kombi 1961, ganha importante upgrade no conforto e segurança

Kombi 1961
Compartilhe

O VW kombi 1961, ganha novos upgrades, de conforto e segurança, banco da frente com novos ajustes, alavanca de câmbio e freio de mão, foram melhor posicionados, o painel recebe marcador de combustível elétrico, luz de seta no painel e nova chave de seta. Chega o fim da torneira de reserva.

Na segurança recebe luzes de seta na frente estilo tetinha e uma nova lanterna traseira, com a lente desmontável em caso de quebra, com parafusos aparentes, novo trinco do vidro e encosto dianteiro com 3 posições de ajuste. O modelo já estava sendo comercializado no Brasil a 11 anos.

Em 1953 passa a ser montado no Brasil no chamado “sistema CKD”, “Completely Knocked Down) ainda pelo Grupo Brasmotor. No dia 2 de setembro de 1957, começa a produção oficial pela Volkswagen em solo brasileiro, 50% das peças já eram produzidas no Brasil, mas o motor e câmbio ainda eram importados.

Em 1962/63, nasce na Europa e na sequência nos E.U.A o VW Kombi Clipper. Mas no Brasil a produção da geração Corujinha durou até 1975, 13 anos a mais de produção e centenas de milhares de unidades a mais produzidas.

Este é o motivo que o Brasil se tornou um grande garimpo de kombi Corujinha, nos dias de hoje faz parte do grupo de colecionáveis de alto custo, um exemplar da década de 1960, pronto para fazer parte de um acervo, pode chegar fácil a R$ 200.000,00.

O exemplar da nossa matéria, é um Volkswagen Kombi 1961, na cor Bege e para brisa estilo safari. Equipado com o motor 1200 e câmbio ainda originais, entregando 36 cv, torque máximo de 8,7 kgfm a 2500 rpm, velocidade final real de 94 km/h, aceleração de 0 a 100 N/D. Quanto ao consumo na cidade 5 km/l e na estrada 6 km/l.

Acabamento Externo

Faróis –  Redondos de lentes boleadas, embutidos em uma moldura cromada.

Setas dianteiras – Posicionadas acima dos faróis;

Para – choques –  Em aço carbono nas cores da carroceria;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – Entrada de ar forçado, pela lateral traseira;

Retrovisor Externo – Redondo com haste metálico;

Frisos – Não;

Rodas – De aço tradicionais família Kombi, com calotas cônicas, na cor preta;

Maçanetas – Cromadas;

Logo – “VW” abaixo do para-brisa;

Lanterna Traseira – Em cor única;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores básicos em escala circular;

Conta – giros – Não;

Acabamento do painel – Em metal na cor da carroceria;

Volante – De dois raios;

Sistema de som – Não;

Ventilador – Não;

Ar – condicionado – Não;

Ar –  quente – Não;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Não;

Acendedor de cigarros – N/D;

Cinzeiro – N/D;

Acionamento dos vidros – Trilho, janela de correr;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Manual;

Acabamento dos bancos – Em courvin;

Acabamento das portas – Em madeira cortiça;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Não;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Não;

Assoalho – Emborrachado;

Porta-malas – Emborrachado;

Ficha Técnica – Kombi 1961

Carroceria – Van / Lotação;

Porte – Médio;

Portas – 2;

Motor – VW 1500 Boxer;

Cilindros – 4 opostos horizontalmente;

Válvulas por cilindro – 2;

Posição – Longitudinal;

Peso Torque – 122,0 kg/kgfm;

Tração – Traseira;

Combustível – Gasolina;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 4 velocidades, alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Tambor nas quatro rodas;

Peso – 1100 kg;

Comprimento – 4300 mm;

Distância entre-eixos – 2400 mm;

Largura – 1746 mm;

Altura – 1925 mm;

Potência – 52 cv;

Cilindrada – 1198 cm³;

Torque máximo – 9,1 kgfm a 2600 rpm;

Potência Máxima – 4200 rpm;

Aceleração de 0 a 100 – 48 Segundos;

Velocidade máxima – 95 km/h;

Consumo: Cidade 5,2 KM/L – Estrada 6,5 km/l;

Autonomia: Cidade 218 km – Estrada 284 km;

Porta malas – 750 Litros;

Carga útil – 950 kg;

Tanque de combustível – 43 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 122.990,00.

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Fiat Ibiza
Kombi 1961

Deixe um comentário