Fiorino 89, um colecionável ainda em estado de zero km

Compartilhe

Fiorino 89, um colecionável placa preta, ainda em estado de zero km, uma unidade nunca restaurada que mantem 100% de originalidade. Com o mesmo acabamento e os mesmos instrumentos que saiu da concessionária em 1989.

As picapes compactas Fiat segunda geração, ou seja as derivadas do projeto Uno quadrado, como colecionável normalmente são exemplares menos procurados, diferente da primeira geração derivado do Fiat 147, que acaba tendo um valor maior para fazer parte de um acervo.

Mas um exemplar da segunda geração que ainda está em estado de zero km, com todos os itens de fábrica, o preço pode facilmente passar dos R$ 50.000,00. Já um exemplar usado no dia a dia não direcionado para colecionadores o valor pode variar entre R$ 4.000,00 a R$ 15.000,00.

A unidade da nossa matéria é um Fiat Fiorino 89, uma das versões de entrada, equipado com o motor 1.3 a álcool de 59,7 cv, torque máximo de 10 kgfm a 2600 rpm, velocidade final real de 135 km/h e aceleração de 0 a 100 em 19 segundos. Quanto ao consumo, na cidade 7,2 km/l e na estrada 9,5 km/l.

Acabamento Externo

Faróis –  Quadrados de lentes planas;

Setas dianteiras – Embutidas no mesmo conjunto dos faróis;

Para – choques –  Envolventes na cor grafite;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – Com lâminas na horizontal na cor grafite;

Retrovisores Externos – Panorâmicos, com ajuste interno mecânico;

Frisos – Em toda a extensão lateral do carro;;

Rodas – Rodas de aço 165/70 R13;

Maçanetas – Na cor grafite;

Logo – “Fiorino” estampado na tampa da carroceria;

Lanterna Traseira – Tricolor com luz de ré;

Bagageiro – Não;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores básicos em escala circular;

Conta – giros – Não;

Acabamento do painel – Em vinil na cor grafite;

Volante – Espumado de dois raios;

Sistema de som – Não;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Não;

Ar –  quente – Não;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Não;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Mecânico interno;

Acabamento dos bancos – Em courvin;

Acabamento das portas – Em vinil;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Não;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Para dois passageiros, com regulagem de altura;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Não;

Assoalho – Acarpetado;

Carroceria – 2700 litros;

Ficha Técnica – Fiorino 89

Carroceria – Fiat Picape;

Porte – Compacto;

Portas – 2;

Motor –  1.3;

Cilindros – 4 em linha;

Válvulas por cilindros – 2;

Posição – Transversal;

Combustível – Álcool;

Potência – 59,7 cv;

Peso Torque – 94,5 kg/kgfm;

Cilindrada – 1297 cm³;

Torque máximo – 10 kgfm a 2600 rpm;

Potência Máxima – 5000 rpm;

Tração – Dianteira;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 5 velocidades com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 945 kg;

Suspensão dianteira – Independente, McPherson – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Independente, McPherson – Feixe de molas semielípticas;

Comprimento – 3949 mm;

Distância entre-eixos – 2365 mm;

Largura – 1555 mm;

Altura – 1873 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 19 Segundos;

Velocidade máxima – 135 km/h;

Consumo: Cidade 7,2 km/l – Estrada 9,5 km/l;

Autonomia: Cidade 396 km – Estrada 523 km;

Porta malas – 2700 Litros;

Carga útil – 540 kg;

Tanque de combustível – 55 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 76.000,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Deixe um comentário