita de vídeo com a história do carro e chaves banhadas a ouro em abril.

Galeria de Fotos 2 carroceria sedan – Imagens lartbr.com.br

Opala Cupê

1971 – Lançamento em setembro; 1972 – Reestilização dianteira; 1973 – Câmbio automático opcional, motor 153 de quatro cilindros é substituído pelo 151, versão SS-4 com motor 151-S; 1974 – Reestilização, lanternas traseiras redondas e versão De Luxo Comodoro com motor de 6 cilindros e direção hidráulica como opcional.

1976 – Motor 250-S com comando de válvulas com maiores duração e levantamento e carburador de corpo duplo; 1977 – Opala Gama 4 cilindros e 4 marchas, Comodoro com opção pelo motor de 4 cilindros.

1980 – Reestilização, lanternas e faróis retangulares; 1980 – Versão Diplomata e fim da SS; 1983 – Câmbio de cinco marchas para motor 2.5; 1988 – Reestilização; 1988 – Fim fim de papo para a carroceria cupê, é descontinuada pela montadora.

Motor Tudo somos todos um só, o maior e melhor conteúdo de carros clássicos do Brasil. Notícias, Fichas Técnica, fotos de carros antigos e novidades do mercado.

Carros antigos
Carros antigos

Carros antigos

Caminhonetes antigas Ford sucesso em eventos de carros antigos MP Lafer carros fora de série com o legitimo chassi MP Honda SUV ZR V 2024 preço ficha técnica e equipamentos Fusca 96 Itamar Série especial última edição da geração refrigerada a ar Carro para o dia a dia Vectra 4 portas 2.2 8V excelente relação custo benefício Escorte Ford a versão L de 1989 que teve apenas 1 proprietário Passat antigos sobrevivem e valorizam no mercado de carros antigos Yaris 2024 hatch preço, ficha técnica e equipamentos Corolla Altis Hybrid Premium 2024 preço, equipamentos e ficha técnica Carros japoneses baratos Honda Civic LX AT 2005 uma interessante compra

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos