Chevrolet Caravan De Luxo 1977 sucesso absoluto no segundo ano de produção

Compartilhe

O SW de grande porte da Chevrolet chegou em 1975, dois anos após seu lançamento, se tornou a marca registrada das famílias da classe alta

A versão Chevrolet Caravan De Luxo 1977, vinha equipada com duas motorizações 2500 de série ou 4100 como opcional, independente da motorização, o status que o carro proporcionava, era de veículo, de luxo, de alto custo, ao alcance de poucos. Ter uma unidade zero km na garagem era um verdadeiro orgulho.

Mesmo sendo um modelo de alto custo, o SW Chevrolet, emplacava milhares de unidades todos os anos, e vinha recheada de opcionais; motor 6 cilindros, com câmbio manual ou automático, ar – condicionado, direção hidráulica, bagageiro. E havia até um catálogo exclusivo de cores metálicas, para quem quisesse pagar um valor extra e ter um visual mais personalizado.

A versão aqui da matéria, é um Chevrolet Caravan De Luxo 1977 de 4 cilindros, sem opcionais, mesmo assim esse super SW zero km, não chegaria a porta de sua casa, por menos R$ 207.598,00, em valores atualizados para o primeiro semestre de 2021.

Desempenho

Estabilidade –  O conjunto, carroceria, chassi e suspensão, dava ao carro uma boa estabilidade, mesmo sendo um projeto desenvolvido no final da década de 1960, recebeu diversos upgrades no passar dos anos, e ainda era considerado atualizado para a década de 1970.

Motor –  Utilizando o motor Chevrolet 2.5 151-S, era robusto, confiável e com um giro bastante estável, mesmo em altas rotações, mas o custo das manutenções preventivas e corretivas de um modelo zero km, ainda eram considerados de alto para o padrão brasileiro.

Câmbio –  O câmbio manual de 4 velocidades, com alavanca no assoalho, era eficiente e de engates precisos.

Retomadas e ultrapassagens – Com um motor elástico com muito fôlego, que respondia muito bem ao pedal do acelerador, era seguro e confiável.

Consumo –  Par um modelo de grande porte de luxo da década de 1970, fazer 8 km/l na cidade era um grande feito.

Acabamento Externo

Faróis –  Redondos de lentes boleadas embutidos em uma moldura na cor prata;

Setas dianteiras – Embutidas nos para-lamas;

Para – choques –  Em lâminas de aço carbono cromados;

Faróis de neblina – Não;

Grade de ar do motor – Com frisos na horizontal e a gravata Chevrolet;

Retrovisores Externos – Redondos cromados;

Frisos – Metálico, em toda a extensão do contorno dos para-lamas e rodapé do carro;

Rodas – Tradicionais da família Opala, com lindas calota cromadas;

Maçanetas – Cromadas;

Logo – “Chevrolet”, na tampa do porta-malas;

Lanterna Traseira – Bicolor com luz de ré, redondas duplas, posicionadas na horizontal;

Bagageiro – Opcional;

Teto Solar – Não;

Limpador do vidro traseiro – Não;

Acabamento Interno e Instrumentos

Painel – Com mostradores em escala circular;

Conta – giros – Não;

Acabamento do painel – Em courvin e aço na cor grafite;

Volante – De plástico injetado, estilo canoa;

Sistema de som – Opcional;

Ventilador – Sim;

Ar – condicionado – Opcional – mas somente para a versão 4100;

Ar –  quente – Sim;

Luz de leitura – Não;

Relógio – Analógico, no centro do painel;

Acendedor de cigarros – Sim;

Cinzeiro – Sim;

Acionamento dos vidros – Manual basculante;

Sistema de travamento das portas – Mecânico;

Ajuste dos retrovisores externos – Manual externo;

Acabamento dos bancos – Em courvin;

Acabamento das portas – Em courvin;

Luz de Sinalização no rodapé das portas – Sim;

Banco traseiro – Sem acessórios;

Encosto de cabeça – Embutidos nos bancos dianteiros;

Desembaçador elétrico do vidro traseiro – Não;

Assoalho – Acarpetado;

Porta-malas – Acarpetado;

Ficha Técnica – Chevrolet Caravan De Luxo 1977

Carroceria – SW;

Porte – Grande;

Portas – 2;

Motor –  2.5 Cód 151-S;

Cilindros – 4 em linha;

Válvulas por cilindro – 2;

Posição – Longitudinal;

Combustível – Gasolina;

Potência – 98 cv;

Peso Torque – 57,9 kg/kgfm;

Cilindrada – 2474 cm³;

Torque máximo – 19,8 kgfm a 2600 rpm;

Potência Máxima – 4500 rpm;

Tração – Traseira;

Alimentação –  Carburador;

Direção – Simples;

Câmbio – Manual de 4 velocidades, com alavanca no assoalho;

Embreagem – Monodisco a seco;

Freios – Freio a disco sólido nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras;

Peso – 1146 kg;

Suspensão dianteira – Independente, Braços sobrepostos – Mola helicoidal;

Suspensão traseira – Eixo rígido – Mola helicoidal;

Comprimento – 4631 mm;

Distância entre-eixos – 2667 mm;

Largura – 1758 mm;

Altura – 1384 mm;

Aceleração de 0 a 100 – 17 Segundos;

Velocidade máxima – 150 km/h;

Consumo: Cidade 8 km/l – Estrada 11 km/l;

Autonomia: Cidade 432 km – Estrada 594 km;

Porta malas – 774 Litros;

Carga útil – Não informado;

Tanque de combustível – 54 Litros;

Valor atualizado Aproximado – R$ 207.598,00;

Valor atualizado aproximado se refere apenas a uma estimativa de quanto o carro custaria hoje Zero Km na concessionária – Não possui nenhum parâmetro real do mercado atual.

O Motor Tudo, NÃO trabalha com nenhum tipo de comércio de carros, apenas faz matérias sobre a história de carros clássicos brasileiros.joi

Deixe um comentário