fbpx
Pular para o conteúdo

Chevy Camping 1993 a versão polivalente que foi destinada para o mercado nacional e exportação

Chevy camping
Compartilhe

Chevy Camping 1993 a versão polivalente que foi destinada para o mercado nacional e exportação. A unidade da nossa matéria recebeu no processo de restauração logos e frisos da versão DL, mas originalmente é a famosa Camping.

Em 1993, com vendas em baixa em toda a América do Sul, a Chevrolet resolveu centralizar a produção no Brasil, e exportando sua picape compacta para os demais países do continente, como Uruguai, Argentina e Equador. Durante toda a década de 1980 o modelo era produzido por lá por montadoras subsidiárias da GM.

As versões DL, Camping e a GMC 500, como era denominada para exportação, utilizavam exatamente o mesmo conjunto propulsor, as únicas mudanças eram nos adereços, logos e pequenas diferenças nos mostradores do painel.

O Chevrolet Chevy Camping, originalmente trazia adesivo lateral com a logo marca “Camping”, e para choques e rodas na cor da carroceria. Já a versão tipo exportação, também mudava apenas os adereços, com os logos GMC no volante, tampa da carroceria, grade de ar do motor e o friso lateral com o nome oficial da picape “GMC 500”.

A produção em solo brasileiro foi até 1995, a montadora ainda tinha que cumprir alguns contratos de exportação, e esperar a recém chegada Picape Corsa 1995/96 a se propagar nas concessionárias brasileiras.

O modelo foi lançado em 1983 no Brasil, e se tornou uma picape bastante interessante, com motor dianteiro e tração traseira, desempenhava um ótimo papel para uma picape compacta na zonal rural. Para a área urbana em grandes centros, oferecia uma ótima relação custo benefício, com uma manutenção relativamente barata e descomplicada, além de fazer impressionantes 10,1 km/l na cidade com o motor 1.6.

O conjunto motor e câmbio era pouco elástico, mas em cidades com perfil rural com muitas ladeiras, o modelo se comportava muito bem, exigia poucas trocas de marchas, onde o motorista conseguia percorrer praticamente toda a cidade em terceira marcha, que era compatível com o giro do motor em baixas e médias rotações.

Chevy camping

Ficha Técnica – Chevy Camping – Ano 1993

Carroceria – GM Picape; Porte – Compacto; Portas – 2; Motor –  Chevrolet 1.6/S; Cilindros – 4 em linha; Válvulas por cilindro – 2; Posição – Longitudinal; Combustível – Gasolina; Potência – 71 cv; Peso Torque – 80,7 kg/kgf.

Cilindrada – 1599 cm³; Torque máximo – 12,1 kgfm a 2400 rpm; Potência Máxima – 5200 rpm; Tração – Traseira; Alimentação –  Carburador; Direção – Simples; Câmbio – Manual de 5 velocidades com alavanca no assoalho; Embreagem – Monodisco a seco.

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras; Peso – 977 kg; Suspensão dianteira – Independente, braços sobrepostos – Mola helicoidal; Suspensão traseira – Eixo rígido – Mola helicoidal; Comprimento – 4193 mm; Distância entre-eixos – 2395 mm; Largura – 1466 mm; Altura – 1390 mm.

Aceleração de 0 a 100 – 18,5 Segundos; Velocidade máxima – 140 km/h; Consumo: Cidade 10,1 km/l – Estrada 14,3 km/l; Autonomia: Cidade 515 km – Estrada 729 km; Carroceria – 765 Litros; Carga útil – 500 kg.

Tanque de combustível – 51 Litros; Valor atualizado Aproximado – R$ 91.990,00; Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos.

Chevy camping
Chevy camping

Carros antigos

Caminhonete D10, a arma da GM para enfrentar o Ford F-1000 Elba carro – Chega ao Brasil o SW da família Uno, que tirou o sono dos SW Compacto VW e GM Fiat Oggi CSS 1.4 1984 conheça o Esportivo da Família 147 Vectra Elegance, em 2009 o médio de luxo da Chevrolet ainda causava frisson Toyota Paseo, conheça o cupê compacto da montadora japonesa Corsa 99, a versão Super do popular mais confortável da década de 1990 Opala 6 caneco, a versão standard de 1979 customizada Saveiro 96, o fim da bem sucedida geração quadrada se aproximava Chrysler Neon 2000, o início do fim, do médio de elite, hoje um raro colecionável Vectra 97, nunca restaurado, a versão CD 16V, com teto solar e câmbio automático

CONTATO Fale Com o Motor Tudo no Facebook.

Carros antigos