Chevrolet Corsa Sedã Wind 1.0 1999 Leve e Macio

Chevrolet Corsa Sedã Wind 1.0 1999, o popular mais macio de dirigir até o final dos anos 90.

Entre os modelos 1.0 da segunda metade dos anos 90, sem duvida o Corsa sedã era o mais elegante e mais gostoso de dirigir.

No início dos anos 2000 cheguei a dirigir por alguns meses um modelo igual ao do post, e realmente o desempenho e a qualidade do carro chamava a atenção, mesmo com motor 1.0 de apenas 60 CV de força, tinha um ótimo torque, bom de estrada e na cidade.

 Uma das coisas que mais impressionava era que mesmo com o motor em altas rotações você praticamente não sentia a vibração na parte interna, posição de dirigir também era um ponto forte do modelo, em viagens longas não cansava o motorista.

Desempenho – Chevrolet Corsa Sedã Wind 1.0 1999.

  • O motor Chevrolet era muito eficiente de torque macio e confiável, ágil na cidade e na estrada se mantinha estável mesmo em velocidades acima de 110 KM/h.
  • O câmbio era muito macio e com engates precisos.
  • Como sempre a Chevrolet conseguia unir qualidades de conforto e segurança na suspensão, bom de curvas de alta e muito estável em retas mesmo em altas velocidades.
  • A conjunto carroceria e bloco era moderno e também muito eficiente.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.


Acabamento Externo.

  • Carroceria sedã pequeno porte 4 portas.
  • Frente com faróis boleados, setas dianteira e faróis embutidos na mesma lente.
  • Para-choques envolventes pintados na cor do carro.
  • Retrovisores panorâmicos com controle mecânico interno.
  • Friso emborrachado lateral.
  • Rodas de liga leve 185/60 R14,
  • Lanternas traseiras bicolor na vertical.
  • Logo MPFI na tampa do porta malas.
  • Antena de rádio no teto.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.


Acabamento interno.

  • Painel simples, bem desenhado acompanhando as linhas do carro.
  • Volante espumado de dois raios, tradicionais família Corsa.
  • Acabamento de portas e bancos em tecido plástico.
  • Bancos dianteiros com encosto de cabeça com regulagem de altura.
  • Acionamento dos vidros nas 4 portas, manual basculante.
  • CD Player.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.




Ficha Técnica.

  • Motor Motor GM 1.0 Família 1.
  • Injeção Multiponto.
  • Direção simples.
  • Câmbio manual de 5 marchas.
  • Freios disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas traseiras.
  • Peso 1035 KG.
  • Potência 60 CV de força.
  • De 0 a 100 – 17,0 Segundos.
  • Velocidade máxima 160 KM/h.
  • Consumo Cidade 10,0 KM/L Estrada 14,7 KM/L.
  • Porta malas 390 Litros.
  • Carga útil Não informado.
  • Tanque de combustível 46 Litros.
  • Preço atualizado aproximado R$ 47.658,00.
  • Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.

Imagens Pastore Car Collection.


Motor Tudo – Chevrolet Corsa Sedã Wind 4 portas 1.0 1999.

Carros dos anos 90 – Carros Clássicos brasileiros.


 

Please follow and like us:

Um comentário sobre “Chevrolet Corsa Sedã Wind 1.0 1999 Leve e Macio”

  1. Parabéns pelo Blog Motor Tudo, Jaíro. A tempos procurava informações mais completa sobre o Ford Pampa e Corsa sedã Wind, mas só encontrava dados vagos. Você faz um histórico completo de todos os veículos, inclusive com fotos, que estão me ajudando muito na restauração de um Ford Pampa L 1.6 (1993) de minha família. Gosto muto de veículos antigos.
    Parabéns novamente, e continue com esse trabalho excelente.
    Estarei divulgando seu blog para amigos.

Deixe uma resposta