fbpx
Pular para o conteúdo

Neon da Chrysler após 15 anos a marca lança um médio no Brasil

Neon da Chrysler
Compartilhe

Neon da Chrysler após 15 anos a marca lança um médio no Brasil, o grupo Dodge/Chrysler se despediu do país em 1981, na ocasião já sob a concessão do grupo Volkswagen, e seu último médio comercializado por aqui foi o Dodge 1800/Polara.

Anúncio

Em 1992 o grupo retorna ao Brasil com a marca Dodge mas apenas com carros esportivos importados de grande porte de elite, e de alto custo, os modelos Viper e Stealth. Já a Chrysler desembarca no Brasil em 1996 trazendo de volta um modelo de médio porte, só que agora um sedan 4 portas.

As primeiras unidades do Chrysler Neon eram equipadas com o motor 2.0 16V de 133 cv com torque máximo de 17,7 kgfm a 4850 rpm, com velocidade final de 199 km/h e aceleração de 0 a 100 em 9,9 segundos. Em 1997 a marca lança a versão com o motor 1.8 16V de 115 cv com torque máximo de 15,4 kgfm a 4950 rpm, com velocidade final de 192 km/h e aceleração de 0 a 100 em 10,4 segundos.

O projeto entregava um acabamento impecável, com materiais de primeira linha, recheado de instrumentos de segurança e conforto, como; freios a disco nas 4 rodas, com sistema ABS, airbag, opção para câmbio automático ou mecânico, painel completo, direção hidráulica, e um sistema de ar – condicionado com saídas de ar muito bem distribuídas.

Anúncio

Mesmo com tantos atributos, o carro teve vida curta e foi descontinuado no ano 2000 em sua segunda geração, apenas no Canadá, que ainda a produção chegou até o ano de 2002/03. A concorrência no Brasil com os médios japoneses com motores 1.5 e 1.6 que entregavam um ótimo de desempenho com baixo consumo e o preço mais acessível, selou o destino do Neon da Chrysler.

Sem contar a concorrência dos chamados nacionais como Fiat Tempra e Chevrolet Vectra, e a febre de outros importados como o Ford Focus sedan que chegou em 2000/01.

Hoje no mercado de carros clássicos, a primeira geração do neon vem aparecendo cada vez com mais frequência, mas o modelo ainda faz parte do grupo com preços mais comportados, com valores entre R$ 50.000,00 e R$ 60.000,00.

Neon da Chrysler

Ficha Técnica – Neon da Chrysler

Carroceria – Sedã; Porte – Médio; Portas – 4; Motor –  A588 – 2.0; Cilindros – 4 em linha; Válvulas por cilindro – 4; Posição – Transversal; Combustível – Gasolina; Potência – 133 cv.

Peso Torque – 64,4 kg/kgfm; Cilindrada – 1996 cm³; Torque máximo – 17,7 kgfm a 4850 rpm; Potência Máxima – 5850 rpm; Tração – Dianteira; Alimentação –  Injeção Multiponto; Direção – Hidráulica.

Câmbio – Manual de 5 marchas; Embreagem – Monodisco a seco; Freios – Freio a disco ventilado nas rodas dianteiras e disco sólido nas rodas traseiras; Peso – 1140 kg; Suspensão dianteira – Independente, McPherson – Mola helicoidal; Suspensão traseira – Independente, McPherson – Mola helicoidal.

Comprimento – 4364 mm; Distância entre – eixos – 2642 mm; Largura – 1714 mm; Altura – 1369 mm; Aceleração de 0 a 100 – 9,9 Segundos; Velocidade máxima – 199 km/h; Consumo: Cidade 7,8 km/l – Estrada 10,7 km/l; Autonomia: Cidade 367 km – Estrada 503 km.

Porta malas – 330 Litros; Carga útil – Não informado; Tanque de combustível – 47 Litros; Valor atualizado Aproximado – R$ 284.754,00; Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Neon da Chrysler
Neon da Chrysler

Carros antigos

Abrir bate-papo
Olá 👋
Seja bem vindo

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos